Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Univali ganha estudante ilustre, o campeão olímpico Cesar Cielo
Divulgação

Sexta, 23/8/2019 18:52.

O nadador Cesar Cielo ingressou neste semestre no curso de Educação Física (semipresencial) da Univali, no Campus Itajaí. O atleta, que é padrinho do Projeto Nadar, revela que, aos 32 anos, depois de ter estudado no exterior na área de negócios, competir e sagrar-se como uma das mais renomadas personalidades do esporte no Brasil, agora decidiu dedicar-se à graduação em Educação Física.

Cielo é o único campeão olímpico da natação brasileira.

Além de três medalhas olímpicas (Pequim/2008 e Londres/2012), conquistou 16 medalhas em Mundiais (Indianápolis/2004, Roma/2009, Dubai/2010, Xangai/2011, Barcelona/2013 e Doha/2014), 11 delas de ouro. É tricampeão mundial dos 50m livre e bicampeão mundial dos 50m borboleta e é também o recordista mundial dos 50m (20s91) e dos 100m (46s91), no estilo livre. É o mais rápido do mundo também na era pós-trajes (21s32). Soma, ainda, oito medalhas ganhas em Pan-Americanos (Rio/2007 e Guadalajara/2011), sete delas de ouro. Para contribuir com esporte fora das competições, ele criou o Instituto Cesar Cielo, em 2010, que incentiva e promove a prática e o desenvolvimento da natação brasileira.

“Antes eu não me imaginava fazendo o curso de Educação Física, mas hoje está tudo muito interligado. Tenho as clínicas e o Instituto Cesar Cielo, o Nadar está neste braço social do meu trabalho e a Univali é apoiadora do projeto. Não pretendo mais sair deste segmento, continuar e me preparar para seguir no esporte é uma forma de retribuir tudo o que recebi até agora. Diante de tudo isso, estudar na Univali é um casamento praticamente orgânico e perfeito", afirma o nadador.

O reitor, professor Valdir Cechinel Filho, destaca a importância das medidas adotadas pela Univali para a flexibilização curricular prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e a própria resolução específica da Instituição que valida os extraordinários estudos.

Essa flexibilização, segundo ele, permite que o aluno trace os seus próprios percursos formativos a partir de afinidades e áreas de interesse, o que possibilita a Cielo conciliar a sua carreira já consolidada com o ingresso no ensino superior. “Ele é um atleta de alta performance, com histórico curricular de graduação já iniciado no exterior. Certamente, Cielo tem notórios saberes que, mediante avaliação, serão comprovados. Em paralelo, ele participará de atividades na nossa Instituição e agregará conhecimento a sua atuação", ressalta Cechinel. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Univali ganha estudante ilustre, o campeão olímpico Cesar Cielo

Divulgação

Publicidade

Sexta, 23/8/2019 18:52.

O nadador Cesar Cielo ingressou neste semestre no curso de Educação Física (semipresencial) da Univali, no Campus Itajaí. O atleta, que é padrinho do Projeto Nadar, revela que, aos 32 anos, depois de ter estudado no exterior na área de negócios, competir e sagrar-se como uma das mais renomadas personalidades do esporte no Brasil, agora decidiu dedicar-se à graduação em Educação Física.

Cielo é o único campeão olímpico da natação brasileira.

Além de três medalhas olímpicas (Pequim/2008 e Londres/2012), conquistou 16 medalhas em Mundiais (Indianápolis/2004, Roma/2009, Dubai/2010, Xangai/2011, Barcelona/2013 e Doha/2014), 11 delas de ouro. É tricampeão mundial dos 50m livre e bicampeão mundial dos 50m borboleta e é também o recordista mundial dos 50m (20s91) e dos 100m (46s91), no estilo livre. É o mais rápido do mundo também na era pós-trajes (21s32). Soma, ainda, oito medalhas ganhas em Pan-Americanos (Rio/2007 e Guadalajara/2011), sete delas de ouro. Para contribuir com esporte fora das competições, ele criou o Instituto Cesar Cielo, em 2010, que incentiva e promove a prática e o desenvolvimento da natação brasileira.

“Antes eu não me imaginava fazendo o curso de Educação Física, mas hoje está tudo muito interligado. Tenho as clínicas e o Instituto Cesar Cielo, o Nadar está neste braço social do meu trabalho e a Univali é apoiadora do projeto. Não pretendo mais sair deste segmento, continuar e me preparar para seguir no esporte é uma forma de retribuir tudo o que recebi até agora. Diante de tudo isso, estudar na Univali é um casamento praticamente orgânico e perfeito", afirma o nadador.

O reitor, professor Valdir Cechinel Filho, destaca a importância das medidas adotadas pela Univali para a flexibilização curricular prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e a própria resolução específica da Instituição que valida os extraordinários estudos.

Essa flexibilização, segundo ele, permite que o aluno trace os seus próprios percursos formativos a partir de afinidades e áreas de interesse, o que possibilita a Cielo conciliar a sua carreira já consolidada com o ingresso no ensino superior. “Ele é um atleta de alta performance, com histórico curricular de graduação já iniciado no exterior. Certamente, Cielo tem notórios saberes que, mediante avaliação, serão comprovados. Em paralelo, ele participará de atividades na nossa Instituição e agregará conhecimento a sua atuação", ressalta Cechinel. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade