Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esportes
Na estreia de Luxemburgo, Vasco deixa escapar no fim triunfo cotra o Avaí

Segunda, 20/5/2019 7:25.

Publicidade

(Pery Negreiros/AE) - A estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo no Vasco depois de uma ausência de dois anos do futebol não acabou sendo das mais promissoras, ao menos no quesito sorte. Com o treinador na área técnica de São Januário trabalhando pelo time da casa pela primeira vez, os cariocas deixaram escapar a vitória nos acréscimos do jogo contra o Avaí, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, e apenas empataram em 1 a 1 com os catarinenses.

O Vasco abriu o placar a nove minutos do fim do segundo tempo, com o zagueiro Ricardo Graça, mas acabou cedendo a igualdade com o gol de Daniel Amorim nos acréscimos para a equipe da Ressacada, que foi mais agressiva na partida.

Com o resultado, o time do Rio se mantém na lanterna, sem triunfos na competição, agora com dois pontos. O Avaí, igualmente, ainda não sabe o que é vitória no Nacional e também está na zona da degola, mas em 17º lugar, com três pontos.

Com o Vasco tendo o apoio de um bom público em seu estádio, Yago Pikachu retornando à lateral direita e sem o zagueiro Leandro Castán, que ainda não se recuperou totalmente de lesão, o time começou a partida tentando impor um domínio territorial, com mais posse de bola, mas não conseguindo ser efetivo na criação de oportunidades de gol, que simplesmente não aconteceram. O panorama da etapa inicial fez com que a torcida protestasse contra a sofrível atuação da equipe na saída para o intervalo.

Era o Avaí quem mais arriscava, especialmente em arremates de longa distância: Gegê, aos quatro minutos; Caio Paulista, aos 28; João Paulo, aos 36, e Pedro Castro, aos 39, obrigaram o goleiro Sidão a trabalhar. No início da segunda etapa, após cobrança de falta na área, foi a vez de Matheus Barbosa acionar Sidão, desta vez com um cabeceio no canto esquerdo defendido pelo camisa 1 vascaíno.

Incomodado com a falta de criatividade de seus comandados, Luxemburgo não hesitou em fazer três alterações antes dos 15 minutos da etapa complementar. O treinador vascaíno pôs em campo Fellipe Bastos, Valdívia e Jairinho nos lugares de Lucas Mineiro, Marrony e Bruno César, respectivamente, na tentativa de dar mais velocidade à equipe da casa.

As mudanças não surtiram efeito imediato e o Avaí continuou sendo mais incisivo, com Gegê aparecendo livre na área vascaína, aos 19, batendo no canto e novamente exigindo bela defesa de Sidão.

A partida parecia se encaminhar para um placar em branco quando Ricardo Graça inaugurou o marcador. Depois de um escanteio, Rossi levantou da entrada da área na medida para o defensor fulminar o canto direito de Vladimir.

O Vasco ainda perderia uma chance incrível aos 42, com Vladimir fazendo grande defesa em tentativa de Werley e a bola sobrando para Fellipe Bastos. O meio-campista, completamente livre, isolou para fora. O castigo pela falta de apuro na finalização viria logo em seguida, com Daniel Amorim aproveitando cruzamento preciso de Luan Pereira para empatar o confronto, no último lance, aos 49. O gol acabou fazendo justiça à equipe que mais buscou o ataque no duelo.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Vasco visitará o Fortaleza, no domingo, às 19h, no Castelão. No dia seguinte, o Avaí receberá o Ceará na Ressacada, às 20h.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 AVAÍ

VASCO - Sidão; Yago Pikachu, Werley, Ricardo Graça e Henrique; Andrey (Fellipe Bastos), Lucas Mineiro e Bruno César (Jairinho); Rossi, Marrony (Valdívia) e Maxi López. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

AVAÍ - Vladimir; Lourenço, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Matheus Barbosa, Pedro Castro, Gegê (Luan Pereira) e João Paulo; Caio Paulista (Getúlio) e Brenner (Daniel Amorim). Técnico: Geninho

GOLS - Ricardo Graça, aos 36, e Daniel Amorim, aos 49 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

CARTÕES AMARELOS - Lucas Mineiro (Vasco), Betão e Brenner (Avaí)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - São Januário, Rio (RJ). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Na estreia de Luxemburgo, Vasco deixa escapar no fim triunfo cotra o Avaí

Publicidade

Segunda, 20/5/2019 7:25.

(Pery Negreiros/AE) - A estreia do técnico Vanderlei Luxemburgo no Vasco depois de uma ausência de dois anos do futebol não acabou sendo das mais promissoras, ao menos no quesito sorte. Com o treinador na área técnica de São Januário trabalhando pelo time da casa pela primeira vez, os cariocas deixaram escapar a vitória nos acréscimos do jogo contra o Avaí, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, e apenas empataram em 1 a 1 com os catarinenses.

O Vasco abriu o placar a nove minutos do fim do segundo tempo, com o zagueiro Ricardo Graça, mas acabou cedendo a igualdade com o gol de Daniel Amorim nos acréscimos para a equipe da Ressacada, que foi mais agressiva na partida.

Com o resultado, o time do Rio se mantém na lanterna, sem triunfos na competição, agora com dois pontos. O Avaí, igualmente, ainda não sabe o que é vitória no Nacional e também está na zona da degola, mas em 17º lugar, com três pontos.

Com o Vasco tendo o apoio de um bom público em seu estádio, Yago Pikachu retornando à lateral direita e sem o zagueiro Leandro Castán, que ainda não se recuperou totalmente de lesão, o time começou a partida tentando impor um domínio territorial, com mais posse de bola, mas não conseguindo ser efetivo na criação de oportunidades de gol, que simplesmente não aconteceram. O panorama da etapa inicial fez com que a torcida protestasse contra a sofrível atuação da equipe na saída para o intervalo.

Era o Avaí quem mais arriscava, especialmente em arremates de longa distância: Gegê, aos quatro minutos; Caio Paulista, aos 28; João Paulo, aos 36, e Pedro Castro, aos 39, obrigaram o goleiro Sidão a trabalhar. No início da segunda etapa, após cobrança de falta na área, foi a vez de Matheus Barbosa acionar Sidão, desta vez com um cabeceio no canto esquerdo defendido pelo camisa 1 vascaíno.

Incomodado com a falta de criatividade de seus comandados, Luxemburgo não hesitou em fazer três alterações antes dos 15 minutos da etapa complementar. O treinador vascaíno pôs em campo Fellipe Bastos, Valdívia e Jairinho nos lugares de Lucas Mineiro, Marrony e Bruno César, respectivamente, na tentativa de dar mais velocidade à equipe da casa.

As mudanças não surtiram efeito imediato e o Avaí continuou sendo mais incisivo, com Gegê aparecendo livre na área vascaína, aos 19, batendo no canto e novamente exigindo bela defesa de Sidão.

A partida parecia se encaminhar para um placar em branco quando Ricardo Graça inaugurou o marcador. Depois de um escanteio, Rossi levantou da entrada da área na medida para o defensor fulminar o canto direito de Vladimir.

O Vasco ainda perderia uma chance incrível aos 42, com Vladimir fazendo grande defesa em tentativa de Werley e a bola sobrando para Fellipe Bastos. O meio-campista, completamente livre, isolou para fora. O castigo pela falta de apuro na finalização viria logo em seguida, com Daniel Amorim aproveitando cruzamento preciso de Luan Pereira para empatar o confronto, no último lance, aos 49. O gol acabou fazendo justiça à equipe que mais buscou o ataque no duelo.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Vasco visitará o Fortaleza, no domingo, às 19h, no Castelão. No dia seguinte, o Avaí receberá o Ceará na Ressacada, às 20h.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 AVAÍ

VASCO - Sidão; Yago Pikachu, Werley, Ricardo Graça e Henrique; Andrey (Fellipe Bastos), Lucas Mineiro e Bruno César (Jairinho); Rossi, Marrony (Valdívia) e Maxi López. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

AVAÍ - Vladimir; Lourenço, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Matheus Barbosa, Pedro Castro, Gegê (Luan Pereira) e João Paulo; Caio Paulista (Getúlio) e Brenner (Daniel Amorim). Técnico: Geninho

GOLS - Ricardo Graça, aos 36, e Daniel Amorim, aos 49 do segundo tempo.

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

CARTÕES AMARELOS - Lucas Mineiro (Vasco), Betão e Brenner (Avaí)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - São Januário, Rio (RJ). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade