Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Palmeiras bate Inter com gol de Deyverson e iguala marca de invencibilidade

Domingo, 5/5/2019 9:16.

O Palmeiras venceu o Internacional por 1 a 0 neste sábado (4), no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Deyverson, aproveitando cobrança de escanteio de Dudu, fez o gol do triunfo, que fez a equipe de Felipão igualar seu recorde histórico de invencibilidade na competição.

Agora, o Palmeiras está há 26 jogos sem perder no Brasileirão, contando, obviamente, a campanha do título do ano passado. A marca é a mesma que foi alcançada entre 1972 e 1973, quando o clube foi bicampeão brasileiro.

O jogo foi fraco tecnicamente, com muita disputa, marcação e até um princípio de confusão no primeiro tempo. O Palmeiras teve a volta dos titulares, fez o gol cedo na bola parada e depois deixou o Internacional com a bola, mas o time gaúcho mostrou muita dificuldade de criar.

O resultado levou o Palmeiras aos sete pontos no Brasileirão, enquanto o Inter estacionou nos três pontos. O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (8), novamente no Allianz, para enfrentar o San Lorenzo na Libertadores. Já o Colorado entra em campo um dia antes, na terça (7), para visitar o River Plate em Buenos Aires, também pela competição nacional.

Empurrado pela torcida, o Palmeiras começou a partida tentando imprimir seu ritmo e partindo para cima do Inter. Não conseguiu criar chances claras com bola rolando, mas foi assustando na bola parada. Aos 4 minutos, Deyverson desviou com perigo após cobrança de escanteio e a zaga colorada afastou; no minuto seguinte, foi Dudu quem subiu sozinho e cabeceou para fora após batida de lateral de Marcos Rocha. A zaga do Inter só olhou.

De tanto insistir, o gol do Palmeiras saiu em uma jogada de bola parada. Aos 13 minutos, Dudu bateu escanteio da direita e Deyverson subiu com muito espaço na primeira trave para desviar de cabeça e vencer Marcelo Lomba. Mais uma vez, a defesa do Internacional "marcou com os olhos".

Depois do 1 a 0, o Palmeiras recuou imediatamente e passou a esperar o Inter, tentando explorar os contra-ataques.

Pouco depois do gol do Palmeiras, Guerrero começou uma confusão ao empurrar Dudu depois de uma disputa de bola. Um bolo de jogadores das duas equipes se formou, e Felipe Melo foi um dos mais exaltados, partindo para cima do peruano. Depois de separado o empurra-empurra, sobrou um cartão amarelo para Guerrero e outro para o volante do Palmeiras.

O Internacional construiu pouco no primeiro tempo quando precisou ficar com a bola, mas Nico López assustou Weverton com alguns chutes perigosos. Na melhor oportunidade, aos 30 minutos, Iago cruzou mal da esquerda, mas o uruguaio consertou o lance no domínio e bateu girando. O goleiro palmeirense se esticou todo para fazer uma boa defesa.

O panorama do jogo não se alterou no segundo tempo: Palmeiras esperando, Inter tendo dificuldades para criar com a bola.

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Zé Rafael (Hyoran), Gustavo Scarpa (Moisés) e Dudu (Raphael Veiga); Deyverson.
T.: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenílson (Rafael Sóbis), Patrick, Sarrafiore (D'Alessandro) e Nico López (Guilherme Parede); Guerrero.
T.: Odair Hellmann

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Fabio Pereira e Thiago Henrique Neto Correa Farinha
Público/Renda: 31.549/R$ 1.952.668,00
Cartões amarelos: Felipe Melo e Marcos Rocha (Palmeiras); Victor Cuesta, Sarrafiore, Guerrero, Edenílson e Zeca (Internacional)
Gol: Deyverson, aos 13 minutos do primeiro tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Palmeiras bate Inter com gol de Deyverson e iguala marca de invencibilidade

Publicidade

Domingo, 5/5/2019 9:16.

O Palmeiras venceu o Internacional por 1 a 0 neste sábado (4), no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Deyverson, aproveitando cobrança de escanteio de Dudu, fez o gol do triunfo, que fez a equipe de Felipão igualar seu recorde histórico de invencibilidade na competição.

Agora, o Palmeiras está há 26 jogos sem perder no Brasileirão, contando, obviamente, a campanha do título do ano passado. A marca é a mesma que foi alcançada entre 1972 e 1973, quando o clube foi bicampeão brasileiro.

O jogo foi fraco tecnicamente, com muita disputa, marcação e até um princípio de confusão no primeiro tempo. O Palmeiras teve a volta dos titulares, fez o gol cedo na bola parada e depois deixou o Internacional com a bola, mas o time gaúcho mostrou muita dificuldade de criar.

O resultado levou o Palmeiras aos sete pontos no Brasileirão, enquanto o Inter estacionou nos três pontos. O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (8), novamente no Allianz, para enfrentar o San Lorenzo na Libertadores. Já o Colorado entra em campo um dia antes, na terça (7), para visitar o River Plate em Buenos Aires, também pela competição nacional.

Empurrado pela torcida, o Palmeiras começou a partida tentando imprimir seu ritmo e partindo para cima do Inter. Não conseguiu criar chances claras com bola rolando, mas foi assustando na bola parada. Aos 4 minutos, Deyverson desviou com perigo após cobrança de escanteio e a zaga colorada afastou; no minuto seguinte, foi Dudu quem subiu sozinho e cabeceou para fora após batida de lateral de Marcos Rocha. A zaga do Inter só olhou.

De tanto insistir, o gol do Palmeiras saiu em uma jogada de bola parada. Aos 13 minutos, Dudu bateu escanteio da direita e Deyverson subiu com muito espaço na primeira trave para desviar de cabeça e vencer Marcelo Lomba. Mais uma vez, a defesa do Internacional "marcou com os olhos".

Depois do 1 a 0, o Palmeiras recuou imediatamente e passou a esperar o Inter, tentando explorar os contra-ataques.

Pouco depois do gol do Palmeiras, Guerrero começou uma confusão ao empurrar Dudu depois de uma disputa de bola. Um bolo de jogadores das duas equipes se formou, e Felipe Melo foi um dos mais exaltados, partindo para cima do peruano. Depois de separado o empurra-empurra, sobrou um cartão amarelo para Guerrero e outro para o volante do Palmeiras.

O Internacional construiu pouco no primeiro tempo quando precisou ficar com a bola, mas Nico López assustou Weverton com alguns chutes perigosos. Na melhor oportunidade, aos 30 minutos, Iago cruzou mal da esquerda, mas o uruguaio consertou o lance no domínio e bateu girando. O goleiro palmeirense se esticou todo para fazer uma boa defesa.

O panorama do jogo não se alterou no segundo tempo: Palmeiras esperando, Inter tendo dificuldades para criar com a bola.

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Zé Rafael (Hyoran), Gustavo Scarpa (Moisés) e Dudu (Raphael Veiga); Deyverson.
T.: Luiz Felipe Scolari

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Edenílson (Rafael Sóbis), Patrick, Sarrafiore (D'Alessandro) e Nico López (Guilherme Parede); Guerrero.
T.: Odair Hellmann

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Fabio Pereira e Thiago Henrique Neto Correa Farinha
Público/Renda: 31.549/R$ 1.952.668,00
Cartões amarelos: Felipe Melo e Marcos Rocha (Palmeiras); Victor Cuesta, Sarrafiore, Guerrero, Edenílson e Zeca (Internacional)
Gol: Deyverson, aos 13 minutos do primeiro tempo. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade