Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Acompanhe informações em tempo real sobre a queda do avião da Chapecoense
Reprodução
Ainda não há informações oficiais sobre mortos.

Terça, 29/11/2016 8:26.

Um avião que levava o time da Chapecoense, de Santa Catarina, caiu na Colômbia na madrugada de hoje (29), informou o Aeroporto José María Córdova, de Rionegro. A equipe seguia para Medellin, onde disputaria amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. A imprensa colombiana noticiou que o general José Acevedo Ossa, comandante da Polícia Metropolitana do Valle de Aburrá, confirmou a morte de mais de 70 dos 81 passageiros. Seis pessoas foram resgatadas, dentre elas os atletas Alan Ruschel e Rafael Henzel, além da aeromoça Ximena Suárez Otterburg.

De acordo com uma postagem no Twitter do aeroporto, a aeronave, com matrícula CP 2933, caiu na região da província de Antioquia. Ainda não há dados exatos sobre vítimas e sobreviventes. O aeroporto acompanha a situação no Twitter e diz que as condições climáticas dificultam o acesso ao local da queda, que só pode ser feito por terra. 

No texto divulgado no Twitter, o aeroporto informou que a torre de controle recebeu às 22h [hora de Bogotá] comunicado do piloto de que o avião, da empresa Lamia Corporation, procedente de Santa Cruz de la Sierra, estava em situação de emergência, entre o município de La Ceja e La Unión, com falhas elétricas. Os bombeiros informaram também que o piloto soltou o combustível ao longo de voo para evitar uma explosão.

Imediatamente, foram mobilizados o Comitê Operativo de Emergência, com a presença de funcionários da prefeitura de Rionegro, da Polícia Aeroportuária, Força Aérea Colombiana, de bombeiros e autoridades. 

A equipe seguia para Medellin, onde iria disputar amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

As últimas informações são de que os trabalhos de resgate foram suspensos temporariamente devido ao mau tempo e à pouca iluminação no local.

Notícias em tempo real:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Acompanhe informações em tempo real sobre a queda do avião da Chapecoense

Reprodução
Ainda não há informações oficiais sobre mortos.
Ainda não há informações oficiais sobre mortos.
Terça, 29/11/2016 8:26.

Um avião que levava o time da Chapecoense, de Santa Catarina, caiu na Colômbia na madrugada de hoje (29), informou o Aeroporto José María Córdova, de Rionegro. A equipe seguia para Medellin, onde disputaria amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional da Colômbia. A imprensa colombiana noticiou que o general José Acevedo Ossa, comandante da Polícia Metropolitana do Valle de Aburrá, confirmou a morte de mais de 70 dos 81 passageiros. Seis pessoas foram resgatadas, dentre elas os atletas Alan Ruschel e Rafael Henzel, além da aeromoça Ximena Suárez Otterburg.

De acordo com uma postagem no Twitter do aeroporto, a aeronave, com matrícula CP 2933, caiu na região da província de Antioquia. Ainda não há dados exatos sobre vítimas e sobreviventes. O aeroporto acompanha a situação no Twitter e diz que as condições climáticas dificultam o acesso ao local da queda, que só pode ser feito por terra. 

No texto divulgado no Twitter, o aeroporto informou que a torre de controle recebeu às 22h [hora de Bogotá] comunicado do piloto de que o avião, da empresa Lamia Corporation, procedente de Santa Cruz de la Sierra, estava em situação de emergência, entre o município de La Ceja e La Unión, com falhas elétricas. Os bombeiros informaram também que o piloto soltou o combustível ao longo de voo para evitar uma explosão.

Imediatamente, foram mobilizados o Comitê Operativo de Emergência, com a presença de funcionários da prefeitura de Rionegro, da Polícia Aeroportuária, Força Aérea Colombiana, de bombeiros e autoridades. 

A equipe seguia para Medellin, onde iria disputar amanhã (30) a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional.

As últimas informações são de que os trabalhos de resgate foram suspensos temporariamente devido ao mau tempo e à pouca iluminação no local.

Notícias em tempo real:

Publicidade

Publicidade