Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Após perícia, PM descobre que 410 maços de cigarro eram maconha
Divulgação

Sexta, 16/9/2016 9:07.

A Polícia Militar divulgou na terça-feira (13) a prisão de pai e filho, de 47 e 26 anos, que foram flagrados na Rua México, no Bairro das Nações, em Balneário, com 1,6kg de maconha e mais 410 maços de cigarro. Porém, foi descoberto após perícia que os cigarros não eram os comuns, e sim 8,2 mil cigarros de maconha.

A PM relatou a novidade à imprensa no fim da tarde de quinta-feira (15), salientando que o método (disfarçar maconha com cigarros comuns) é uma inovação no tráfico.

Relembre o caso

Policiais militares em rondas pelo Bairro das Nações, na noite de terça, encontraram um homem que estava agindo de forma suspeita e resolveram abordá-lo. Com ele foi encontrado um torrão de maconha. O sujeito informou que havia acabado de comprá-lo por R$ 50 em uma residência nas proximidades.

Durante a abordagem, um segundo homem passou pelo local e saiu gritando, informando que a PM estava lá. Os policiais o seguiram e o viram entrar na casa em que o usuário de drogas havia apontado como ponto de venda de ilícitos.

Na tal casa, que fica na Rua México, a PM localizou o sujeito tentando jogar drogas no vaso sanitário. Em buscas na residência foram localizadas uma balança de precisão, embalagens para o embalo de drogas e uma arma de fogo. Enquanto os policiais revistavam a casa, o suspeito tentou fugir mais uma vez, sendo acompanhado e abordado novamente, dentro da casa do pai dele.

Buscas também foram realizadas na casa do pai do sujeito, onde foram encontrados 1,6kg de maconha, mais uma balança de precisão, uma caixa contendo 410 maços de cigarros, além de R$ 664 em dinheiro.

Pai e filho foram presos em flagrante. O pai já possuía passagem pela polícia por dano, ameaça contra homem e ato libidinoso.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Após perícia, PM descobre que 410 maços de cigarro eram maconha

Divulgação
Sexta, 16/9/2016 9:07.

A Polícia Militar divulgou na terça-feira (13) a prisão de pai e filho, de 47 e 26 anos, que foram flagrados na Rua México, no Bairro das Nações, em Balneário, com 1,6kg de maconha e mais 410 maços de cigarro. Porém, foi descoberto após perícia que os cigarros não eram os comuns, e sim 8,2 mil cigarros de maconha.

A PM relatou a novidade à imprensa no fim da tarde de quinta-feira (15), salientando que o método (disfarçar maconha com cigarros comuns) é uma inovação no tráfico.

Relembre o caso

Policiais militares em rondas pelo Bairro das Nações, na noite de terça, encontraram um homem que estava agindo de forma suspeita e resolveram abordá-lo. Com ele foi encontrado um torrão de maconha. O sujeito informou que havia acabado de comprá-lo por R$ 50 em uma residência nas proximidades.

Durante a abordagem, um segundo homem passou pelo local e saiu gritando, informando que a PM estava lá. Os policiais o seguiram e o viram entrar na casa em que o usuário de drogas havia apontado como ponto de venda de ilícitos.

Na tal casa, que fica na Rua México, a PM localizou o sujeito tentando jogar drogas no vaso sanitário. Em buscas na residência foram localizadas uma balança de precisão, embalagens para o embalo de drogas e uma arma de fogo. Enquanto os policiais revistavam a casa, o suspeito tentou fugir mais uma vez, sendo acompanhado e abordado novamente, dentro da casa do pai dele.

Buscas também foram realizadas na casa do pai do sujeito, onde foram encontrados 1,6kg de maconha, mais uma balança de precisão, uma caixa contendo 410 maços de cigarros, além de R$ 664 em dinheiro.

Pai e filho foram presos em flagrante. O pai já possuía passagem pela polícia por dano, ameaça contra homem e ato libidinoso.

Publicidade

Publicidade