Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Movimento incentiva compras de Natal dos pequenos negócios

Terça, 22/11/2016 9:42.

O movimento Compre do Pequeno Negócio redobrou seus esforços de convencimento para que as pessoas adquiram os presentes de Natal nas micro e pequenas empresas, das vizinhas vendedoras por catálogos, dos artesãos, das lojas de bairro, das doceiras artesanais etc.

A ideia é fazer o dinheiro circular entre as pessoas comuns, na comunidade e não para as grandes empresas.

Os organizadores argumentam que os pequenos negócios são responsáveis por 52% dos empregos, estão próximos da comunidade, o dinheiro fica no bairro e se trata de uma ato transformador da sociedade.

Para mais detalhes acesse compredopequeno.com.br. Nas redes sociais a campanha ganha força através das hashtags #Compredopequeno #Comprelocal #compredequemfaz.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Variedades

Parece coisa feita para promover o ex-prefeito, mesmo que prejudicando a imagem da cidade  


Variedades


Cidade

Ela participa há 8 anos da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú 


Seu Dinheiro

Reforma de Bolsonaro é mais dura que a proposta por Michel Temer 


Publicidade


Publicidade


Policia


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Conselho Comunitário de Segurança Náutica e Cidadania de Balneário Camboriú


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Movimento incentiva compras de Natal dos pequenos negócios

Terça, 22/11/2016 9:42.

O movimento Compre do Pequeno Negócio redobrou seus esforços de convencimento para que as pessoas adquiram os presentes de Natal nas micro e pequenas empresas, das vizinhas vendedoras por catálogos, dos artesãos, das lojas de bairro, das doceiras artesanais etc.

A ideia é fazer o dinheiro circular entre as pessoas comuns, na comunidade e não para as grandes empresas.

Os organizadores argumentam que os pequenos negócios são responsáveis por 52% dos empregos, estão próximos da comunidade, o dinheiro fica no bairro e se trata de uma ato transformador da sociedade.

Para mais detalhes acesse compredopequeno.com.br. Nas redes sociais a campanha ganha força através das hashtags #Compredopequeno #Comprelocal #compredequemfaz.

 

Publicidade

Publicidade