Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Comércio de Balneário Camboriú aposta em boas vendas para os pais

Quarta, 10/8/2016 9:30.

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio (CVC) dando conta que o Dia dos Pais, no próximo domingo, movimentará R$ 4,2 bilhões animou os comerciantes. Em Balneário Camboriú, a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Eliane Colla está confiante e aposta em promoções e descontos para aquecer o mercado.

Em tempos de ‘ recuo’ na economia, os pais receberão presentes mais modestos, encabeçados por vestuário e calçados, artigos de uso pessoal e doméstico, produtos de farmácias e perfumarias.

“Em função do atual cenário econômico nacional, não é possível fazer qualquer projeção de crescimento no volume dos negócios”, disse Eliane. O Dia dos Pais é o quinto melhor faturamento do varejo, atrás do Natal, Dia das Mães, dos Namorados e da Criança.

Conforme uma pesquisa da Fecomércio de Santa Catarina, entre as atividades especiais da data, a maioria disse que vai preparar almoço ou janta em casa para os familiares, mas o setor de serviços também deve ser movimentado, já que pelo menos 12% dos entrevistados adiantaram que vão levar os pais para refeições em restaurantes.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Variedades

A chegada do bom velhinho também dá inicio a uma intensa programação cultural  


Cidade

Toda a comunidade pode participar no próximo domingo


Cidade

Centro de Eventos de Balneário Camboriú será o maior do Sul do país  


Cidade

Obra é cara e mal explicada 


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Comércio de Balneário Camboriú aposta em boas vendas para os pais

Quarta, 10/8/2016 9:30.

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio (CVC) dando conta que o Dia dos Pais, no próximo domingo, movimentará R$ 4,2 bilhões animou os comerciantes. Em Balneário Camboriú, a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Eliane Colla está confiante e aposta em promoções e descontos para aquecer o mercado.

Em tempos de ‘ recuo’ na economia, os pais receberão presentes mais modestos, encabeçados por vestuário e calçados, artigos de uso pessoal e doméstico, produtos de farmácias e perfumarias.

“Em função do atual cenário econômico nacional, não é possível fazer qualquer projeção de crescimento no volume dos negócios”, disse Eliane. O Dia dos Pais é o quinto melhor faturamento do varejo, atrás do Natal, Dia das Mães, dos Namorados e da Criança.

Conforme uma pesquisa da Fecomércio de Santa Catarina, entre as atividades especiais da data, a maioria disse que vai preparar almoço ou janta em casa para os familiares, mas o setor de serviços também deve ser movimentado, já que pelo menos 12% dos entrevistados adiantaram que vão levar os pais para refeições em restaurantes.

Publicidade

Publicidade