Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Fama
Cantor César Menotti se retrata após dizer que samba 'é coisa de bandido'

Segunda, 4/6/2018 15:37.
Reprodução

Publicidade

(FOLHAPRESS)

César Menotti, 36, se desculpou em suas redes sociais poruma declaração que fez no Altas Horas de sexta (2) e gerou revolta na internet. Ele falava sobre um show que fez com o irmão, Fabiano, em uma penitenciária, quando disse em tom de brincadeira que samba era 'coisa de bandido'.

"Sempre existem os agitadores que pedem que cante música que sabem que você não canta e insistentemente um agitador gritava: 'Canta um samba, canta um samba!' Eufalei 'desculpa, é que realmente a gente não sabe cantar nenhum samba'e o Fabiano, em uma grande gafe, comentou: 'E tem mais, samba é música de bandido'", narrou César.

A declaração viralizouna rede e gerou protestos. A deputada LeciBrandão publicou um vídeo em seu Facebookcriticando a declaração do cantor. "Samba não é música de bandido não. Bandido para mim é quem compra a mídia para a gente ter que ouvir um monte de música que não leva o país a ter nenhuma reflexão, nenhuma consciência", disse ela.

"Bandidagem é quem consegue fazer com que a cultura seja direcionada para quem tem poder", completou Brandão.

Neste domingo (3), o cantor publicou um vídeo em seu Instagramse desculpando pela colocação, dizendo que muitas pessoas o compreenderam mal por terem visto a declaração fora de contexto. "O texto sem contexto vira pretexto", escreveu ele na legenda.

"Ontem contei um causo no programa e muitas pessoas por terem visto apenas um trecho, acabaram se ofendendo. Para quem se ofendeu, peço humildemente perdão mas não era essa minha intenção. (...) Uma piada não representa minha opinião sobre o samba, essa música que eu admiro e respeito profundamente", disse ele.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Reprodução

Cantor César Menotti se retrata após dizer que samba 'é coisa de bandido'

Publicidade

Segunda, 4/6/2018 15:37.

(FOLHAPRESS)

César Menotti, 36, se desculpou em suas redes sociais poruma declaração que fez no Altas Horas de sexta (2) e gerou revolta na internet. Ele falava sobre um show que fez com o irmão, Fabiano, em uma penitenciária, quando disse em tom de brincadeira que samba era 'coisa de bandido'.

"Sempre existem os agitadores que pedem que cante música que sabem que você não canta e insistentemente um agitador gritava: 'Canta um samba, canta um samba!' Eufalei 'desculpa, é que realmente a gente não sabe cantar nenhum samba'e o Fabiano, em uma grande gafe, comentou: 'E tem mais, samba é música de bandido'", narrou César.

A declaração viralizouna rede e gerou protestos. A deputada LeciBrandão publicou um vídeo em seu Facebookcriticando a declaração do cantor. "Samba não é música de bandido não. Bandido para mim é quem compra a mídia para a gente ter que ouvir um monte de música que não leva o país a ter nenhuma reflexão, nenhuma consciência", disse ela.

"Bandidagem é quem consegue fazer com que a cultura seja direcionada para quem tem poder", completou Brandão.

Neste domingo (3), o cantor publicou um vídeo em seu Instagramse desculpando pela colocação, dizendo que muitas pessoas o compreenderam mal por terem visto a declaração fora de contexto. "O texto sem contexto vira pretexto", escreveu ele na legenda.

"Ontem contei um causo no programa e muitas pessoas por terem visto apenas um trecho, acabaram se ofendendo. Para quem se ofendeu, peço humildemente perdão mas não era essa minha intenção. (...) Uma piada não representa minha opinião sobre o samba, essa música que eu admiro e respeito profundamente", disse ele.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade