Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

De volta, Scarpa marca, e Palmeiras vence em estreia na Libertadores
EBC.

Quinta, 7/3/2019 5:10.

(FOLHAPRESS) - O Palmeiras começou sua campanha na Copa Libertadores com o pé direito. Nesta quarta-feira (6), a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari venceu o Junior Barranquilla, na Colômbia, por 2 a 0.

O primeiro gol palmeirense foi marcado pelo meia Gustavo Scarpa, de volta à equipe alviverde após três jogos de ausência em razão de uma lesão no tornozelo esquerdo.

Em busca de uma vaga no time titular, Scarpa ganha pontos com Felipão para substituir o lesionado Willian, importante na conquista do Campeonato Brasileiro em 2018.

Como o atacante só deve retornar ao time no segundo semestre -recupera-se de lesão no joelho direito-, o treinador tem tentado encontrar a melhor opção para a direita do ataque. Além de Scarpa, Carlos Eduardo e Felipe Pires brigam pelo posto.

No comando ofensivo, Felipão manteve a dupla Ricardo Goulart e Borja, decisivos para a vitória sobre o Ituano no último fim de semana.

O colombiano perdeu algumas oportunidades, mas foi importante no segundo gol, já nos acréscimos da etapa final, quando segurou a bola na frente após contra-ataque e serviu Marcos Rocha, que encobriu o goleiro para fechar o placar.

Para estrear com vitória na Libertadores, o Palmeiras teve pela frente exatamente o mesmo adversário de seu primeiro jogo na edição de 2018.

Em Barranquilla, ainda com Roger Machado no comando, venceu por 3 a 0 e iniciou a caminhada que parou apenas na semifinal para o Boca Juniors.

No Allianz Parque, em sua última partida na fase de grupos no ano passado, também bateu os colombianos (3 a 1).

Na próxima terça-feira (12), a equipe alviverde jogará pela Libertadores em casa, diante do Melgar, do Peru, teoricamente o adversário mais fácil do Grupo F -o outro é o San Lorenzo, que recebe em Buenos Aires o Junior Barranquilla.

JUNIOR BARRANQUILLA
Sebastián Viera; Marlon Piedrahita, Willer Ditta, Narváez e Gabriel Fuentes; Enrique Serje (Sebastián Hernández), Victor Cantillo, Martín Fernández e Fabián Sambueza (Hinestroza); Luís Díaz e Teo Gutiérrez. T.: Luis Fernando Suárez

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos), Ricardo Goulart (Moisés), Gustavo Scarpa e Dudu (Hyoran); Borja. T.: Luiz Felipe Scolari

Estádio: Metropolitano, em Barranquilla (COL)
Juiz: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Gabriel Popovits (URU) e Carlos Barreiro (URU)
Cartões amarelos: Téo Gutiérrez (JRB)
Cartão vermelho: Téo Gutiérrez (JRB)
Gols: Gustavo Scarpa (PAL), aos 11min do 1º tempo; e Marcos Rocha (PAL), aos 46min do 2º tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

De volta, Scarpa marca, e Palmeiras vence em estreia na Libertadores

EBC.

Publicidade

Quinta, 7/3/2019 5:10.

(FOLHAPRESS) - O Palmeiras começou sua campanha na Copa Libertadores com o pé direito. Nesta quarta-feira (6), a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari venceu o Junior Barranquilla, na Colômbia, por 2 a 0.

O primeiro gol palmeirense foi marcado pelo meia Gustavo Scarpa, de volta à equipe alviverde após três jogos de ausência em razão de uma lesão no tornozelo esquerdo.

Em busca de uma vaga no time titular, Scarpa ganha pontos com Felipão para substituir o lesionado Willian, importante na conquista do Campeonato Brasileiro em 2018.

Como o atacante só deve retornar ao time no segundo semestre -recupera-se de lesão no joelho direito-, o treinador tem tentado encontrar a melhor opção para a direita do ataque. Além de Scarpa, Carlos Eduardo e Felipe Pires brigam pelo posto.

No comando ofensivo, Felipão manteve a dupla Ricardo Goulart e Borja, decisivos para a vitória sobre o Ituano no último fim de semana.

O colombiano perdeu algumas oportunidades, mas foi importante no segundo gol, já nos acréscimos da etapa final, quando segurou a bola na frente após contra-ataque e serviu Marcos Rocha, que encobriu o goleiro para fechar o placar.

Para estrear com vitória na Libertadores, o Palmeiras teve pela frente exatamente o mesmo adversário de seu primeiro jogo na edição de 2018.

Em Barranquilla, ainda com Roger Machado no comando, venceu por 3 a 0 e iniciou a caminhada que parou apenas na semifinal para o Boca Juniors.

No Allianz Parque, em sua última partida na fase de grupos no ano passado, também bateu os colombianos (3 a 1).

Na próxima terça-feira (12), a equipe alviverde jogará pela Libertadores em casa, diante do Melgar, do Peru, teoricamente o adversário mais fácil do Grupo F -o outro é o San Lorenzo, que recebe em Buenos Aires o Junior Barranquilla.

JUNIOR BARRANQUILLA
Sebastián Viera; Marlon Piedrahita, Willer Ditta, Narváez e Gabriel Fuentes; Enrique Serje (Sebastián Hernández), Victor Cantillo, Martín Fernández e Fabián Sambueza (Hinestroza); Luís Díaz e Teo Gutiérrez. T.: Luis Fernando Suárez

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos), Ricardo Goulart (Moisés), Gustavo Scarpa e Dudu (Hyoran); Borja. T.: Luiz Felipe Scolari

Estádio: Metropolitano, em Barranquilla (COL)
Juiz: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Gabriel Popovits (URU) e Carlos Barreiro (URU)
Cartões amarelos: Téo Gutiérrez (JRB)
Cartão vermelho: Téo Gutiérrez (JRB)
Gols: Gustavo Scarpa (PAL), aos 11min do 1º tempo; e Marcos Rocha (PAL), aos 46min do 2º tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade