Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Passarela da Praia Brava já está aberta ao público
Marcos Porto/Divulgação

Quarta, 15/2/2017 11:06.

Segundo a prefeitura de Itajaí, a primeira fase da obra da passarela da Lagoa do Cassino, na Praia Brava, será entregue ainda este mês. Ela está em fase de acabamentos, mas já está aberta ao público.

A passarela foi feita em concreto, coberto por um deck de madeira, conectando a Brava ao canto norte para pedestres e ciclistas.
A travessia tem 77 metros de extensão e pouco mais de quatro metros de largura.

Essa é a primeira parte do projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Urbanismo, em parceria com a Fundação do Meio Ambiente (Famai), e executado pela Associação dos Proprietários Praia Brava Norte (Aprobrava), com investimento aproximado de R$ 700 mil.

A prefeitura informou que a passarela integra um projeto que transformará a Lagoa do Cassino e suas margens em um parque de proteção ambiental e de lazer, a urbanização dos acessos, despoluição da lagoa, recuperação das margens e a construção de uma unidade de apoio.

A continuidade do projeto será custeada por meio de acordo judicial com a PB Internacional e como ele ainda não foi finalizado, não há previsão para a conclusão total dos trabalhos.

Mais fotos:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Passarela da Praia Brava já está aberta ao público

Marcos Porto/Divulgação
Quarta, 15/2/2017 11:06.

Segundo a prefeitura de Itajaí, a primeira fase da obra da passarela da Lagoa do Cassino, na Praia Brava, será entregue ainda este mês. Ela está em fase de acabamentos, mas já está aberta ao público.

A passarela foi feita em concreto, coberto por um deck de madeira, conectando a Brava ao canto norte para pedestres e ciclistas.
A travessia tem 77 metros de extensão e pouco mais de quatro metros de largura.

Essa é a primeira parte do projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Urbanismo, em parceria com a Fundação do Meio Ambiente (Famai), e executado pela Associação dos Proprietários Praia Brava Norte (Aprobrava), com investimento aproximado de R$ 700 mil.

A prefeitura informou que a passarela integra um projeto que transformará a Lagoa do Cassino e suas margens em um parque de proteção ambiental e de lazer, a urbanização dos acessos, despoluição da lagoa, recuperação das margens e a construção de uma unidade de apoio.

A continuidade do projeto será custeada por meio de acordo judicial com a PB Internacional e como ele ainda não foi finalizado, não há previsão para a conclusão total dos trabalhos.

Mais fotos:

Publicidade

Publicidade