Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Bombinhas com problema de abastecimento de água
EBC.
Litoral não recebe do governo do estado um tratamento adequado

Terça, 27/12/2016 14:59.

A cidade de Bombinhas está com falta de água que poderá se agravar devido ao rápido crescimento da quantidade de consumidores, à alta temperatura e a um suposto boicote no fornecimento de água tratada por parte da Casan.

O Página 3 consultou a Casan se estaria havendo boicote, a empresa negou e disse que o volume foi definido pela agência reguladora. 

O saneamento em Bombinhas deixou de ser da Casan na metade desse ano, foi concedido a outra empresa que se comprometeu a investir R$ 135 milhões em cinco anos para resolver os problemas de água e esgoto.

Atualmente a maior parte da água tratada continua sendo fornecida pela Casan, via Porto Belo.

A Casan reduziu o fornecimento de 110 litros por segundo para 70 litros por segundo.

Com isso deverá ocorrer escassez em larga escala prejudicando não apenas Bombinhas, mas todo o turismo catarinense.

A administração municipal de Bombinhas está tentando pressionar politicamente o governo do estado. 

A nova concessionária emitiu nesta terça-feira o seguinte comunicado:

Comunicado à população e turistas de Bombinhas

A Águas de Bombinhas, que assumiu o sistema de saneamento básico em outubro, informa que está ciente dos problemas de falta d’água em alguns pontos da cidade e que vem trabalhado de forma intensa para minimizar os transtornos. O sistema recebido pela concessionária encontra-se em situação extremamente precária, subdimensionado e ainda dependente de Porto Belo. Essa realidade, aliada ao forte calor e à chegada de milhares de turistas à cidade, ocasiona o desabastecimento em alguns pontos da cidade.

A Concessionária vêm fazendo, dentro do possível, a substituição de vários equipamentos, para diminuir os riscos de desabastecimento. A meta da Concessionária é investir cerca de R$ 135 milhões ampliação na rede de água, tornando Bombinhas autossuficiente no abastecimento, com capacidade de fornecimento de água compatível com o crescimento populacional verificado a cada temporada de verão.

A empresa vem fazendo manobras na rede diariamente para melhorar o abastecimento, disponibiliza caminhões pipa para casos de emergência e está à disposição de moradores e turistas pelo 0800 595 4444e pelo WhatsApp 99234 1414.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Editais

Renovação de Licença Ambiental de Operação


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Bombinhas com problema de abastecimento de água

EBC.
Litoral não recebe do governo do estado um tratamento adequado
Litoral não recebe do governo do estado um tratamento adequado
Terça, 27/12/2016 14:59.

A cidade de Bombinhas está com falta de água que poderá se agravar devido ao rápido crescimento da quantidade de consumidores, à alta temperatura e a um suposto boicote no fornecimento de água tratada por parte da Casan.

O Página 3 consultou a Casan se estaria havendo boicote, a empresa negou e disse que o volume foi definido pela agência reguladora. 

O saneamento em Bombinhas deixou de ser da Casan na metade desse ano, foi concedido a outra empresa que se comprometeu a investir R$ 135 milhões em cinco anos para resolver os problemas de água e esgoto.

Atualmente a maior parte da água tratada continua sendo fornecida pela Casan, via Porto Belo.

A Casan reduziu o fornecimento de 110 litros por segundo para 70 litros por segundo.

Com isso deverá ocorrer escassez em larga escala prejudicando não apenas Bombinhas, mas todo o turismo catarinense.

A administração municipal de Bombinhas está tentando pressionar politicamente o governo do estado. 

A nova concessionária emitiu nesta terça-feira o seguinte comunicado:

Comunicado à população e turistas de Bombinhas

A Águas de Bombinhas, que assumiu o sistema de saneamento básico em outubro, informa que está ciente dos problemas de falta d’água em alguns pontos da cidade e que vem trabalhado de forma intensa para minimizar os transtornos. O sistema recebido pela concessionária encontra-se em situação extremamente precária, subdimensionado e ainda dependente de Porto Belo. Essa realidade, aliada ao forte calor e à chegada de milhares de turistas à cidade, ocasiona o desabastecimento em alguns pontos da cidade.

A Concessionária vêm fazendo, dentro do possível, a substituição de vários equipamentos, para diminuir os riscos de desabastecimento. A meta da Concessionária é investir cerca de R$ 135 milhões ampliação na rede de água, tornando Bombinhas autossuficiente no abastecimento, com capacidade de fornecimento de água compatível com o crescimento populacional verificado a cada temporada de verão.

A empresa vem fazendo manobras na rede diariamente para melhorar o abastecimento, disponibiliza caminhões pipa para casos de emergência e está à disposição de moradores e turistas pelo 0800 595 4444e pelo WhatsApp 99234 1414.

Publicidade

Publicidade