Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ponte de Ilhota mostra quanto roubaram na Passarela da Barra
Airton Fernandes / Secom
Ponte em Ilhota tem mais do que o dobro do tamanho e custou o mesmo que a Passarela da Barra.

Quinta, 1/9/2016 9:05.

O governador Raimundo Colombo vai inaugurar amanhã a Ponte de Ilhota que substituirá a balsa na ligação entre a BR-470 e a SC-412 (Rodovia Jorge Lacerda). Os detalhes dessa obra, de grande importância para toda a região, servem para mostrar por comparação como roubaram na construção da Passarela da Barra que será inaugurada na próxima quarta-feira, dia 7.

A ponte de Ilhota custou R$ 32 milhões e a Passarela da Barra teve um custo semelhante. Ocorre que na Ponte de Ilhota são 2,4 quilômetros de terraplanagem, drenagem, asfalto e sinalização. De ponte propriamente dita, são 480 metros sobre o rio Itajaí-Açu enquanto que a Passarela da Barra tem 190 metros.

A assessoria do governador divulgou a seguinte nota a respeito da Ponte de Ilhota:

O governador Raimundo Colombo inaugura na próxima sexta-feira, 2 setembro, a Ponte de Ilhota, uma obra simbólica para a região do Vale do Itajaí. Mais do que uma ligação terrestre entre a BR-470 e a SC-412, conhecida como Rodovia Jorge Lacerda, ela representa a união do município que fica dividido pelo Rio Itajaí-Açu.

“Aqui tudo é Ilhota mas as pessoas que moram do outro lado do rio quase não se consideravam ilhotenses. Muita gente que mora na região do Baú trabalha aqui na cidade e tinha duas opções para de caminho para ir trabalhar: pela balsa ou pela BR-470”, conta Sergio Américo, morador vizinho à ponte que acompanhou todas as fases da obra.

A obra recebeu investimento de R$ 33 milhões e foi executada por meio de repasse de recursos federais e estaduais. A ponte altera o sistema de mobilidade da região. “Se antes um morador do Baú levava em média 1h15min para fazer a travessia, a ponte reduziu esse tempo para 15 minutos”, observa Sergio Américo.

Morador do Morro do Baú, o comerciante Gilberto Hoffmann está animado com a conclusão da ponte que poderá render lucros para o seu restaurante. “Para nós já está sendo muito bom. Aqui é uma região bonita e com a ponte esperamos também turistas.”

Estudos realizados pelo Deinfra estimam que a avenida Jorge Lacerda vai absorver 7.416 veículos por dia, sendo que destes 2 mil são veículos pesados, tendo impacto significativo para os moradores das zonas urbanas e rurais do município.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ponte de Ilhota mostra quanto roubaram na Passarela da Barra

Airton Fernandes / Secom
Ponte em Ilhota tem mais do que o dobro do tamanho e custou o mesmo que a Passarela da Barra.
Ponte em Ilhota tem mais do que o dobro do tamanho e custou o mesmo que a Passarela da Barra.
Quinta, 1/9/2016 9:05.

O governador Raimundo Colombo vai inaugurar amanhã a Ponte de Ilhota que substituirá a balsa na ligação entre a BR-470 e a SC-412 (Rodovia Jorge Lacerda). Os detalhes dessa obra, de grande importância para toda a região, servem para mostrar por comparação como roubaram na construção da Passarela da Barra que será inaugurada na próxima quarta-feira, dia 7.

A ponte de Ilhota custou R$ 32 milhões e a Passarela da Barra teve um custo semelhante. Ocorre que na Ponte de Ilhota são 2,4 quilômetros de terraplanagem, drenagem, asfalto e sinalização. De ponte propriamente dita, são 480 metros sobre o rio Itajaí-Açu enquanto que a Passarela da Barra tem 190 metros.

A assessoria do governador divulgou a seguinte nota a respeito da Ponte de Ilhota:

O governador Raimundo Colombo inaugura na próxima sexta-feira, 2 setembro, a Ponte de Ilhota, uma obra simbólica para a região do Vale do Itajaí. Mais do que uma ligação terrestre entre a BR-470 e a SC-412, conhecida como Rodovia Jorge Lacerda, ela representa a união do município que fica dividido pelo Rio Itajaí-Açu.

“Aqui tudo é Ilhota mas as pessoas que moram do outro lado do rio quase não se consideravam ilhotenses. Muita gente que mora na região do Baú trabalha aqui na cidade e tinha duas opções para de caminho para ir trabalhar: pela balsa ou pela BR-470”, conta Sergio Américo, morador vizinho à ponte que acompanhou todas as fases da obra.

A obra recebeu investimento de R$ 33 milhões e foi executada por meio de repasse de recursos federais e estaduais. A ponte altera o sistema de mobilidade da região. “Se antes um morador do Baú levava em média 1h15min para fazer a travessia, a ponte reduziu esse tempo para 15 minutos”, observa Sergio Américo.

Morador do Morro do Baú, o comerciante Gilberto Hoffmann está animado com a conclusão da ponte que poderá render lucros para o seu restaurante. “Para nós já está sendo muito bom. Aqui é uma região bonita e com a ponte esperamos também turistas.”

Estudos realizados pelo Deinfra estimam que a avenida Jorge Lacerda vai absorver 7.416 veículos por dia, sendo que destes 2 mil são veículos pesados, tendo impacto significativo para os moradores das zonas urbanas e rurais do município.

 

Publicidade

Publicidade