Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Jogadora de Balneário Camboriú é convocada para seleção brasileira de vôlei sub 18

Sexta, 24/4/2020 17:54.

Publicidade

A jogadora Kauany Gutz Kyukawa, 16 anos, de Balneário Camboriú, está entre as 20 pré-convocadas da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), para disputar o Campeonato Sul-americano Sub 18, no final de junho, no Chile.

A seletiva estava programada para 23 de março e das 20, seriam escolhidas as 12 que formariam a seleção brasileira. Mas o coronavírus interrompeu a programação e até agora, a Confederação não se manifestou sobre qualquer alteração na agenda.

Se o distanciamento continuar, é possível que o Sul-americano, que classifica para o Mundial da categoria ano que vem, seja transferido para o final do ano ou nem aconteça. Mas por enquanto não há uma definição anunciada.

A carreira

Kauany começou a jogar vôlei em 2014, nas escolinhas de esporte do colégio Salesiano. Um ano depois começou a treinar na Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) sob supervisão da técnica Farid Beraldo.

No ano passado foi contratada pelo Bradesco (Osasco/SP), onde joga até hoje, compondo as categorias sub-17 e sub-19.

A jogadora já integrou a seleção catarinense em quatro campeonato brasileiros consecutivos (conquistou o bronze na categoria Sub15 em 2017 e medalha de ouro nas duas últimas edições, sendo na categoria Sub16 em 2019 e na Sub18 ainda este ano).

“Esta é minha primeira convocação para uma seleção de nível nacional, o que proporciona um significado pessoal muito especial, ainda mais na posição de ponteira, na qual comecei a atuar recentemente, e particularmente gosto muito de jogar. Acredito que uma convocação para a seleção brasileiraseja o sonho de todo atleta, e com certeza representa uma grande conquista para mim, sendo muito gratificante ter todo o esforço, dedicação e trabalho duro reconhecidos. O grupo selecionado composto por 20 meninas ainda está sujeito a cortes, restando apenas 12 para a disputa do Sul-Americano, mas meu foco, motivação e brilho nos olhos só aumentam conforme os novos desafios vêm surgindo, sempre tendo no coração o sonho que é vestir a camisa verde e amarela e defender meu país”, disse a jogadora.

Com os planos interrompidos pelo Covid19, Kauany disse que segue alimentando seu sonho e em isolamento social, está buscando manter o condicionamento físico e contato com bola através de treinos montados pela ADC Bradesco (clube em que joga atualmente), além de alguns exercícios extras e batendo muita bola na parede também, tudo isso dentro de sua casa, em Balneário Camboriú.

“Quanto à suspensão temporária dos campeonatos, inclusive do Sul-Americano que aconteceria em julho no Chile, não foram tomadas novas medidas e não foram divulgadas novas datas para o evento ainda, mas isso não quer dizer que meus cuidados com o corpo, alimentação e treinamento estão parados também, muito pelo contrário, estou aproveitando este tempo para trabalhar no desenvolvimento físico e psicológico, para recuperar com mais rapidez o ritmo de jogo e manter um nível alto no restante da temporada."

As principais conquistas em sua carreira começaram há três anos.

* 2017
-Campeã da Liga Catarinense de Volei (LCV) Sub-15;
-Vice-campeã estadual Sub-14;
-3o lugar estadual Sub-15 (destaque da disputa);
-Convocação para a Seleção Catarinense Ssub-15;
-3o lugar no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) categoria Sub-15;

* 2018:
-Vice-campeã no Campeonato Mercosul de Novo Hamburgo na categoria Sub-16;
-Atleta destaque da primeira fase do campeonato estadual nas categorias Sub-15 e Sub-16;
-Cirurgia do tornozelo e reabilitação junho a outubro;
-Bicampeã da Liga Catarinense de Volei (LCV) Sub-15 (atleta destaque do torneio);
-3o lugar OLESC;
-Primeira convocação laboratório novos talentos da seleção brasileira;
-Convocação para Seleção Catarinense categoria Sub-16

* 2019:
-Convocação para Seleção Catarinense categoria Sub-15;
-Campeã invicta no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) categoria Sub-15;
-Transferência p/ ADC Bradesco (Osasco);
-2o lugar Torneio Início;
-3o lugar Campeonato Metropolitano Sub-17;
-Campeã estadual paulista Sub-17;
-Segunda convocação laboratório de novos talentos da seleção brasileira

* 2020:
*Convocação para a Seleção Catarinense Sub-18 como capitã;
*Campeã invicta como capitã de SC no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBV) Sub-18;
*Convocação para a seletiva da Seleção Brasileira de Volei categoria Sub-18.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Jogadora de Balneário Camboriú é convocada para seleção brasileira de vôlei sub 18

Publicidade

Sexta, 24/4/2020 17:54.

