Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Mutreta dos 576 apartamentos brecada por pedido de vista
Google
Espertalhões querem construir 13 pavimentos onde só podem edificar 2,5

Sexta, 5/8/2016 8:17.

A mutreta para permitir a construção de diversos edifícios onde o Plano Diretor não permite, supostamente para vender 576 apartamentos a servidores municipais, foi brecada ontem no Conselho da Cidade pelo pedido de vista de um dos conselheiros.

Ele deseja saber o motivo da construção de prédios ter sido reprovada nas audiências do Plano Diretor e agora quererem mudar as regras beneficiando o proprietário de apenas um imóvel.

O Página 3 vem noticiando que se trata de uma picaretagem, usando funcionários públicos como massa de manobra para aumentar vária vezes o valor de uma área de terra no bairro São Judas.

Dentro de um mês, esse projeto deverá voltar à pauta do Conselho da Cidade.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Volume de resíduos não é um indicador seguro da quantidade de turistas


Policia

Praça central de Balneário Camboriú é o ponto preferido também de andarilhos e usuários 


Geral

A ideia é promover um corte generalizado de alíquotas.


Política


Publicidade


Publicidade


Cidade

Balneário Camboriú adotará entrega voluntária em ponto da prefeitura  


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Especial

Festival de música eletrônica reuniu milhares de pessoas na virada do ano, em Rio Negrinho


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Mutreta dos 576 apartamentos brecada por pedido de vista

Google
Espertalhões querem construir 13 pavimentos onde só podem edificar 2,5
Espertalhões querem construir 13 pavimentos onde só podem edificar 2,5
Sexta, 5/8/2016 8:17.

A mutreta para permitir a construção de diversos edifícios onde o Plano Diretor não permite, supostamente para vender 576 apartamentos a servidores municipais, foi brecada ontem no Conselho da Cidade pelo pedido de vista de um dos conselheiros.

Ele deseja saber o motivo da construção de prédios ter sido reprovada nas audiências do Plano Diretor e agora quererem mudar as regras beneficiando o proprietário de apenas um imóvel.

O Página 3 vem noticiando que se trata de uma picaretagem, usando funcionários públicos como massa de manobra para aumentar vária vezes o valor de uma área de terra no bairro São Judas.

Dentro de um mês, esse projeto deverá voltar à pauta do Conselho da Cidade.
 

Publicidade

Publicidade