Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Mitos e verdades sobre suplementação alimentar

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sexta, 4/3/2016 9:38.

A suplementação alimentar vem ganhando espaço no Brasil principalmente entre atletas e adeptos da musculação, mas ainda são muitos os mitos que rondam seu uso já que ainda é confundida com anabolizantes e criticada por uma parcela dos profissionais da área. Na verdade, se usada sem abusos, a suplementação auxilia a rotina do atleta, de acordo com cada necessidade.

A atleta e proprietária da Extreme, Silvia Finocchi explica que a suplementação foi criada para complementar a alimentação de pessoas com problemas de se nutrir, pessoas acamadas e com dificuldade na alimentação. Depois foi adaptada pela NASA para uso no espaço e de alguns anos para cá tem se tornado cada vez mais popular e acessível.

Nutrientes, vitaminas e elementos que auxiliam na recuperação do corpo após os treinos são só alguns dos fatores que têm dado visibilidade à suplementação alimentar.

“Da proteína tiraram o BCAA, do BCAA tiraram a leucina e assim foi aumentando a cadeia de suplementação específica para cada coisa, que é um mercado que está há pouco tempo no Brasil. Quando comecei a treinar, há 30 anos, a gente comia banana, comia ovo cru correndo risco de salmonela porque precisava de proteína pra ganhar massa muscular e não tinha de onde tirar porque no país a suplementação ainda não havia chegado”, lembra.

Atletas precisam ter muita massa magra e pouca gordura, mas só com alimentação não é fácil chegar aos níveis esperados de ingestão de proteína, por exemplo. “Se um atleta precisa de 200g de proteína por dia, e cada peito de frango tem 25g de proteína, ele teria que ingerir muita caloria para chegar ao objetivo e a consequência é ganho de peso, a suplementação resolve isso”, explica Silvia.

Ajuda na recuperação muscular

O pessoal que pratica musculação sempre busco uma alternativa para amenizar a recuperação após o treino, pois com o levantamento de peso, acontecem microrrupturas nos músculos.

Quando o músculo precisa dos nutrientes para se refazer e não encontra no corpo, ele demora para se reestruturar, causando dores e até inflamação. A glutamina, um aminoácido que auxilia o sistema imunológico e leva o corpo a se recuperar com mais rapidez, apareceu como uma opção para acelerar esse processo.

Silvia afirma que existem ainda os suplementos chamados de pré-treino, compostos por aminoácidos e cafeína, por exemplo, e que são indicados para dar energia antes dos treinos. “Seria para quem está muito cansado, já trabalhou o dia todo, mas quer treinar”, pontua.

Preço

Agora com a alta do dólar, os preços entre produtos nacionais e importados tiveram grande variação. No entanto, Silvia afirma que o controle sobre os produtos importados é muito maior.

Ela explica que não são produtos exatamente baratos e há de se suspeitar dos baratos demais. “Para fazer um quilo de Whey Protein, você usa 300 litros de leite. Essa quantidade é levada para empresa para fazer o processo de isolamento, tirar gordura e carboidrato e do soro do leite, tirar algumas graminhas de proteína. Eles misturavam creatina, soja, outros tipos de proteína que não são de valor biológico. Como um quilo de Whey Protein vai sair por tão pouco?”, questiona.

A Extreme tem duas unidades: uma na CPH Academia e na 3ª Avenida, nº 39.

O que diz a nutricionista

A nutricionista e doutora em Educação, Ana Paula Pujol, especialista em nutrição e obesidade e emagrecimento, ressalta a importância de buscar um profissional com experiência em suplementação, pois até mesmo nutrientes e fitoterápicos quando prescritos de forma errônea, podem gerar efeitos colaterais. Confira:

Como está a postura dos nutricionistas quanto à suplementação?

Atualmente a maioria dos nutricionistas prescreve suplementos nutricionais e fitoterápicos complementares ao Plano Alimentar personalizado. A maioria tem buscado especializações específicas para suplementação de nutrientes, compostos bioativos e fitoterápicos, visto a necessidade de complementar a dieta e reduzir sintomas clínicos indesejáveis.

Para quais casos o suplemento alimentar é ideal?

Nos casos em que a alimentação não supre as necessidades nutricionais, em nutrição esportiva para otimizar o resultado para hipertrofia muscular ou emagrecimento, na nutrição estética para tratamento de desordens estéticas como celulite, flacidez, melasma, prevenção do envelhecimento cutâneo, queda de cabelo e unhas quebradiças e celulite e nos estados carenciais como deficiência de vitamina D e anemias. Adicionalmente, alguns suplementos e fitoterápicos podem ser prescritos para melhora da qualidade do sono, redução da ansiedade, melhora do funcionamento intestinal, redução dos sintomas de TPM e saúde cognitiva.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Educação

A comunidade de toda região está convidada para opinar


Eleições

Defendo congelar salários e vantagens dos deputados por 10 anos


Eleições

Ele é surdo e por isso conhece as dificuldades enfrentadas por pessoas em situação semelhante 


Eleições

Em entrevista ao Página 3 ele conta que quer ser deputado do empreendedorismo


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade