Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Bicampeã em Florianópolis, Pâmella Oliveira prepara-se para o Iron Brasil
Divulgação

Segunda, 29/4/2019 8:42.

Após a conquista do bicampeonato do Ironman 70.3 Florianópolis, com direito a quebra de recorde, neste domingo, os triatletas da CPH Brasil, de Balneário Camboriú, Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira retomam os treinamentos para o Ironman Brasil, que será realizado no próximo dia 26, em Jurerê Internacional.

Além do bicampeonato, da quebra de recorde, Ígor e Pâmella garantiram vaga no Ironman 70.3 World Championship 2019, em Nice (França), ao lado de 40 atletas da Faixa Etária. Ambos dividiram a premiação total de 15 mil dólares (divididos entre os cinco primeiros).

Enquanto Ígor baixou seu tempo 15 segundos para estabelecer nova marca, Pâmella baixou 4min29s sua marca anterior, além de liderar a prova do começo ao fim. No final da prova, a triatleta de 31 anos, capixaba que mora em Balneário Camboriú para treinar na CPH Brasil, comentou que nem estava tão ligada em bater novo recorde, mas quando ouviu a gritaria da torcida, decidiu acelerar um pouco mais e garantir esta nova marca. Agora a bicampeã vai focar seu treinamento para o Ironman Brasil (com distância full – 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida), dia 26 de maio, em Jurerê Internacional.

Resultado das três primeiras colocadas:

1) Pâmella Oliveira (BRA), 4h18min34seg

2) Luiza Cravo (BRA), 4h21min06seg

3) Gisele Bertucci (BRA), 4h37min58seg. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Bicampeã em Florianópolis, Pâmella Oliveira prepara-se para o Iron Brasil

Divulgação

Publicidade

Segunda, 29/4/2019 8:42.

Após a conquista do bicampeonato do Ironman 70.3 Florianópolis, com direito a quebra de recorde, neste domingo, os triatletas da CPH Brasil, de Balneário Camboriú, Ígor Amorelli e Pâmella Oliveira retomam os treinamentos para o Ironman Brasil, que será realizado no próximo dia 26, em Jurerê Internacional.

Além do bicampeonato, da quebra de recorde, Ígor e Pâmella garantiram vaga no Ironman 70.3 World Championship 2019, em Nice (França), ao lado de 40 atletas da Faixa Etária. Ambos dividiram a premiação total de 15 mil dólares (divididos entre os cinco primeiros).

Enquanto Ígor baixou seu tempo 15 segundos para estabelecer nova marca, Pâmella baixou 4min29s sua marca anterior, além de liderar a prova do começo ao fim. No final da prova, a triatleta de 31 anos, capixaba que mora em Balneário Camboriú para treinar na CPH Brasil, comentou que nem estava tão ligada em bater novo recorde, mas quando ouviu a gritaria da torcida, decidiu acelerar um pouco mais e garantir esta nova marca. Agora a bicampeã vai focar seu treinamento para o Ironman Brasil (com distância full – 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km de corrida), dia 26 de maio, em Jurerê Internacional.

Resultado das três primeiras colocadas:

1) Pâmella Oliveira (BRA), 4h18min34seg

2) Luiza Cravo (BRA), 4h21min06seg

3) Gisele Bertucci (BRA), 4h37min58seg. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade