Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Homem leva choque ao tocar em fio de alta tensão e vai parar no hospital
BC M1L GR4U

Terça, 15/3/2016 9:12.

O homem que levou um choque na manhã de segunda-feira (14), em um telhado, na Terceira Avenida, esquina com a Rua 904, em Balneário Camboriú foi identificado como Ivan Jair Machado, 30 anos. Seu quadro é estável.

Uma funcionária da escola de dança para a qual ele estava prestando serviços informou que ele trabalhava com vidro e alumínio, e não com pintura como foi informando primeiramente. “Ele foi colocar uma régua de alumínio no telhado e bateu no fio de alta tensão”, disse.

Ivan sofreu um choque de 13.800 voltz. “Por sorte um bombeiro que estava de folga viu a situação e subiu na hora para ajudá-lo e chamou o Samu. A camiseta do Ivan estava pegando fogo e ele jogou água em cima. Foi graças a isso que ele sobreviveu, por causa do bombeiro que ele está vivo”, contou.

Ele segue internado no Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas passa bem. Ivan está com 35 a 40% do corpo queimado. “Muitas pessoas disseram que ele tomou vários choques, mas na verdade foi só um. Foi só uma pancada, e aí ele ficou tendo espasmos por conta da força do choque”, informou.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Variedades

Parece coisa feita para promover o ex-prefeito, mesmo que prejudicando a imagem da cidade  


Variedades


Cidade

Ela participa há 8 anos da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú 


Seu Dinheiro

Reforma de Bolsonaro é mais dura que a proposta por Michel Temer 


Publicidade


Publicidade


Policia


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Geral

Conselho Comunitário de Segurança Náutica e Cidadania de Balneário Camboriú


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Homem leva choque ao tocar em fio de alta tensão e vai parar no hospital

BC M1L GR4U
Terça, 15/3/2016 9:12.

O homem que levou um choque na manhã de segunda-feira (14), em um telhado, na Terceira Avenida, esquina com a Rua 904, em Balneário Camboriú foi identificado como Ivan Jair Machado, 30 anos. Seu quadro é estável.

Uma funcionária da escola de dança para a qual ele estava prestando serviços informou que ele trabalhava com vidro e alumínio, e não com pintura como foi informando primeiramente. “Ele foi colocar uma régua de alumínio no telhado e bateu no fio de alta tensão”, disse.

Ivan sofreu um choque de 13.800 voltz. “Por sorte um bombeiro que estava de folga viu a situação e subiu na hora para ajudá-lo e chamou o Samu. A camiseta do Ivan estava pegando fogo e ele jogou água em cima. Foi graças a isso que ele sobreviveu, por causa do bombeiro que ele está vivo”, contou.

Ele segue internado no Hospital Municipal Ruth Cardoso, mas passa bem. Ivan está com 35 a 40% do corpo queimado. “Muitas pessoas disseram que ele tomou vários choques, mas na verdade foi só um. Foi só uma pancada, e aí ele ficou tendo espasmos por conta da força do choque”, informou.

Publicidade

Publicidade