Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Processo de improbidade contra agentes públicos se arrasta no fórum
Celso Peixoto

Quarta, 3/2/2016 9:12.

Processo de improbidade administrativa movido pelo Ministério Público (MP) contra o ex-secretário de obras e hoje vereador Elton Garcia; o gestor da iluminação pública Jorge Cachel e o servidor do município Sérgio Kipfer, se arrasta há mais de dois anos na comarca de Balneário Camboriú.

Em dezembro de 2012, o MP denunciou Elton Garcia por usar máquinas e mão de obra do município para limpar um terreno de Jorge Cachel. Sobre Sérgio Kipfer pesa a acusação de falsificar documento público para tentar revestir de legalidade a limpeza do terreno.

Quando entrou com o processo, o MP pediu o afastamento de Elton Garcia da secretaria de obras, mas em abril de 2014 a justiça decidiu mantê-lo no cargo. Se pudesse prever o futuro, a justiça perceberia que o afastamento de Elton evitaria crimes que ele já vinha cometendo e outros que cometeria após aquela data.

O processo se aproxima de um desfecho, mas ninguém pode prever quando isto acontecerá.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Fabrício Oliveira é acusado de omissão em relação ao loteamento clandestino Vila Fortaleza


Política


Cidade

Devido a declarações falsas, BC Port é alvo de investigação 


Cidade

Vice-prefeito quer estudar o assunto com mais cuidado 


Publicidade


Publicidade


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Esportes


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Processo de improbidade contra agentes públicos se arrasta no fórum

Celso Peixoto
Quarta, 3/2/2016 9:12.

Processo de improbidade administrativa movido pelo Ministério Público (MP) contra o ex-secretário de obras e hoje vereador Elton Garcia; o gestor da iluminação pública Jorge Cachel e o servidor do município Sérgio Kipfer, se arrasta há mais de dois anos na comarca de Balneário Camboriú.

Em dezembro de 2012, o MP denunciou Elton Garcia por usar máquinas e mão de obra do município para limpar um terreno de Jorge Cachel. Sobre Sérgio Kipfer pesa a acusação de falsificar documento público para tentar revestir de legalidade a limpeza do terreno.

Quando entrou com o processo, o MP pediu o afastamento de Elton Garcia da secretaria de obras, mas em abril de 2014 a justiça decidiu mantê-lo no cargo. Se pudesse prever o futuro, a justiça perceberia que o afastamento de Elton evitaria crimes que ele já vinha cometendo e outros que cometeria após aquela data.

O processo se aproxima de um desfecho, mas ninguém pode prever quando isto acontecerá.

Publicidade

Publicidade