Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Festival da Associação de Surfe de Balneário Camboriú teve novidades e despedidas
Divulgação.
Antonio Vitorino, campeão sub 16.

Terça, 2/4/2019 14:34.

O Festival ASBC de Surfe que movimentou a praia central no final de semana trouxe novidades, com a realização de duas categorias novas, onde foram utilizadas as pranchas monoquilha e biquilha dos anos 60/70, oferecendo um cenário ‘retrô’ para a competição. Além disso, o festival também marcou a despedida da atual diretoria da ASBC, que está no comando há quatro anos.

O presidente da ASBC, Thiago Velasques disse que o festival foi um evento diferente.

“Colocamos duas categorias que nunca foram disputadas, os atletas colocaram na água pranchas com formatos antigos. Aliás, estas categorias trouxeram de volta atletas que não competiam mais. Então são categorias que podem estar no circuito sempre e que ainda acabam estimulando as fábricas de pranchas a fabricar essas antigas que estão voltando à tona”, comentou Velasques.

Fim de um ciclo

Foi assim que Velasques definiu a sua despedida (e de toda diretoria) do comando da ASBC.

“Estou na associação há 17 anos e nos últimos 4 como presidente. Vamos convocar eleições e não farei mais parte, por isso eu quis mesmo fazer esse festival, para marcar a despedida de um ciclo importante no nosso surfe”, disse.

Ele citou várias conquistas no período.

“É a primeira associação a realizar um circuito profissional com premiação em dinheiro. Colocamos o surfe na escola. Realizamos mais de 100 eventos. A ASBC foi seis vezes campeã dos 12 títulos disputados etc. Me orgulho muito de fazer parte desse ciclo”, afirmou.

Velasques disse que não é um trabalho fácil, é preciso ter muita dedicação, mas que está na hora de renovar, abrir espaço para outras pessoas assumir.

“Estou deixando a casa em dia, estou deixando agendadas uma etapa do Surfe Futuro, uma do Master, uma do Surfe Talentos, os JEBC, etapa de escolinhas de surfe, estou deixando o terreno preparado, tem patrocinador, basicamente para quem entrar, não começar do zero”, afirmou.

Resultados do Festival

Open

1-Yago Ramos (foto)
2-Dickson Queiroz
3- Guilherme Marques

Master (maiores de 35 anos)

1-Dickson Queiroz (foto)
2- Marcio Leal
3-Rodrigo Waslavick

Kahuna (maiores de 45 anos)
1- Evandro Santana
2- Saulo Lyra
3- Sandro Rohden

Biquilha

1- Thiago Bruno (foto)
2-Yago Ramos
3- Rodrigo Waslavick

Monoquilha
1- Marcio Leal
2- Saulo Lyra
3- Guilherme Marques 

Sub 16
1- Antonio Vitorino
2-Arthur Zanella
3- Gabriel Pires

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Festival da Associação de Surfe de Balneário Camboriú teve novidades e despedidas

Divulgação.
Antonio Vitorino, campeão sub 16.
Antonio Vitorino, campeão sub 16.

Publicidade

Terça, 2/4/2019 14:34.

O Festival ASBC de Surfe que movimentou a praia central no final de semana trouxe novidades, com a realização de duas categorias novas, onde foram utilizadas as pranchas monoquilha e biquilha dos anos 60/70, oferecendo um cenário ‘retrô’ para a competição. Além disso, o festival também marcou a despedida da atual diretoria da ASBC, que está no comando há quatro anos.

O presidente da ASBC, Thiago Velasques disse que o festival foi um evento diferente.

“Colocamos duas categorias que nunca foram disputadas, os atletas colocaram na água pranchas com formatos antigos. Aliás, estas categorias trouxeram de volta atletas que não competiam mais. Então são categorias que podem estar no circuito sempre e que ainda acabam estimulando as fábricas de pranchas a fabricar essas antigas que estão voltando à tona”, comentou Velasques.

Fim de um ciclo

Foi assim que Velasques definiu a sua despedida (e de toda diretoria) do comando da ASBC.

“Estou na associação há 17 anos e nos últimos 4 como presidente. Vamos convocar eleições e não farei mais parte, por isso eu quis mesmo fazer esse festival, para marcar a despedida de um ciclo importante no nosso surfe”, disse.

Ele citou várias conquistas no período.

“É a primeira associação a realizar um circuito profissional com premiação em dinheiro. Colocamos o surfe na escola. Realizamos mais de 100 eventos. A ASBC foi seis vezes campeã dos 12 títulos disputados etc. Me orgulho muito de fazer parte desse ciclo”, afirmou.

Velasques disse que não é um trabalho fácil, é preciso ter muita dedicação, mas que está na hora de renovar, abrir espaço para outras pessoas assumir.

“Estou deixando a casa em dia, estou deixando agendadas uma etapa do Surfe Futuro, uma do Master, uma do Surfe Talentos, os JEBC, etapa de escolinhas de surfe, estou deixando o terreno preparado, tem patrocinador, basicamente para quem entrar, não começar do zero”, afirmou.

Resultados do Festival

Open

1-Yago Ramos (foto)
2-Dickson Queiroz
3- Guilherme Marques

Master (maiores de 35 anos)

1-Dickson Queiroz (foto)
2- Marcio Leal
3-Rodrigo Waslavick

Kahuna (maiores de 45 anos)
1- Evandro Santana
2- Saulo Lyra
3- Sandro Rohden

Biquilha

1- Thiago Bruno (foto)
2-Yago Ramos
3- Rodrigo Waslavick

Monoquilha
1- Marcio Leal
2- Saulo Lyra
3- Guilherme Marques 

Sub 16
1- Antonio Vitorino
2-Arthur Zanella
3- Gabriel Pires

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade