Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Empresário morre em acidente na Avenida Atlântica
Divulgação

Segunda, 15/8/2016 8:30.

Um acidente de trânsito fatal chocou Balneário Camboriú neste final de semana. O empresário Eduardo Prim, 29 anos, bateu em um poste na Avenida Atlântica, às 6h de sábado (13), em frente da balada sertaneja Shed Western Bar, na Barra Sul, e capotou a Mercedes Benz c250 que dirigia.

Segundo informações do SAMU, Eduardo foi arremessado para fora do veículo e sofreu politraumatismo. Ele morreu antes da chegada do atendimento médico. O homem era empresário e sócio da Vetores Topografia e Engenharia.

Acidentes fatais são raros na Avenida Atlântica, considerando que a velocidade máxima permitida para circular no local é de 40km/h. O que piorou o acidente foi o fato de que, segundo informações dos agentes de trânsito, Eduardo estava sem cinto de segurança.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Serviço de coleta especial será triplicado e permanente em toda a cidade


Geral

Presidente da Santur diz que o motivo é adiantar os agendamentos 


Cidade

Administração municipal não aplica multas nem ativou o Disque Cidade Limpa


Esportes

Organização espera superar os 4.500 participantes da edição anterior.


Publicidade


Geral


Saúde


Educação

Pensar em projetos para as “Cidades inteligentes” com a ajuda das áreas de tecnologia e inovação, negócios e marketing.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Empresário morre em acidente na Avenida Atlântica

Divulgação

Publicidade

Segunda, 15/8/2016 8:30.

Um acidente de trânsito fatal chocou Balneário Camboriú neste final de semana. O empresário Eduardo Prim, 29 anos, bateu em um poste na Avenida Atlântica, às 6h de sábado (13), em frente da balada sertaneja Shed Western Bar, na Barra Sul, e capotou a Mercedes Benz c250 que dirigia.

Segundo informações do SAMU, Eduardo foi arremessado para fora do veículo e sofreu politraumatismo. Ele morreu antes da chegada do atendimento médico. O homem era empresário e sócio da Vetores Topografia e Engenharia.

Acidentes fatais são raros na Avenida Atlântica, considerando que a velocidade máxima permitida para circular no local é de 40km/h. O que piorou o acidente foi o fato de que, segundo informações dos agentes de trânsito, Eduardo estava sem cinto de segurança.

Publicidade

Publicidade