Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Moradores da Barra se revoltaram contra o prefeito
Rede social Nativos Beach
Protesto dos moradores do Bairro da Barra.

Quinta, 14/4/2016 8:05.

Ontem à noite moradores da Barra se revoltaram contra a administração municipal devido aos alagamentos que causaram prejuízos à comunidade. A enchente começou na madrugada e ao amanhecer havia vários pontos afetados no bairro, mas a situação mais crítica era o transbordamento do Rio das Ostras.

Em protesto, à noite os moradores incendiaram os móveis que foram perdidos com a enchente.

É importante que agentes de saúde atuem no bairro para verificar a situação das famílias atingidas pela enchente, porque o Rio das Ostras é severamente poluído. Isso ocorre porque a Emasa descumpriu todos os prazos para concluir a rede de esgotos na região.

O Página 3 aguarda desde sábado que o Ministério Público, através da promotoria do meio ambiente, que deveria fiscalizar este descumprimento por parte da Emasa, se manifeste sobre o assunto.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Moradores da Barra se revoltaram contra o prefeito

Rede social Nativos Beach
Protesto dos moradores do Bairro da Barra.
Protesto dos moradores do Bairro da Barra.
Quinta, 14/4/2016 8:05.

Ontem à noite moradores da Barra se revoltaram contra a administração municipal devido aos alagamentos que causaram prejuízos à comunidade. A enchente começou na madrugada e ao amanhecer havia vários pontos afetados no bairro, mas a situação mais crítica era o transbordamento do Rio das Ostras.

Em protesto, à noite os moradores incendiaram os móveis que foram perdidos com a enchente.

É importante que agentes de saúde atuem no bairro para verificar a situação das famílias atingidas pela enchente, porque o Rio das Ostras é severamente poluído. Isso ocorre porque a Emasa descumpriu todos os prazos para concluir a rede de esgotos na região.

O Página 3 aguarda desde sábado que o Ministério Público, através da promotoria do meio ambiente, que deveria fiscalizar este descumprimento por parte da Emasa, se manifeste sobre o assunto.
 

Publicidade

Publicidade