Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Chuva causou alagamentos e deslizamento de pedras em Balneário
Final da Avenida do Estado, quase na divisa com Itajaí ficou debaixo d'água

Quinta, 3/3/2016 10:35.

A chuva persistente em Balneário Camboriú causou vários pontos de alagamento. O diretor da Defesa Civil, Diogo Catafesta, disse que a água já baixou e agora a prefeitura trabalha na limpeza devido deslizamentos de terra e de uma pedra grande, na Rodovia Interpraias. 

Na descida para Laranjeiras a pedra rolou e atingiu dois carros que estavam estacionados. Ninguém ficou ferido. O subprefeito da região sul, Alex Serrão informou que a pedra é grande, não soube precisar o peso, mas imagina que tenha dimensões de 1,5m por 3m. Monitoramento está sendo feito porque há outras duas pedras no alto do morro e a preocupação é que elas se soltem caso continue a chover.

Outras pedras menores foram retiradas e agora a prefeitura vai pedir um laudo para resolver o que será feito. Os bombeiros foram chamados para verificar a situação de uma árvore que caiu no mesmo local.

Houve quedas de barreiras na Interpraias e outros deslizamentos pela cidade, como no Nova Esperança, localidade de Pedras Brancas e no Bairro das Nações. 

No Morro da Pedreira, na Barra, o muro de uma residência desabou. 

Alguns dos pontos que tiveram registros de alagamento foram: Avenida Brasil, Avenida Santa Catarina, Rua Síria próximo ao Angeloni da Avenida dos Estados, rotatória entre Balneário e Camboriú (o Rio Peroba transbordou), ruas do Bairro dos Municípios, túnel da Rua 3.700 e Estaleiro e Estaleirinho.

Já são perceptíveis os prejuízos também na infraestrutura. Nos locais que ficaram alagados o asfalto começou a apresentar grandes buracos, como no final da Terceira Avenida.

Segundo Diogo Catafesta, nas últimas 24h já choveu cerca de 75mm.

Fotos:

Proximidades com Estrada da Rainha

Via Minha BC

Via Márcia Gomes/Minha BC

Terceira Avenida, proximidades com rotatória da Rua 3300 - Foto Graziela Brum

*Atualizado às 14h23

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Exemplo de desrespeito com o dinheiro público espera por climatização, elevadores e divisórias.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Geral

Areia do fundo do mar não é esgoto 


Cidade

 Governo do município não tem foco claro sobre o problema


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Chuva causou alagamentos e deslizamento de pedras em Balneário

Final da Avenida do Estado, quase na divisa com Itajaí ficou debaixo d'água
Final da Avenida do Estado, quase na divisa com Itajaí ficou debaixo d'água

Publicidade

Quinta, 3/3/2016 10:35.

A chuva persistente em Balneário Camboriú causou vários pontos de alagamento. O diretor da Defesa Civil, Diogo Catafesta, disse que a água já baixou e agora a prefeitura trabalha na limpeza devido deslizamentos de terra e de uma pedra grande, na Rodovia Interpraias. 

Na descida para Laranjeiras a pedra rolou e atingiu dois carros que estavam estacionados. Ninguém ficou ferido. O subprefeito da região sul, Alex Serrão informou que a pedra é grande, não soube precisar o peso, mas imagina que tenha dimensões de 1,5m por 3m. Monitoramento está sendo feito porque há outras duas pedras no alto do morro e a preocupação é que elas se soltem caso continue a chover.

Outras pedras menores foram retiradas e agora a prefeitura vai pedir um laudo para resolver o que será feito. Os bombeiros foram chamados para verificar a situação de uma árvore que caiu no mesmo local.

Houve quedas de barreiras na Interpraias e outros deslizamentos pela cidade, como no Nova Esperança, localidade de Pedras Brancas e no Bairro das Nações. 

No Morro da Pedreira, na Barra, o muro de uma residência desabou. 

Alguns dos pontos que tiveram registros de alagamento foram: Avenida Brasil, Avenida Santa Catarina, Rua Síria próximo ao Angeloni da Avenida dos Estados, rotatória entre Balneário e Camboriú (o Rio Peroba transbordou), ruas do Bairro dos Municípios, túnel da Rua 3.700 e Estaleiro e Estaleirinho.

Já são perceptíveis os prejuízos também na infraestrutura. Nos locais que ficaram alagados o asfalto começou a apresentar grandes buracos, como no final da Terceira Avenida.

Segundo Diogo Catafesta, nas últimas 24h já choveu cerca de 75mm.

Fotos:

Proximidades com Estrada da Rainha

Via Minha BC

Via Márcia Gomes/Minha BC

Terceira Avenida, proximidades com rotatória da Rua 3300 - Foto Graziela Brum

*Atualizado às 14h23

Publicidade

Publicidade