Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Chuva continua: região registra alagamentos e deslizamentos
fotos Divulgação

Quarta, 26/10/2016 10:25.

*Atualizada às 11h36.

Balneário Camboriú registrou três deslizamentos por causa da chuva persistente registrada nas últimas horas. Várias ruas da cidade alagaram, principalmente o Bairro da Barra, onde o Rio das Ostras transbordou. A Defesa Civil está em alerta, porque a chuva deve continuar nesta quarta-feira (26).

O coordenador da Defesa Civil de Balneário Camboriú, Osnildo Amorim, conhecido como Kiko, explica que no geral a situação em Balneário está tranquila.

“Registramos um deslizamento na noite de terça-feira (25) no Nova Esperança, que atingiu a parede de uma casa, mas a família pôde permanecer no local e está tudo ok. Também houve um deslizamento na Barra, uma pedra desabou, mas caiu na rua e não atingiu nada. E agora às 6h30 houve um deslizamento na Rodovia Interpraias, nas proximidades do Parque Unipraias”, detalha.

*Nesta quarta, às 10h30, ocorreu um deslizamento grave na Rua Hermógenes de Assis Feijó, na Barra. Uma encosta caiu em cima de uma casa e a danificou totalmente. A família perdeu tudo, sem condições de moradia. Por sorte, não houve feridos.

Como a previsão é que a chuva continue nesta quarta-feira, a Defesa Civil permanece em alerta e monitorando as ruas de Balneário. Em caso de emergências, ligue para o 199.

Até a polícia é requistada

Teve até capotamento da Interpraias.

Em dias de chuva, a Polícia Militar também é bastante requisitada, até em casos de alagamento, como os registrados agora. Segundo a assessoria da PM, as ocorrências atendidas por causa da chuva foram as seguintes:

Um popular ligou para reclamar de um bueiro que abriu, no início da manhã desta quarta-feira, na Avenida Palestina, esquina com a Rua México.

Ontem à noite um mendigo pediu ajuda para a polícia, porque estava molhado e não tinha para onde ir. O Resgate Social foi acionado.
Uma pessoa ligou informando de alagamentos na Barra, e que a água estava invadindo as casas quando carros passavam pelas ruas. A prefeitura foi informada.

Houve seis acidentes de trânsito nessas últimas 24h. Dois deles se destacam. Um aconteceu às 12h de terça-feira, na Rodovia Interpraias, na subida do Morro do Boi. Um motorista dirigia um Citroën, quando um animal atravessou a pista e o obrigou a frear o veículo. Neste momento, uma Pajero vinha do sentido contrário, e os dois colidiram. Devido à força da batida, o motorista da Pajero perdeu o controle do carro e acabou capotando. Todas as vítimas passam bem.

Já às 17h20, no Centro de Balneário, um motociclista perdeu o controle da Honda/CG Fan que conduzia e colidiu contra a traseira de um Volkswagen/Polo. Ele teve que ser atendido pelo SAMU, mas passa bem.

Itajaí

A situação em Itajaí está tensa. Até o momento oito deslizamentos de terra foram registrados na cidade. Segundo a Defesa Civil, choveu mais de 120mm nas últimas 24h, sendo que o esperado para o mês era de 150 a 170mm. Houve registros no Bairro Nossa Senhora das Graças, o Matadouro, em frente a uma casa, atrás do presídio. Se houver mais movimentação de terra, o local terá que ser interditado.

Houve ainda deslizamentos nas ruas Geremias Caldeira, Deputado Francisco Evaristo Canziani e Teresa Francisca Pereira, no Bairro Cabeçudas; no Bairro Espinheiros; e nas ruas Venezuela, João Antônio de Oliveira e Expedicionário Marquetti, no Bairro Fazenda. Nessa última, uma creche foi atingida: entrou água no pátio, cozinha, refeitório e duas salas de aula.

A Defesa Civil da cidade orienta que os moradores que moram perto de encostas fiquem atentos e em qualquer movimentação suspeita de terra, árvore ou poste, acionem a Defesa através do 199.

Mau tempo continua

Segundo informações do Laboratório de Climatologia da Univali, uma frente fria está se formando entre a fronteira do Brasil e do Uruguai e chega ainda hoje (26) na região, entre a tarde e a noite. Essa frente promete trazer ventos fortes de até 50km por hora.

A chuva deve continuar até a madrugada de quinta-feira (27). No decorrer deste dia o tempo melhorará. Para sexta-feira, sábado e domingo (28 a 30) a previsão é de sol com poucas/algumas nuvens.

Atenção no mar e maré alta

O Labclima pede atenção de marinheiros, porque o mar está muito agitado com ondas altas que podem variar de três a cinco metros.

Há a previsão de alagamentos à beira mar e nas regiões próximas, por causa da associação da chamada maré meteorológica (que é o empilhamento das ondas que chegam à costa) com a maré astronômica.

O fenômeno deve marcar presença na região entre esta quarta e quinta-feira e atingirá o Centro de Itajaí, a Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, entre outras regiões do litoral catarinense.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Temporada de cruzeiros para nós começará no dia 28 de novembro


Cidade

Medida que “engessa” o governo é cautelar até apresentação de explicações


Educação

Intenção é expandir o sistema no futuro


Policia

Ele disse que foi humilhado e teve os direitos cerceados


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Chuva continua: região registra alagamentos e deslizamentos

fotos Divulgação
Quarta, 26/10/2016 10:25.

*Atualizada às 11h36.

Balneário Camboriú registrou três deslizamentos por causa da chuva persistente registrada nas últimas horas. Várias ruas da cidade alagaram, principalmente o Bairro da Barra, onde o Rio das Ostras transbordou. A Defesa Civil está em alerta, porque a chuva deve continuar nesta quarta-feira (26).

O coordenador da Defesa Civil de Balneário Camboriú, Osnildo Amorim, conhecido como Kiko, explica que no geral a situação em Balneário está tranquila.

“Registramos um deslizamento na noite de terça-feira (25) no Nova Esperança, que atingiu a parede de uma casa, mas a família pôde permanecer no local e está tudo ok. Também houve um deslizamento na Barra, uma pedra desabou, mas caiu na rua e não atingiu nada. E agora às 6h30 houve um deslizamento na Rodovia Interpraias, nas proximidades do Parque Unipraias”, detalha.

*Nesta quarta, às 10h30, ocorreu um deslizamento grave na Rua Hermógenes de Assis Feijó, na Barra. Uma encosta caiu em cima de uma casa e a danificou totalmente. A família perdeu tudo, sem condições de moradia. Por sorte, não houve feridos.

Como a previsão é que a chuva continue nesta quarta-feira, a Defesa Civil permanece em alerta e monitorando as ruas de Balneário. Em caso de emergências, ligue para o 199.

Até a polícia é requistada

Teve até capotamento da Interpraias.

Em dias de chuva, a Polícia Militar também é bastante requisitada, até em casos de alagamento, como os registrados agora. Segundo a assessoria da PM, as ocorrências atendidas por causa da chuva foram as seguintes:

Um popular ligou para reclamar de um bueiro que abriu, no início da manhã desta quarta-feira, na Avenida Palestina, esquina com a Rua México.

Ontem à noite um mendigo pediu ajuda para a polícia, porque estava molhado e não tinha para onde ir. O Resgate Social foi acionado.
Uma pessoa ligou informando de alagamentos na Barra, e que a água estava invadindo as casas quando carros passavam pelas ruas. A prefeitura foi informada.

Houve seis acidentes de trânsito nessas últimas 24h. Dois deles se destacam. Um aconteceu às 12h de terça-feira, na Rodovia Interpraias, na subida do Morro do Boi. Um motorista dirigia um Citroën, quando um animal atravessou a pista e o obrigou a frear o veículo. Neste momento, uma Pajero vinha do sentido contrário, e os dois colidiram. Devido à força da batida, o motorista da Pajero perdeu o controle do carro e acabou capotando. Todas as vítimas passam bem.

Já às 17h20, no Centro de Balneário, um motociclista perdeu o controle da Honda/CG Fan que conduzia e colidiu contra a traseira de um Volkswagen/Polo. Ele teve que ser atendido pelo SAMU, mas passa bem.

Itajaí

A situação em Itajaí está tensa. Até o momento oito deslizamentos de terra foram registrados na cidade. Segundo a Defesa Civil, choveu mais de 120mm nas últimas 24h, sendo que o esperado para o mês era de 150 a 170mm. Houve registros no Bairro Nossa Senhora das Graças, o Matadouro, em frente a uma casa, atrás do presídio. Se houver mais movimentação de terra, o local terá que ser interditado.

Houve ainda deslizamentos nas ruas Geremias Caldeira, Deputado Francisco Evaristo Canziani e Teresa Francisca Pereira, no Bairro Cabeçudas; no Bairro Espinheiros; e nas ruas Venezuela, João Antônio de Oliveira e Expedicionário Marquetti, no Bairro Fazenda. Nessa última, uma creche foi atingida: entrou água no pátio, cozinha, refeitório e duas salas de aula.

A Defesa Civil da cidade orienta que os moradores que moram perto de encostas fiquem atentos e em qualquer movimentação suspeita de terra, árvore ou poste, acionem a Defesa através do 199.

Mau tempo continua

Segundo informações do Laboratório de Climatologia da Univali, uma frente fria está se formando entre a fronteira do Brasil e do Uruguai e chega ainda hoje (26) na região, entre a tarde e a noite. Essa frente promete trazer ventos fortes de até 50km por hora.

A chuva deve continuar até a madrugada de quinta-feira (27). No decorrer deste dia o tempo melhorará. Para sexta-feira, sábado e domingo (28 a 30) a previsão é de sol com poucas/algumas nuvens.

Atenção no mar e maré alta

O Labclima pede atenção de marinheiros, porque o mar está muito agitado com ondas altas que podem variar de três a cinco metros.

Há a previsão de alagamentos à beira mar e nas regiões próximas, por causa da associação da chamada maré meteorológica (que é o empilhamento das ondas que chegam à costa) com a maré astronômica.

O fenômeno deve marcar presença na região entre esta quarta e quinta-feira e atingirá o Centro de Itajaí, a Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, entre outras regiões do litoral catarinense.
 

Publicidade

Publicidade