Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Nadal arrasa australiano que foi algoz de Federer no US Open de 2018

Quarta, 28/8/2019 7:01.

Publicidade

Rafael Nadal venceu com tranquilidade em sua estreia no US Open, na noite desta terça-feira. O dono de três títulos em Nova York arrasou o australiano John Millman, algoz de Roger Federer nas oitavas de final do US Open do ano passado, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2, em 2h08min de confronto.

Atual número dois do mundo, Nadal é um dos fortes candidatos ao título no último Grand Slam da temporada, vindo direto do título do Masters 1000 de Montreal, conquistado há 16 dias. Diante do 60º do ranking, o espanhol dominou com facilidade a partir do fundo de quadra e demonstrou força nas devoluções, anulando uma das principais forças do rival, o potente saque.

Nadal obteve cinco quebras de saque na partida, sendo duas em cada um dos últimos dois sets. E não perdeu o serviço em nenhum momento do duelo. Milmann não aproveitou três break points. O espanhol terminou a partida com 31 erros não forçados, contra 22 do australiano. E disparou 22 bolas vencedoras, diante de 17 do adversário.

Na segunda rodada, Nadal enfrentará outro tenista da Austrália. Thanasi Kokkinakis, atual 203º do mundo, também avançou nesta terça ao superar o bielo-russo Ilya Ivashka por 6/3, 7/6 (10/8), 6/7 (4/7) e 6/2.

No US Open, Nadal tenta defender ao menos a semifinal obtida no ano passado, quando precisou abandonar a competição por questões físicas. Se não repetir a campanha e Federer ir longe na competição, o suíço poderá desbancar o rival da segunda posição do ranking da ATP.

Entre os demais cabeças de chave que entraram em quadra, avançaram o alemão Alexander Zverev (6º), o argentino Diego Schwartzman (20º), o italiano Matteo Berrettini (24º), os franceses Gael Monfils (13º) e Benoit Paire (29º) e o espanhol Fernando Verdasco (32º).

Por outro lado, o austríaco Dominic Thiem (4º), o russo Karen Khachanov (9º), espanhol Roberto Bautista-Agut (10º), o britânico Kyle Edmund (30º) e o canadense Felix Auger-Aliassime (18º) se despediram. O mesmo aconteceu com os experientes Jo-Wilfried Tsonga e Ivo Karlovic.

FEMININO - Na outra chave de simples da competição, a romena Simona Halep e a dinamarquesa Caroline Wozniacki estrearam com vitória. Quarta cabeça de chave, a campeã de Wimbledon superou a local Nicole Gibbs por 6/3, 3/6 e 6/2. Sua próxima adversária será a também local Taylor Townsend, algoz da ucraniana Kateryna Kozlova por 3/6, 6/3 e 6/2.

Já Wozniacki, irregular ao longo da temporada 2019, derrotou a chinesa Wang Yafan por 1/6, 7/5 e 6/3. A ex-número 1 do mundo terá pela frente a local Danielle Collins, que avançou ao bater a eslovena Polona Hercog por 6/3, 4/6 e 6/4.

Outras cabeças de chave a vencer nesta terça foram a estoniana Anett Kontaveit (21ª), a croata Donna Vekic (23º) e a belga Elise Mertens (25º). Já a espanhola Carla Suárez Navarro (28ª) e a checa Barbora Strycova (31ª) se despediram de forma precoce em Nova York.

Sensação de Wimbledon, a jovem local Cori Gauff voltou a fazer bonito em um Grand Slam. A tenista de apenas 15 anos venceu de virada a também jovem russa Anastasia Potapova, de 18 anos, por 3/6, 6/2 e 6/4. Na sequência, a tenista da casa vai enfrentar a húngara Timea Babos.

Também venceram nesta terça a francesa Alize Cornet, a letã Jelena Ostapenko, a alemã Andrea Petkovic, a belga Kirsten Flipkens, a russa Anastasia Pavlyuchenkova, a estoniana Kaia Kanepi e a australiana Ajla Tomljanovic.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Nadal arrasa australiano que foi algoz de Federer no US Open de 2018

Publicidade

Quarta, 28/8/2019 7:01.

