Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esportes
Fla vence Vasco nos pênaltis, conquista Taça Rio e mantém longa escrita

Domingo, 31/3/2019 19:52.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - O jejum segue. Mesmo atuando com reservas e sem o técnico Abel Braga, que se recupera de uma arritmia, o Flamengo venceu o Vasco nos pênaltis após empate no tempo normal em 1 a 1 com gols de Tiago Reis e Arrascaeta, neste domingo (31), no Maracanã, conquistou a Taça Rio e manteve a escrita de 31 anos sem perder uma decisão para o rival.

Com o resultado, os duelos das semifinais do Campeonato Carioca serão os mesmos que aconteceram na Taça Rio, com o Flamengo enfrentando o Fluminense e o Vasco, o Bangu. O Rubro-Negro e o Cruzmaltino jogam com a vantagem do empate.

O jogo teve um contraste entre os tempos. No primeiro, sonolento, sem muitas chances de gol e muito truncado com o Flamengo um pouco melhor. Na etapa final, os times se expuseram mais e o duelo ganhou em emoção, com oportunidades em ambos os lados.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o volante Lucas Mineiro proporcionou um lance bizarro cabeceando a bola deitado de bruço no gramado do Maracanã.

Ainda no início do jogo, Marrony invadiu a área e caiu pedindo pênalti. O árbitro não deu e o zagueiro Thuler e o atacante se estranharam.
O goleiro César demonstrou categoria e frieza ao dar um belo drible em Bruno César após uma recuada de bola.

No segundo tempo a estrela do jovem Tiago Reis brilhou de novo! Após escanteio da esquerda, o atacante subiu mais alto que a zaga do Flamengo e raspou de cabeça. César somente olhou a bola entrar no fundo da rede. Foi o quarto gol do jogador em quatro jogos como titular. Deixa o menino jogar!

Quando a torcida do Vasco já comemorava a vitória, o Flamengo foi ao ataque e, após cruzamento da direita, Arrascaeta subiu sozinho e, de cabeça, empatou a partida aos 48 minutos do segundo tempo. Que levou a disputa de pênaltis e a vitória do Flamengo.

VASCO
Fernando Miguel, Raul Cáceres, Leandro Castan (Ricardo Graça), Werley e Danilo Barcelos; Bruno Silva (Raul) e Lucas Mineiro; Rossi, Bruno César (Thiago Galhardo) e Marrony; Tiago Reis
T.: Alberto Valentim

FLAMENGO
César; Rodinei, Rhodolfo, Thuler (Bill) e Trauco; Ronaldo (Vinicius) e Hugo Moura; Arrascaeta, Vitinho e Lucas Silva (Vitor Gabriel); Uribe
T.: Leomir de Souza (interino)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
Cartões amarelos: Werley, Bruno César, Lucas Mineiro (VAS); Trauco, Vinicius (FLA)
Gols: Tiago Reis, aos 9 minutos do segundo tempo (VAS); Arrascaeta, aos 48 minutos do segundo tempo (FLA). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fla vence Vasco nos pênaltis, conquista Taça Rio e mantém longa escrita

Publicidade

Domingo, 31/3/2019 19:52.

(FOLHAPRESS) - O jejum segue. Mesmo atuando com reservas e sem o técnico Abel Braga, que se recupera de uma arritmia, o Flamengo venceu o Vasco nos pênaltis após empate no tempo normal em 1 a 1 com gols de Tiago Reis e Arrascaeta, neste domingo (31), no Maracanã, conquistou a Taça Rio e manteve a escrita de 31 anos sem perder uma decisão para o rival.

Com o resultado, os duelos das semifinais do Campeonato Carioca serão os mesmos que aconteceram na Taça Rio, com o Flamengo enfrentando o Fluminense e o Vasco, o Bangu. O Rubro-Negro e o Cruzmaltino jogam com a vantagem do empate.

O jogo teve um contraste entre os tempos. No primeiro, sonolento, sem muitas chances de gol e muito truncado com o Flamengo um pouco melhor. Na etapa final, os times se expuseram mais e o duelo ganhou em emoção, com oportunidades em ambos os lados.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o volante Lucas Mineiro proporcionou um lance bizarro cabeceando a bola deitado de bruço no gramado do Maracanã.

Ainda no início do jogo, Marrony invadiu a área e caiu pedindo pênalti. O árbitro não deu e o zagueiro Thuler e o atacante se estranharam.
O goleiro César demonstrou categoria e frieza ao dar um belo drible em Bruno César após uma recuada de bola.

No segundo tempo a estrela do jovem Tiago Reis brilhou de novo! Após escanteio da esquerda, o atacante subiu mais alto que a zaga do Flamengo e raspou de cabeça. César somente olhou a bola entrar no fundo da rede. Foi o quarto gol do jogador em quatro jogos como titular. Deixa o menino jogar!

Quando a torcida do Vasco já comemorava a vitória, o Flamengo foi ao ataque e, após cruzamento da direita, Arrascaeta subiu sozinho e, de cabeça, empatou a partida aos 48 minutos do segundo tempo. Que levou a disputa de pênaltis e a vitória do Flamengo.

VASCO
Fernando Miguel, Raul Cáceres, Leandro Castan (Ricardo Graça), Werley e Danilo Barcelos; Bruno Silva (Raul) e Lucas Mineiro; Rossi, Bruno César (Thiago Galhardo) e Marrony; Tiago Reis
T.: Alberto Valentim

FLAMENGO
César; Rodinei, Rhodolfo, Thuler (Bill) e Trauco; Ronaldo (Vinicius) e Hugo Moura; Arrascaeta, Vitinho e Lucas Silva (Vitor Gabriel); Uribe
T.: Leomir de Souza (interino)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Auxiliares: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
Cartões amarelos: Werley, Bruno César, Lucas Mineiro (VAS); Trauco, Vinicius (FLA)
Gols: Tiago Reis, aos 9 minutos do segundo tempo (VAS); Arrascaeta, aos 48 minutos do segundo tempo (FLA). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade