Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

A conta de energia vai baixar meia dúzia de reais

Segunda, 1/2/2016 10:27.

O governo federal divulgou que a energia elétrica custará menos a partir deste mês e a mídia embarcou sem fazer as contas e perceber que a redução é ínfima, beira os 2% para uma despesa que no ano passado aumentou de 23% a 40% dependendo da região do país.

A redução será na bandeira tarifária, um adicional criado no ano passado e que hoje custa R$ 4,50 a cada 100 killowatts-hora (kWh). Esse valor será de R$ 3,00 por 100 kwh.

As variações das bandeiras tarifárias ocorrem de acordo com o custo da produção de energia. Quando ele aumenta devido à queda nos reservatórios das hidrelétricas e ao acionamento dos geradores movidos a combustíveis o consumidor paga mais.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

A conta de energia vai baixar meia dúzia de reais

O governo federal divulgou que a energia elétrica custará menos a partir deste mês e a mídia embarcou sem fazer as contas e perceber que a redução é ínfima, beira os 2% para uma despesa que no ano passado aumentou de 23% a 40% dependendo da região do país.

A redução será na bandeira tarifária, um adicional criado no ano passado e que hoje custa R$ 4,50 a cada 100 killowatts-hora (kWh). Esse valor será de R$ 3,00 por 100 kwh.

As variações das bandeiras tarifárias ocorrem de acordo com o custo da produção de energia. Quando ele aumenta devido à queda nos reservatórios das hidrelétricas e ao acionamento dos geradores movidos a combustíveis o consumidor paga mais.

Publicidade

Publicidade