Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esportes
Chapecoense bate Corinthians na disputa por vaga nas semi da Copa do Brasil

Time paulista precisará vencer por dois gols de diferença em Itaquera para ficar com a vaga

Quinta, 18/4/2019 5:32.

Publicidade

O Corinthians saiu atrás na disputa com a Chapecoense por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, nesta quarta-feira (17), em Chapecó, os donos da casa venceram por 1 a 0.

Com este resultado, o time de Fábio Carille precisará vencer por dois gols de diferença em Itaquera para não dar adeus ao mata-mata. Em caso de vitória corintiana pela diferença mínima, a decisão será nos pênaltis. A Chapecoense jogará pelo empate.

Às vésperas do segundo jogo contra o São Paulo, neste domingo (20), pela final do Campeonato Paulista, Carille decidiu escalar um time misto em Chapecó.

Sofrendo com a falta de entrosamento, os corintianos foram dominados pela Chapecoense no primeiro tempo. Enquanto o time paulista não criou nenhuma chance clara, o rival teve três ótimas oportunidades, que só não entraram por causa de Walter, que substituiu Cássio, suspenso.

Aos 33min, porém, o goleiro corintiano nada pôde fazer quando Aylon apareceu sozinho, na entrada da pequena área, para aproveitar um rebote de escanteio e abrir o placar.

Depois do intervalo, Carille fez algumas mudanças no Corinthians e o time passou a ficar mais tempo no ataque, sobretudo com a entrada de Clayson.

A posse de bola, no entanto, não foi convertida em chances de gol. Enquanto isso, a Chapecoense se fechava bem e ganhava tempo sempre que podia.

Serão cinco os times sobreviventes da quarta fase da Copa do Brasil. Na próxima fase (oitavas de final), eles se juntarão aos oito brasileiros com participação na Libertadores (Athletico-PR, Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e São Paulo), e aos campeões de 2018 da Copa Verde (Paysandu), a da Copa do Nordeste (Sampaio Corrêa) e da Série B do Brasileiro (Fortaleza).

Outro paulista que esteve em ação nesta quarta-feira foi o Santos, que venceu o Vasco por 2 a 0, na Vila Belmiro.

CHAPECOENSE
Vagner (Tiepo); Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos (Amaral), Márcio Araújo e Campanharo e Régis (Augusto); Aylon e Everaldo. T.: Ney Franco

CORINTHIANS
Walter; Michel, Marllon, Henrique e Carlos Augusto; Richard, Ramiro (Ralf) e Sornoza; Jadson (Clayson), Vagner Love e Boselli. T.: Fábio Carille

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Juiz: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Gol: Aylon, aos 33min do 1º tempo
Público/renda: 7.758 pagantes / R$ 245.810,00
Cartões amarelos: Eduardo (CHA) e Everaldo; Ramiro e Michel (COR). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Chapecoense bate Corinthians na disputa por vaga nas semi da Copa do Brasil

Publicidade

Quinta, 18/4/2019 5:32.

O Corinthians saiu atrás na disputa com a Chapecoense por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, nesta quarta-feira (17), em Chapecó, os donos da casa venceram por 1 a 0.

Com este resultado, o time de Fábio Carille precisará vencer por dois gols de diferença em Itaquera para não dar adeus ao mata-mata. Em caso de vitória corintiana pela diferença mínima, a decisão será nos pênaltis. A Chapecoense jogará pelo empate.

Às vésperas do segundo jogo contra o São Paulo, neste domingo (20), pela final do Campeonato Paulista, Carille decidiu escalar um time misto em Chapecó.

Sofrendo com a falta de entrosamento, os corintianos foram dominados pela Chapecoense no primeiro tempo. Enquanto o time paulista não criou nenhuma chance clara, o rival teve três ótimas oportunidades, que só não entraram por causa de Walter, que substituiu Cássio, suspenso.

Aos 33min, porém, o goleiro corintiano nada pôde fazer quando Aylon apareceu sozinho, na entrada da pequena área, para aproveitar um rebote de escanteio e abrir o placar.

Depois do intervalo, Carille fez algumas mudanças no Corinthians e o time passou a ficar mais tempo no ataque, sobretudo com a entrada de Clayson.

A posse de bola, no entanto, não foi convertida em chances de gol. Enquanto isso, a Chapecoense se fechava bem e ganhava tempo sempre que podia.

Serão cinco os times sobreviventes da quarta fase da Copa do Brasil. Na próxima fase (oitavas de final), eles se juntarão aos oito brasileiros com participação na Libertadores (Athletico-PR, Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e São Paulo), e aos campeões de 2018 da Copa Verde (Paysandu), a da Copa do Nordeste (Sampaio Corrêa) e da Série B do Brasileiro (Fortaleza).

Outro paulista que esteve em ação nesta quarta-feira foi o Santos, que venceu o Vasco por 2 a 0, na Vila Belmiro.

CHAPECOENSE
Vagner (Tiepo); Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Elicarlos (Amaral), Márcio Araújo e Campanharo e Régis (Augusto); Aylon e Everaldo. T.: Ney Franco

CORINTHIANS
Walter; Michel, Marllon, Henrique e Carlos Augusto; Richard, Ramiro (Ralf) e Sornoza; Jadson (Clayson), Vagner Love e Boselli. T.: Fábio Carille

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Juiz: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Gol: Aylon, aos 33min do 1º tempo
Público/renda: 7.758 pagantes / R$ 245.810,00
Cartões amarelos: Eduardo (CHA) e Everaldo; Ramiro e Michel (COR). 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade