Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
VôleiBC se classifica para segunda fase do Campeonato Estadual Adulto Feminino

Segunda, 23/9/2019 18:14.
Divulgação
VôleiBC passou para segunda fase do Estadual

Publicidade

O time VôleiBC, que representa Balneário Camboriú no Campeonato Estadual Adulto Feminino e na Liga Nacional, se classificou para a segunda fase do Campeonato Estadual Adulto de Vôlei Feminino, que começou neste final de semana em Blumenau. A equipe foi a única representante da cidade no evento, diferente do publicado pelo Página 3 na sexta-feira (20) com informações da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), de que Balneário Camboriú estaria competindo com duas associações no Catarinense.

A presidente do VôleiBC, Elisângela Almeida, que é ex-atleta e medalhista olímpica (Sidney-2000), explica que as atletas se classificaram para a segunda fase do Campeonato Estadual Adulto Feminino após duas vitórias, conquistando o 3º lugar nessa primeira etapa. O time do VôleiBC foi formado por atletas de Itapema, que estão participando pela primeira vez da competição. Elisângela explica que o time oficial, aquele que disputa a Liga Nacional, está em fase de contratação e deve ser apresentado no dia 21 de outubro.

“Chamamos Itapema para estar conosco no Estadual Adulto porque não conseguimos finalizar o nosso time oficial ainda. Tentamos chamar a base de Balneário (time ABC do Voleibol, da Fundação Municipal de Esportes) para nos representar, mas não tivemos resposta dos técnicos”, diz.

Elisângela salienta que no momento estão sem espaço para os treinos e que a equipe que está representando Balneário atualmente está treinando em Itapema. Quando o time oficial for formado irão analisar onde irá acontecer o treinamento.

“O ginásio do Bairro da Barra, onde treinávamos, irá passar por reformas e por isso estamos sem espaço no momento. Normalmente o time adulto serve como inspiração para a base, mas parece que Balneário Camboriú não quer isso. A ideia é seguirmos por aqui, mas se continuar essa ‘medição de força’ com a Fundação de Esportes vai ficar difícil. Sempre tivemos o apoio com a parte estrutural, o prefeito Fabrício autorizou, mas ultimamente está complicado”, acrescenta.

Segundo Elisângela, quando encerrou a Liga Nacional ela se encontrou com o prefeito e com o presidente da Câmara de Vereadores, Omar Tomalih, que confirmaram o desejo pela continuidade do time na cidade.

“Eles nos apoiaram, mas sabemos que eles delegaram a função para a Fundação, e por enquanto isso está estressante e dificultoso. Não queremos causar problemas, tanto que estamos vendo se será possível treinarmos em Itapema. Se soubéssemos que seria assim seria mais fácil sair de Balneário, mas estamos correndo atrás, porque não queremos isso. Todos os times do Brasil sonham em ter uma equipe adulta, porque a base se espelha nela, mas parece que Balneário Camboriú não está vendo dessa forma. Nosso objetivo é valorizar o talento catarinense, tanto que metade do nosso time oficial será formado por meninas daqui, porque queremos fortalecer o voleibol do Estado”, completa.


O que diz a Fundação

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, Mariana Dalvesco, explica que houve um mal entendido na hora em que deu a entrevista para o Página 3, salientando que em campeonatos estaduais de federação podem participar quantas associações quiserem – a exemplo da VôleiBC e ABC do Voleibol, mas que só pode ter uma equipe em campeonatos oficiais da Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte).

“Até o infanto-juvenil a Fundação Municipal de Esportes de Balneário tem equipe, representada pela ABC do Voleibol, e quando é adulto quem nos representa é a VôleiBC. Não tem problema ter duas porque elas representam o clube e não o município”, diz.

Mariana aproveita a ocasião para explicar que atualmente a prefeitura não está cedendo a parte estrutural para os treinos da VôleiBC porque os ginásios passarão por reformas, que devem iniciar em breve (está sendo finalizado o termo de referência e até o final dessa semana a licitação deve ser publicada).