Rafael Nadal venceu com tranquilidade em sua estreia no US Open, na noite desta terça-feira. O dono de três títulos em Nova York arrasou o australiano John Millman, algoz de Roger Federer nas oitavas de final do US Open do ano passado, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2, em 2h08min de confronto.

Atual número dois do mundo, Nadal é um dos fortes candidatos ao título no último Grand Slam da temporada, vindo direto do título do Masters 1000 de Montreal, conquistado há 16 dias. Diante do 60º do ranking, o espanhol dominou com facilidade a partir do fundo de quadra e demonstrou força nas devoluções, anulando uma das principais forças do rival, o potente saque.

Nadal obteve cinco quebras de saque na partida, sendo duas em cada um dos últimos dois sets. E não perdeu o serviço em nenhum momento do duelo. Milmann não aproveitou três break points. O espanhol terminou a partida com 31 erros não forçados, contra 22 do australiano. E disparou 22 bolas vencedoras, diante de 17 do adversário.

Na segunda rodada, Nadal enfrentará outro tenista da Austrália. Thanasi Kokkinakis, atual 203º do mundo, também avançou nesta terça ao superar o bielo-russo Ilya Ivashka por 6/3, 7/6 (10/8), 6/7 (4/7) e 6/2.

No US Open, Nadal tenta defender ao menos a semifinal obtida no ano passado, quando precisou abandonar a competição por questões físicas. Se não repetir a campanha e Federer ir longe na competição, o suíço poderá desbancar o rival da segunda posição do ranking da ATP.

Entre os demais cabeças de chave que entraram em quadra, avançaram o alemão Alexander Zverev (6º), o argentino Diego Schwartzman (20º), o italiano Matteo Berrettini (24º), os franceses Gael Monfils (13º) e Benoit Paire (29º) e o espanhol Fernando Verdasco (32º).

Por outro lado, o austríaco Dominic Thiem (4º), o russo Karen Khachanov (9º), espanhol Roberto Bautista-Agut (10º), o britânico Kyle Edmund (30º) e o canadense Felix Auger-Aliassime (18º) se despediram. O mesmo aconteceu com os experientes Jo-Wilfried Tsonga e Ivo Karlovic.

FEMININO - Na outra chave de simples da competição, a romena Simona Halep e a dinamarquesa Caroline Wozniacki estrearam com vitória. Quarta cabeça de chave, a campeã de Wimbledon superou a local Nicole Gibbs por 6/3, 3/6 e 6/2. Sua próxima adversária será a também local Taylor Townsend, algoz da ucraniana Kateryna Kozlova por 3/6, 6/3 e 6/2.

Já Wozniacki, irregular ao longo da temporada 2019, derrotou a chinesa Wang Yafan por 1/6, 7/5 e 6/3. A ex-número 1 do mundo terá pela frente a local Danielle Collins, que avançou ao bater a eslovena Polona Hercog por 6/3, 4/6 e 6/4.

Outras cabeças de chave a vencer nesta terça foram a estoniana Anett Kontaveit (21ª), a croata Donna Vekic (23º) e a belga Elise Mertens (25º). Já a espanhola Carla Suárez Navarro (28ª) e a checa Barbora Strycova (31ª) se despediram de forma precoce em Nova York.

Sensação de Wimbledon, a jovem local Cori Gauff voltou a fazer bonito em um Grand Slam. A tenista de apenas 15 anos venceu de virada a também jovem russa Anastasia Potapova, de 18 anos, por 3/6, 6/2 e 6/4. Na sequência, a tenista da casa vai enfrentar a húngara Timea Babos.

Também venceram nesta terça a francesa Alize Cornet, a letã Jelena Ostapenko, a alemã Andrea Petkovic, a belga Kirsten Flipkens, a russa Anastasia Pavlyuchenkova, a estoniana Kaia Kanepi e a australiana Ajla Tomljanovic.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade