Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Greve na Celesc: empresa pede que o público procure atendimento online

Terça, 27/9/2016 9:42.

A greve dos funcionários das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) começou na segunda-feira (26) e a adesão é considerada grande – 90% dos mais de três mil funcionários de todo o Estado. Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica (Sinergia), os servidores querem reajuste de pelo menos 10%. Até o momento a Celesc concedeu apenas 4,28%.

O sindicato informou ainda que desde 25 de agosto os trabalhadores vêm tentando negociar com os empresários, mas que não conseguiram acordo.

Celesc

Em nota, a empresa informa que apesar da greve não ter previsão de término, os trabalhos essenciais como restabelecimento de luz em casos de queda de energia e serviços prestados aos hospitais e instituições públicas continuam sendo prioridade. Porém, outras operações podem sofrer atrasos e ser prejudicadas.

A Celesc recomendou ainda que o público evite o atendimento presencial durante esse período e que a grande maioria dos serviços presenciais podem ser feitos de forma simples e rápida através do portal online ou por mreio do contact center no número 0800-48-0120. O número para emergências é 080048-0196.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Greve na Celesc: empresa pede que o público procure atendimento online

Terça, 27/9/2016 9:42.

A greve dos funcionários das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) começou na segunda-feira (26) e a adesão é considerada grande – 90% dos mais de três mil funcionários de todo o Estado. Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica (Sinergia), os servidores querem reajuste de pelo menos 10%. Até o momento a Celesc concedeu apenas 4,28%.

O sindicato informou ainda que desde 25 de agosto os trabalhadores vêm tentando negociar com os empresários, mas que não conseguiram acordo.

Celesc

Em nota, a empresa informa que apesar da greve não ter previsão de término, os trabalhos essenciais como restabelecimento de luz em casos de queda de energia e serviços prestados aos hospitais e instituições públicas continuam sendo prioridade. Porém, outras operações podem sofrer atrasos e ser prejudicadas.

A Celesc recomendou ainda que o público evite o atendimento presencial durante esse período e que a grande maioria dos serviços presenciais podem ser feitos de forma simples e rápida através do portal online ou por mreio do contact center no número 0800-48-0120. O número para emergências é 080048-0196.

Publicidade

Publicidade