Jornal Página 3
Esportes
Pelé sente febre e é levado a hospital após encontro com Mbappé em Paris
Quarta, 3/4/2019 12:18.

EBC.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - O ex-jogador Pelé foi levado a um hospital em Paris nesta quarta-feira (3) após sentir febre. O caso aconteceu depois do encontro entre o ídolo do futebol mundial com Kylian Mbappé, jovem atacante francês. Em um primeiro momento, a rádio "RMC Sports" disse que o "Rei do futebol" havia sido internado, mas, de acordo com a assessoria de imprensa de Pelé, o ex-camisa 10 da seleção brasileira apenas realizou exames de sangue, foi medicado e deve viajar ainda hoje para os Estados Unidos.

Pelé teria sentido febre durante a noite de ontem, mas só hoje foi transportado a um hospital na capital francesa, onde recebeu medicação. O ex-jogador, que atualmente está com 78 anos de idade, foi a Paris para um encontro com Mbappé, jovem estrela da seleção da França, promovido por um patrocinador em comum. A reunião foi originalmente marcada para 2018, mas foi adiada por conta das condições de saúde de Pelé.

O ex-camisa 10 da seleção brasileira demonstrou ser fã da revelação francesa durante a conversa. Pelé, inclusive, acredita que Mbappé pode alcançar a dificílima marca dos mil gols na carreira.

"É possível que ele chegue aos 1.000 gols. Para mim foi possível. Então, acho que 1.000 gols é uma marca possível para ele", afirmou o Rei do Futebol à AFP. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Cidade

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Economia

Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


Variedades

 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município


Variedades


Policia

 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


Política

 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Pelé sente febre e é levado a hospital após encontro com Mbappé em Paris

EBC.

Publicidade

Quarta, 3/4/2019 12:18.

(UOL/FOLHAPRESS) - O ex-jogador Pelé foi levado a um hospital em Paris nesta quarta-feira (3) após sentir febre. O caso aconteceu depois do encontro entre o ídolo do futebol mundial com Kylian Mbappé, jovem atacante francês. Em um primeiro momento, a rádio "RMC Sports" disse que o "Rei do futebol" havia sido internado, mas, de acordo com a assessoria de imprensa de Pelé, o ex-camisa 10 da seleção brasileira apenas realizou exames de sangue, foi medicado e deve viajar ainda hoje para os Estados Unidos.

Pelé teria sentido febre durante a noite de ontem, mas só hoje foi transportado a um hospital na capital francesa, onde recebeu medicação. O ex-jogador, que atualmente está com 78 anos de idade, foi a Paris para um encontro com Mbappé, jovem estrela da seleção da França, promovido por um patrocinador em comum. A reunião foi originalmente marcada para 2018, mas foi adiada por conta das condições de saúde de Pelé.

O ex-camisa 10 da seleção brasileira demonstrou ser fã da revelação francesa durante a conversa. Pelé, inclusive, acredita que Mbappé pode alcançar a dificílima marca dos mil gols na carreira.

"É possível que ele chegue aos 1.000 gols. Para mim foi possível. Então, acho que 1.000 gols é uma marca possível para ele", afirmou o Rei do Futebol à AFP. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques

O Tonino Lamborghini Residences Balneário Camboriú será desenvolvido pela Embraed Empreendimentos  


Sexto lugar no ranking das 50 cidades catarinenses que mais abriram empresas em 2019


 Uma restauração histórica de fotos aéreas para o primeiro plano diretor do município



 Em 12 meses foram registradas 2,4 infrações desse tipo por hora


 “Afastar a corrupção é o dever de todos”, disse o prefeito