A jogadora Kauany Gutz Kyukawa, 16 anos, de Balneário Camboriú, está entre as 20 pré-convocadas da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), para disputar o Campeonato Sul-americano Sub 18, no final de junho, no Chile.

A seletiva estava programada para 23 de março e das 20, seriam escolhidas as 12 que formariam a seleção brasileira. Mas o coronavírus interrompeu a programação e até agora, a Confederação não se manifestou sobre qualquer alteração na agenda.

Se o distanciamento continuar, é possível que o Sul-americano, que classifica para o Mundial da categoria ano que vem, seja transferido para o final do ano ou nem aconteça. Mas por enquanto não há uma definição anunciada.

A carreira

Kauany começou a jogar vôlei em 2014, nas escolinhas de esporte do colégio Salesiano. Um ano depois começou a treinar na Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) sob supervisão da técnica Farid Beraldo.

No ano passado foi contratada pelo Bradesco (Osasco/SP), onde joga até hoje, compondo as categorias sub-17 e sub-19.

A jogadora já integrou a seleção catarinense em quatro campeonato brasileiros consecutivos (conquistou o bronze na categoria Sub15 em 2017 e medalha de ouro nas duas últimas edições, sendo na categoria Sub16 em 2019 e na Sub18 ainda este ano).

“Esta é minha primeira convocação para uma seleção de nível nacional, o que proporciona um significado pessoal muito especial, ainda mais na posição de ponteira, na qual comecei a atuar recentemente, e particularmente gosto muito de jogar. Acredito que uma convocação para a seleção brasileiraseja o sonho de todo atleta, e com certeza representa uma grande conquista para mim, sendo muito gratificante ter todo o esforço, dedicação e trabalho duro reconhecidos. O grupo selecionado composto por 20 meninas ainda está sujeito a cortes, restando apenas 12 para a disputa do Sul-Americano, mas meu foco, motivação e brilho nos olhos só aumentam conforme os novos desafios vêm surgindo, sempre tendo no coração o sonho que é vestir a camisa verde e amarela e defender meu país”, disse a jogadora.

Com os planos interrompidos pelo Covid19, Kauany disse que segue alimentando seu sonho e em isolamento social, está buscando manter o condicionamento físico e contato com bola através de treinos montados pela ADC Bradesco (clube em que joga atualmente), além de alguns exercícios extras e batendo muita bola na parede também, tudo isso dentro de sua casa, em Balneário Camboriú.

“Quanto à suspensão temporária dos campeonatos, inclusive do Sul-Americano que aconteceria em julho no Chile, não foram tomadas novas medidas e não foram divulgadas novas datas para o evento ainda, mas isso não quer dizer que meus cuidados com o corpo, alimentação e treinamento estão parados também, muito pelo contrário, estou aproveitando este tempo para trabalhar no desenvolvimento físico e psicológico, para recuperar com mais rapidez o ritmo de jogo e manter um nível alto no restante da temporada."

As principais conquistas em sua carreira começaram há três anos.

* 2017
-Campeã da Liga Catarinense de Volei (LCV) Sub-15;
-Vice-campeã estadual Sub-14;
-3o lugar estadual Sub-15 (destaque da disputa);
-Convocação para a Seleção Catarinense Ssub-15;
-3o lugar no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) categoria Sub-15;

* 2018:
-Vice-campeã no Campeonato Mercosul de Novo Hamburgo na categoria Sub-16;
-Atleta destaque da primeira fase do campeonato estadual nas categorias Sub-15 e Sub-16;
-Cirurgia do tornozelo e reabilitação junho a outubro;
-Bicampeã da Liga Catarinense de Volei (LCV) Sub-15 (atleta destaque do torneio);
-3o lugar OLESC;
-Primeira convocação laboratório novos talentos da seleção brasileira;
-Convocação para Seleção Catarinense categoria Sub-16

* 2019:
-Convocação para Seleção Catarinense categoria Sub-15;
-Campeã invicta no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) categoria Sub-15;
-Transferência p/ ADC Bradesco (Osasco);
-2o lugar Torneio Início;
-3o lugar Campeonato Metropolitano Sub-17;
-Campeã estadual paulista Sub-17;
-Segunda convocação laboratório de novos talentos da seleção brasileira

* 2020:
*Convocação para a Seleção Catarinense Sub-18 como capitã;
*Campeã invicta como capitã de SC no Campeonato Brasileiro de Seleções (CBV) Sub-18;
*Convocação para a seletiva da Seleção Brasileira de Volei categoria Sub-18.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade