Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Mariana Dalvesco deixa a Fundação de Esportes para dedicar-se à campanha política

Veja as principais conquistas de Mariana a frente da FME

Sexta, 14/2/2020 17:50.
Divulgação
Mariana Dalvesco

Publicidade

Depois de três anos na Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Mariana Dalvesco deixou o cargo de superintendente há alguns dias, para dedicar-se a novos objetivos, entre eles, concorrer a uma vaga legislativa, nas eleições de outubro.

“Decidi na semana passada solicitar minha saída da Fundação, pouco antes do previsto, porque era acordado junto ao PL ficar até início de abril, prazo máximo de permanência no cargo para quem deseja concorrer as eleições municipais. Meu nome é um dos nomes do partido como pré-candidata ao Legislativo”, comentou Mariana.

Os próximos 40 dias serão para descanso, reflexão e planejamento do futuro.

“O período à frente da Fundação foi uma grande oportunidade que tive, devo isso ao partido, ao nosso líder Carlos Humberto e ao prefeito Fabrício Oliveira. Entrei como diretora de esportes comunitários, mas pude atuar em todas as frentes, assumi informalmente a direção técnica, fui chefe de delegação junto a equipe que foi a terceira melhor do Estado, nos Joguinhos Abertos, foi um fato histórico para Balneário Camboriú e depois assumi a superintendência. Por tudo fica a gratidão, aos profissionais qualificados e dedicados, que não tem hora nem dia para fazer as coisas acontecer. Esse trabalho vai continuar com o Osmar de Miranda (Mazinho), diretor técnico que assume interinamente as duas funções até uma definição do prefeito e do vice-prefeito de quem assumirá a Fundação nos próximos meses”, disse Mariana.

Entre as principais conquistas em sua gestão, Mariana destacou o fortalecimento do paradesporto e listou uma série de projetos e atividades que trouxeram bons resultados ao esporte municipal.

Acompanhe:

*Incentivo à modalidades até então pouco apoiadas garantindo condições de despontarmos no cenário nacional e internacional, como é o caso do atletismo e vôlei de praia, já a ginástica artística e rítmica que ressurgiram entre 2017 e 2019 e vem se destacando no estado;

*Maior atenção ao trabalho já renomado do voleibol de quadra e handebol feminino;

*Implantação do BC Virando o Jogo que leva iniciação esportiva no contraturno escolar a 12 núcleos municipais;

*Paradesporto na escola que promove a inclusão das atividades adaptadas a pessoas com deficiência sendo oferecida para vivência de toda a comunidade escolar;

*Lançamento e manutenção do Praia Acessível que garante banho de mar monitorado por profissionais e guarda vidas em cadeiras anfíbias, bem como atividades adaptadas para integrar deficientes e familiares;

*Fortalecimento dos Jogos Escolares de Balneário Camboriú, que nos últimos três anos levou mais de 10 mil crianças das redes municipais, estaduais e particulares a participar da competição;

*O Setor de Inteligência criado junto ao então diretor Robertinho Ferreira e mantido como referência no atendimento preventivo e de fortalecimento para atletas de rendimento, algo inovador já que se trata de um modelo tradicional em grandes clubes e pioneiro no esporte público;

*Apoio a realização de importantes eventos esportivos como a Copa Libertadores da América de futsal feminino, Mundial de Beach tênis, Brasileiro de Judô, Copa Brasil de marcha atlética e para 2020 receberemos a etapa nacional dos Jogos Escolares na modalidade de futsal;

*Criação do edital de verão para atividades esportivas, somado a atrações musicais e de lazer atrelando a divulgação do município em rede estadual e nacional, isso sem qualquer ônus aos cofres públicos;

*Aumento significativo no valor do Bolsa atleta e critérios mais claros garantindo melhor condição aos atletas contemplados;

*Valor do Fundesporte mais que dobrou dando oportunidade a entidades recorrerem ao apoio público no fomento do esporte, oferecendo no ano de 2019 R$ 600 mil para apoio a eventos, esporte escolar e de rendimento;

*Criação do Fundesporte pessoa física que possibilita que atletas de nível olímpico e mundial tenham maior apoio e possam permanecer representando BC;

*Além de conseguirmos proporcionar aos técnicos e atletas condições de alcançarem melhores resultados, colocando BC em destaque entre os 295 municipios catarinenses, já que atualmente figuramos sempre entre os 10 melhores do estado.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Mariana Dalvesco
Mariana Dalvesco

Mariana Dalvesco deixa a Fundação de Esportes para dedicar-se à campanha política

Veja as principais conquistas de Mariana a frente da FME

Publicidade

Sexta, 14/2/2020 17:50.

Depois de três anos na Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), Mariana Dalvesco deixou o cargo de superintendente há alguns dias, para dedicar-se a novos objetivos, entre eles, concorrer a uma vaga legislativa, nas eleições de outubro.

“Decidi na semana passada solicitar minha saída da Fundação, pouco antes do previsto, porque era acordado junto ao PL ficar até início de abril, prazo máximo de permanência no cargo para quem deseja concorrer as eleições municipais. Meu nome é um dos nomes do partido como pré-candidata ao Legislativo”, comentou Mariana.

Os próximos 40 dias serão para descanso, reflexão e planejamento do futuro.

“O período à frente da Fundação foi uma grande oportunidade que tive, devo isso ao partido, ao nosso líder Carlos Humberto e ao prefeito Fabrício Oliveira. Entrei como diretora de esportes comunitários, mas pude atuar em todas as frentes, assumi informalmente a direção técnica, fui chefe de delegação junto a equipe que foi a terceira melhor do Estado, nos Joguinhos Abertos, foi um fato histórico para Balneário Camboriú e depois assumi a superintendência. Por tudo fica a gratidão, aos profissionais qualificados e dedicados, que não tem hora nem dia para fazer as coisas acontecer. Esse trabalho vai continuar com o Osmar de Miranda (Mazinho), diretor técnico que assume interinamente as duas funções até uma definição do prefeito e do vice-prefeito de quem assumirá a Fundação nos próximos meses”, disse Mariana.

Entre as principais conquistas em sua gestão, Mariana destacou o fortalecimento do paradesporto e listou uma série de projetos e atividades que trouxeram bons resultados ao esporte municipal.

Acompanhe:

*Incentivo à modalidades até então pouco apoiadas garantindo condições de despontarmos no cenário nacional e internacional, como é o caso do atletismo e vôlei de praia, já a ginástica artística e rítmica que ressurgiram entre 2017 e 2019 e vem se destacando no estado;

*Maior atenção ao trabalho já renomado do voleibol de quadra e handebol feminino;

*Implantação do BC Virando o Jogo que leva iniciação esportiva no contraturno escolar a 12 núcleos municipais;

*Paradesporto na escola que promove a inclusão das atividades adaptadas a pessoas com deficiência sendo oferecida para vivência de toda a comunidade escolar;

*Lançamento e manutenção do Praia Acessível que garante banho de mar monitorado por profissionais e guarda vidas em cadeiras anfíbias, bem como atividades adaptadas para integrar deficientes e familiares;

*Fortalecimento dos Jogos Escolares de Balneário Camboriú, que nos últimos três anos levou mais de 10 mil crianças das redes municipais, estaduais e particulares a participar da competição;

*O Setor de Inteligência criado junto ao então diretor Robertinho Ferreira e mantido como referência no atendimento preventivo e de fortalecimento para atletas de rendimento, algo inovador já que se trata de um modelo tradicional em grandes clubes e pioneiro no esporte público;

*Apoio a realização de importantes eventos esportivos como a Copa Libertadores da América de futsal feminino, Mundial de Beach tênis, Brasileiro de Judô, Copa Brasil de marcha atlética e para 2020 receberemos a etapa nacional dos Jogos Escolares na modalidade de futsal;

*Criação do edital de verão para atividades esportivas, somado a atrações musicais e de lazer atrelando a divulgação do município em rede estadual e nacional, isso sem qualquer ônus aos cofres públicos;

*Aumento significativo no valor do Bolsa atleta e critérios mais claros garantindo melhor condição aos atletas contemplados;

*Valor do Fundesporte mais que dobrou dando oportunidade a entidades recorrerem ao apoio público no fomento do esporte, oferecendo no ano de 2019 R$ 600 mil para apoio a eventos, esporte escolar e de rendimento;

*Criação do Fundesporte pessoa física que possibilita que atletas de nível olímpico e mundial tenham maior apoio e possam permanecer representando BC;

*Além de conseguirmos proporcionar aos técnicos e atletas condições de alcançarem melhores resultados, colocando BC em destaque entre os 295 municipios catarinenses, já que atualmente figuramos sempre entre os 10 melhores do estado.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade