Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Santa Catarina aprova redução na tarifa do gás natural

Sexta, 10/6/2016 10:48.

Por Luciana Collet (AE)

A diretoria da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) aprovou, na tarde da quinta-feira, 9, a redução na tarifa do gás natural no Estado. Com isso, a distribuidora SC Gás vai conceder descontos aos consumidores que devem chegar a um valor médio de 15% para a indústria, principal consumidor no Estado, informou o governo local.

Os índices de reajuste por classe de consumo ainda não foram divulgados. A informação deve ser publicada no Diário Oficial nos próximos dias.

A redução tarifária está associada à variação dos preços na cesta de óleos internacionais, fator que afeta a composição do valor do gás natural no Estado de acordo com o contrato de concessão.

Conforme destacou o governo catarinense, a medida beneficia mais de 220 indústrias de diversas regiões do estado. Outros mercados, como o veicular (GNV), residencial e comercial também terão redução na tarifa, atingindo cerca de 100 mil consumidores catarinenses. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Fabrício Oliveira é acusado de omissão em relação ao loteamento clandestino Vila Fortaleza


Política


Cidade

Devido a declarações falsas, BC Port é alvo de investigação 


Cidade

Vice-prefeito quer estudar o assunto com mais cuidado 


Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Santa Catarina aprova redução na tarifa do gás natural

Sexta, 10/6/2016 10:48.

Por Luciana Collet (AE)

A diretoria da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) aprovou, na tarde da quinta-feira, 9, a redução na tarifa do gás natural no Estado. Com isso, a distribuidora SC Gás vai conceder descontos aos consumidores que devem chegar a um valor médio de 15% para a indústria, principal consumidor no Estado, informou o governo local.

Os índices de reajuste por classe de consumo ainda não foram divulgados. A informação deve ser publicada no Diário Oficial nos próximos dias.

A redução tarifária está associada à variação dos preços na cesta de óleos internacionais, fator que afeta a composição do valor do gás natural no Estado de acordo com o contrato de concessão.

Conforme destacou o governo catarinense, a medida beneficia mais de 220 indústrias de diversas regiões do estado. Outros mercados, como o veicular (GNV), residencial e comercial também terão redução na tarifa, atingindo cerca de 100 mil consumidores catarinenses. 

Publicidade

Publicidade