Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

300 famílias estão sendo retiradas de áreas de invasão em Camboriú
Fotos PM/Prefeitura

Quinta, 16/2/2017 9:35.

Acontece desde o início da manhã de hoje (16) uma operação de reintegração de posse no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Mais de 200 policiais participam da operação.

Aproximadamente 300 famílias (533 pessoas) estão sendo retiradas de quatro pontos invadidos nas ruas Petúnia, Monte Castelito, João Acácio Simas e Monte Alecrim. 

Segundo informações da assessoria da prefeitura de Camboriú, a ação foi impetrada pelo governo municipal porque as invasões acontecem também em áreas públicas, de mata e preservação. Um oficial de Justiça está cumprindo o mandado judicial. Além dele, trabalham na segurança policiais militares e membros da OAB local, Conselho Tutelar, Defesa Civil e secretaria de Assistência Social.

O secretário de Defesa Civil da cidade, Flávio Geraldo disse ao Página 3 que há muito trabalho a ser feito, mas que tudo está transcorrendo dentro da normalidade. “Estou no local e por enquanto tudo está tranquilo”, disse.

Houve um início de confusão e alguns dos invasores queimaram pneus e madeira em represália. Os bombeiros conseguiram controlar as chamas rapidamente. A Polícia Militar também encontrou um pé de maconha na área de invasão, que pertencia a um adolescente de 17 anos.

A prefeitura fará o acolhimento das famílias, limpeza e monitoramento do local, para que novas invasões não aconteçam. A previsão é que a reintegração siga até o final do dia, mas pode durar até amanhã (17).

As famílias que não tiverem lugar para ficar serão acolhidas no ginásio do Bairro Areias, com alimentação por cinco dias.

Essa matéria será atualizada com novas informações ao longo do dia.

Pode faltar água

A assessoria da Águas de Camboriú informou que por conta da reintegração, é possível que falte água hoje (16) em alguns pontos dos bairros Monte Alegre e Conde Vila Verde.

A concessionária atendeu ao pedido das autoridades e cortou a água nos locais próximos das áreas de invasões para facilitar a remoção das casas do local e para que possa ser feita a retirada das ligações clandestinas que lá existem.

A empresa pede que a comunidade compreenda a situação e economize água. O retorno do abastecimento ocorrerá ao longo do dia.

Algumas imagens:

Moradores colocaram fogo em pneus, mas o princípio de incêndio foi contido.

Drogas apreendidas com um adolescente.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

300 famílias estão sendo retiradas de áreas de invasão em Camboriú

Fotos PM/Prefeitura
Quinta, 16/2/2017 9:35.

Acontece desde o início da manhã de hoje (16) uma operação de reintegração de posse no Bairro Monte Alegre, em Camboriú. Mais de 200 policiais participam da operação.

Aproximadamente 300 famílias (533 pessoas) estão sendo retiradas de quatro pontos invadidos nas ruas Petúnia, Monte Castelito, João Acácio Simas e Monte Alecrim. 

Segundo informações da assessoria da prefeitura de Camboriú, a ação foi impetrada pelo governo municipal porque as invasões acontecem também em áreas públicas, de mata e preservação. Um oficial de Justiça está cumprindo o mandado judicial. Além dele, trabalham na segurança policiais militares e membros da OAB local, Conselho Tutelar, Defesa Civil e secretaria de Assistência Social.

O secretário de Defesa Civil da cidade, Flávio Geraldo disse ao Página 3 que há muito trabalho a ser feito, mas que tudo está transcorrendo dentro da normalidade. “Estou no local e por enquanto tudo está tranquilo”, disse.

Houve um início de confusão e alguns dos invasores queimaram pneus e madeira em represália. Os bombeiros conseguiram controlar as chamas rapidamente. A Polícia Militar também encontrou um pé de maconha na área de invasão, que pertencia a um adolescente de 17 anos.

A prefeitura fará o acolhimento das famílias, limpeza e monitoramento do local, para que novas invasões não aconteçam. A previsão é que a reintegração siga até o final do dia, mas pode durar até amanhã (17).

As famílias que não tiverem lugar para ficar serão acolhidas no ginásio do Bairro Areias, com alimentação por cinco dias.

Essa matéria será atualizada com novas informações ao longo do dia.

Pode faltar água

A assessoria da Águas de Camboriú informou que por conta da reintegração, é possível que falte água hoje (16) em alguns pontos dos bairros Monte Alegre e Conde Vila Verde.

A concessionária atendeu ao pedido das autoridades e cortou a água nos locais próximos das áreas de invasões para facilitar a remoção das casas do local e para que possa ser feita a retirada das ligações clandestinas que lá existem.

A empresa pede que a comunidade compreenda a situação e economize água. O retorno do abastecimento ocorrerá ao longo do dia.

Algumas imagens:

Moradores colocaram fogo em pneus, mas o princípio de incêndio foi contido.

Drogas apreendidas com um adolescente.

Publicidade

Publicidade