“Expus para a diretoria do time a necessidade da reforma dos nossos espaços e que por isso ficará difícil até mesmo para as equipes da Fundação treinarem. Não estamos conseguindo apoiar o time no momento por isso”, afirma.


Federação Catarinense de Voleibol

O coordenador dos Campeonatos Estaduais Adultos da Federação Catarinense de Voleibol, André Wilson Testa, explica que no Estadual Adulto Feminino não existem duas equipes competindo por Balneário Camboriú, e sim somente o VôleiBC.

“Esse time é o que está jogando o Estadual Adulto Feminino da Federação. Há o time ABC do Voleibol, que também é de Balneário, mas ele não está inscrito nesse campeonato (nem no feminino e nem no masculino), somente o VôleiBC (feminino)”, comenta.


ABC do Voleibol

O time oficial da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú é o ABC do Voleibol. O responsável técnico da equipe, Cláudio Henrique Beraldo, o Iki, conta que a equipe tem como objetivo principal os jogos da Fesporte, como a Olesc, Joguinhos e Jasc.

No ano passado, o time conquistou o 1º lugar no Joguinhos, tanto com a equipe feminina quanto com o time masculino, além do 3º na Olesc com os dois times e 3º no Jasc com a equipe dos meninos.

“Esse ano ficamos em 3° nos Joguinhos e em 2° na Olesc com os dois times, ou seja, a parceria vai muito bem porque já em dois anos seguidos estamos figurando entre as três maiores forças do voleibol de Santa Catarina nos principais campeonatos em que representamos a cidade”, explica.

Sobre o convite para o time representar o VôleiBC no Campeonato Adulto, Cláudio diz que isso não aconteceu. “Eles podem ter tentado nos ligar, mas estamos todos os dias no ginásio e eles sabem disso. Se quisessem realmente conversar esse tipo de assunto não seria por telefone. Mas não estamos preocupados com isso, o que queríamos era esclarecer que não há duas equipes no Campeonato Feminino Adulto. Nessa competição nós não participamos”, finaliza.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
VôleiBC passou para segunda fase do Estadual
VôleiBC passou para segunda fase do Estadual

VôleiBC se classifica para segunda fase do Campeonato Estadual Adulto Feminino

Publicidade

Segunda, 23/9/2019 18:14.

O time VôleiBC, que representa Balneário Camboriú no Campeonato Estadual Adulto Feminino e na Liga Nacional, se classificou para a segunda fase do Campeonato Estadual Adulto de Vôlei Feminino, que começou neste final de semana em Blumenau. A equipe foi a única representante da cidade no evento, diferente do publicado pelo Página 3 na sexta-feira (20) com informações da Fundação Municipal de Esportes (FMEBC), de que Balneário Camboriú estaria competindo com duas associações no Catarinense.

A presidente do VôleiBC, Elisângela Almeida, que é ex-atleta e medalhista olímpica (Sidney-2000), explica que as atletas se classificaram para a segunda fase do Campeonato Estadual Adulto Feminino após duas vitórias, conquistando o 3º lugar nessa primeira etapa. O time do VôleiBC foi formado por atletas de Itapema, que estão participando pela primeira vez da competição. Elisângela explica que o time oficial, aquele que disputa a Liga Nacional, está em fase de contratação e deve ser apresentado no dia 21 de outubro.

“Chamamos Itapema para estar conosco no Estadual Adulto porque não conseguimos finalizar o nosso time oficial ainda. Tentamos chamar a base de Balneário (time ABC do Voleibol, da Fundação Municipal de Esportes) para nos representar, mas não tivemos resposta dos técnicos”, diz.

Elisângela salienta que no momento estão sem espaço para os treinos e que a equipe que está representando Balneário atualmente está treinando em Itapema. Quando o time oficial for formado irão analisar onde irá acontecer o treinamento.

“O ginásio do Bairro da Barra, onde treinávamos, irá passar por reformas e por isso estamos sem espaço no momento. Normalmente o time adulto serve como inspiração para a base, mas parece que Balneário Camboriú não quer isso. A ideia é seguirmos por aqui, mas se continuar essa ‘medição de força’ com a Fundação de Esportes vai ficar difícil. Sempre tivemos o apoio com a parte estrutural, o prefeito Fabrício autorizou, mas ultimamente está complicado”, acrescenta.

Segundo Elisângela, quando encerrou a Liga Nacional ela se encontrou com o prefeito e com o presidente da Câmara de Vereadores, Omar Tomalih, que confirmaram o desejo pela continuidade do time na cidade.

“Eles nos apoiaram, mas sabemos que eles delegaram a função para a Fundação, e por enquanto isso está estressante e dificultoso. Não queremos causar problemas, tanto que estamos vendo se será possível treinarmos em Itapema. Se soubéssemos que seria assim seria mais fácil sair de Balneário, mas estamos correndo atrás, porque não queremos isso. Todos os times do Brasil sonham em ter uma equipe adulta, porque a base se espelha nela, mas parece que Balneário Camboriú não está vendo dessa forma. Nosso objetivo é valorizar o talento catarinense, tanto que metade do nosso time oficial será formado por meninas daqui, porque queremos fortalecer o voleibol do Estado”, completa.


O que diz a Fundação

A superintendente da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú, Mariana Dalvesco, explica que houve um mal entendido na hora em que deu a entrevista para o Página 3, salientando que em campeonatos estaduais de federação podem participar quantas associações quiserem – a exemplo da VôleiBC e ABC do Voleibol, mas que só pode ter uma equipe em campeonatos oficiais da Fesporte (Fundação Catarinense de Esporte).

“Até o infanto-juvenil a Fundação Municipal de Esportes de Balneário tem equipe, representada pela ABC do Voleibol, e quando é adulto quem nos representa é a VôleiBC. Não tem problema ter duas porque elas representam o clube e não o município”, diz.

Mariana aproveita a ocasião para explicar que atualmente a prefeitura não está cedendo a parte estrutural para os treinos da VôleiBC porque os ginásios passarão por reformas, que devem iniciar em breve (está sendo finalizado o termo de referência e até o final dessa semana a licitação deve ser publicada).

“Expus para a diretoria do time a necessidade da reforma dos nossos espaços e que por isso ficará difícil até mesmo para as equipes da Fundação treinarem. Não estamos conseguindo apoiar o time no momento por isso”, afirma.


Federação Catarinense de Voleibol

O coordenador dos Campeonatos Estaduais Adultos da Federação Catarinense de Voleibol, André Wilson Testa, explica que no Estadual Adulto Feminino não existem duas equipes competindo por Balneário Camboriú, e sim somente o VôleiBC.

“Esse time é o que está jogando o Estadual Adulto Feminino da Federação. Há o time ABC do Voleibol, que também é de Balneário, mas ele não está inscrito nesse campeonato (nem no feminino e nem no masculino), somente o VôleiBC (feminino)”, comenta.


ABC do Voleibol

O time oficial da Fundação Municipal de Esportes de Balneário Camboriú é o ABC do Voleibol. O responsável técnico da equipe, Cláudio Henrique Beraldo, o Iki, conta que a equipe tem como objetivo principal os jogos da Fesporte, como a Olesc, Joguinhos e Jasc.

No ano passado, o time conquistou o 1º lugar no Joguinhos, tanto com a equipe feminina quanto com o time masculino, além do 3º na Olesc com os dois times e 3º no Jasc com a equipe dos meninos.

“Esse ano ficamos em 3° nos Joguinhos e em 2° na Olesc com os dois times, ou seja, a parceria vai muito bem porque já em dois anos seguidos estamos figurando entre as três maiores forças do voleibol de Santa Catarina nos principais campeonatos em que representamos a cidade”, explica.

Sobre o convite para o time representar o VôleiBC no Campeonato Adulto, Cláudio diz que isso não aconteceu. “Eles podem ter tentado nos ligar, mas estamos todos os dias no ginásio e eles sabem disso. Se quisessem realmente conversar esse tipo de assunto não seria por telefone. Mas não estamos preocupados com isso, o que queríamos era esclarecer que não há duas equipes no Campeonato Feminino Adulto. Nessa competição nós não participamos”, finaliza.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade