Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

150 PMs atuarão no Réveillon em BC
Divulgação.
Garrafas e copos de vidro estão proibidos na areia da praia.

Quarta, 28/12/2016 9:09.

O Réveillon de Balneário reúne milhares de pessoas, entre turistas e moradores. Pensando nisso, os órgãos da segurança reúnem-se todos os anos para a Operação Réveillon. O foco é a prevenção, já que boa parte das ocorrências atendidas não são graves, como brigas e desentendimentos.

Segundo informações da Polícia Militar, atuarão entre a noite de 31 e madrugada de 1º 150 policiais militares, 71 guardas municipais, 34 agentes de trânsito, seis bombeiros militares, dois para equipe aquática, duas ambulâncias do SAMU, nove plantonistas no quartel da Marinha, cinco plantonistas no Seach and Rescue (equipe de resgate no mar) e mais as bases fixas das corporações. Essas equipes vão se dividir entre a Praia Central e as Agrestes.

A principal preocupação, segundo o tenente da PM Rodrigo Augusto Schmidt, é a questão dos objetos cortantes que são proibidos. Nem os comerciantes poderão vender bebidas em recipientes de vidro, assim como o público não poderá levá-las para a beira da praia. Para fiscalizar, haverá policiais e guardas em todas as transversais de acesso a Avenida Atlântica. Outro cuidado é em alertar as pessoas sobre o risco de soltar fogos de artifício na orla – o que será proibido -, assim como jogar qualquer tipo de objeto – principalmente papel higiênico, balões e fitas laminadas – na rede elétrica.

Já na questão do trânsito, também haverá um cuidado especial para que os motoristas obedeçam a sinalização. No dia 31, a Avenida Atlântica será às 20h e reaberta às 2h do dia 1º. Também será a partir desse horário que as equipes de limpeza começarão a atuar na areia, calçadão e avenida.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

150 PMs atuarão no Réveillon em BC

Divulgação.
Garrafas e copos de vidro estão proibidos na areia da praia.
Garrafas e copos de vidro estão proibidos na areia da praia.
Quarta, 28/12/2016 9:09.

O Réveillon de Balneário reúne milhares de pessoas, entre turistas e moradores. Pensando nisso, os órgãos da segurança reúnem-se todos os anos para a Operação Réveillon. O foco é a prevenção, já que boa parte das ocorrências atendidas não são graves, como brigas e desentendimentos.

Segundo informações da Polícia Militar, atuarão entre a noite de 31 e madrugada de 1º 150 policiais militares, 71 guardas municipais, 34 agentes de trânsito, seis bombeiros militares, dois para equipe aquática, duas ambulâncias do SAMU, nove plantonistas no quartel da Marinha, cinco plantonistas no Seach and Rescue (equipe de resgate no mar) e mais as bases fixas das corporações. Essas equipes vão se dividir entre a Praia Central e as Agrestes.

A principal preocupação, segundo o tenente da PM Rodrigo Augusto Schmidt, é a questão dos objetos cortantes que são proibidos. Nem os comerciantes poderão vender bebidas em recipientes de vidro, assim como o público não poderá levá-las para a beira da praia. Para fiscalizar, haverá policiais e guardas em todas as transversais de acesso a Avenida Atlântica. Outro cuidado é em alertar as pessoas sobre o risco de soltar fogos de artifício na orla – o que será proibido -, assim como jogar qualquer tipo de objeto – principalmente papel higiênico, balões e fitas laminadas – na rede elétrica.

Já na questão do trânsito, também haverá um cuidado especial para que os motoristas obedeçam a sinalização. No dia 31, a Avenida Atlântica será às 20h e reaberta às 2h do dia 1º. Também será a partir desse horário que as equipes de limpeza começarão a atuar na areia, calçadão e avenida.

Publicidade

Publicidade