Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Garoto Ícaro continua desaparecido

Segunda, 15/2/2016 5:13.

O garoto Ícaro Alexandre Pereira, de apenas sete anos, continua desaparecido. Ele sumiu na última terça-feira (9) da Rua 3.450, no Centro de Balneário Camboriú, onde residia com a família.

Ícaro veio para Balneário há poucos meses. Ele e a família moravam em São Paulo, por isso ele não conhece bem as ruas da cidade.

O conselheiro tutelar de Camboriú, Manoel Mafra, que atuou nos últimos cinco anos na busca de crianças e adolescentes desaparecidas da região afirma que o caso é preocupante, pois normalmente crianças e adolescentes desaparecidos retornam em seguida para casa.

“O desaparecimento desse menino mobiliza pessoas de várias partes do Brasil. As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia de Desaparecidos, que trabalha em parceria com a Delegacia da Mulher de Balneário Camboriú. A Polícia Militar, os conselhos tutelares de Balneário Camboriú e Camboriú também participam na divulgação da foto do menino desaparecido (que estão espalhadas por toda a cidade)”, explica.

Manoel destaca que desde o primeiro dia do desaparecimento está acompanhando a família, principalmente ajudando no sentido emocional. “O pai do menino, que reside em São Paulo, está em Balneário e também ajuda nas buscas. Tudo o que tínhamos de informação e imagens passamos para os policiais. A mãe, o padrasto e o pai estão muito abalados emocionalmente e já procuramos pelo menino em toda a cidade”, diz.

O conselheiro comenta ainda que raramente uma criança desaparece, normalmente a criança e/ou o adolescente dormem fora de casa e logo retornam, principalmente as crianças. Os adolescentes conseguem ficar mais tempo, porém os pequenos normalmente são encontrados no dia seguinte, pois demonstram medo, fome, frio e as pessoas percebem. “Isso torna o caso de Ícaro atípico e preocupante, pois ele está desaparecido há seis dias”, acrescenta.

Qualquer pista sobre o paradeiro de Ícaro pode ser informado ao disque-denúncia da Polícia Civil: 181.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Garoto Ícaro continua desaparecido

Segunda, 15/2/2016 5:13.

O garoto Ícaro Alexandre Pereira, de apenas sete anos, continua desaparecido. Ele sumiu na última terça-feira (9) da Rua 3.450, no Centro de Balneário Camboriú, onde residia com a família.

Ícaro veio para Balneário há poucos meses. Ele e a família moravam em São Paulo, por isso ele não conhece bem as ruas da cidade.

O conselheiro tutelar de Camboriú, Manoel Mafra, que atuou nos últimos cinco anos na busca de crianças e adolescentes desaparecidas da região afirma que o caso é preocupante, pois normalmente crianças e adolescentes desaparecidos retornam em seguida para casa.

“O desaparecimento desse menino mobiliza pessoas de várias partes do Brasil. As investigações estão sendo conduzidas pela Delegacia de Desaparecidos, que trabalha em parceria com a Delegacia da Mulher de Balneário Camboriú. A Polícia Militar, os conselhos tutelares de Balneário Camboriú e Camboriú também participam na divulgação da foto do menino desaparecido (que estão espalhadas por toda a cidade)”, explica.

Manoel destaca que desde o primeiro dia do desaparecimento está acompanhando a família, principalmente ajudando no sentido emocional. “O pai do menino, que reside em São Paulo, está em Balneário e também ajuda nas buscas. Tudo o que tínhamos de informação e imagens passamos para os policiais. A mãe, o padrasto e o pai estão muito abalados emocionalmente e já procuramos pelo menino em toda a cidade”, diz.

O conselheiro comenta ainda que raramente uma criança desaparece, normalmente a criança e/ou o adolescente dormem fora de casa e logo retornam, principalmente as crianças. Os adolescentes conseguem ficar mais tempo, porém os pequenos normalmente são encontrados no dia seguinte, pois demonstram medo, fome, frio e as pessoas percebem. “Isso torna o caso de Ícaro atípico e preocupante, pois ele está desaparecido há seis dias”, acrescenta.

Qualquer pista sobre o paradeiro de Ícaro pode ser informado ao disque-denúncia da Polícia Civil: 181.

Publicidade

Publicidade