Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Crise atrapalha expectativa do comércio neste Dia das Mães

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sexta, 6/5/2016 8:36.

Assim como o Natal de lembrancinhas, o Dia das Mães, a segunda data mais importante para vendas no comércio, também terá um rendimento tímido. A situação econômica do país e a incerteza sobre o que vai acontecer, são os principais fatores de retração do consumidor.

A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) é de um crescimento pequeno, de 3% a 5% em comparação a março.

A presidente da CDL Eliane Colla lembra que estes índices são insuficientes para recuperar as perdas que o comércio vem registrando nos últimos meses. Acredita, no entanto, que a baixa temperatura dos últimos dias poderá resultar em boas vendas principalmente no ramo de confecções. Ela também destaca as promoções que estão por toda a parte.

De acordo com pesquisa de intenção de compras divulgadas pela Fecomércio/SC e Federação das CDLs/SC essa semana, o consumidor gastará quase 10% a menos para presentear a mãe (R$ 159,89 por presente) do que gastou ano passado (R$ 176,86).

Entre as famílias ouvidas pela pesquisa, 40,4% declararam estar em situação pior do que o ano passado; 34,1% permanecem nas mesmas condições e 25,5% disseram que estão melhor financeiramente.

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade