Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Pela sexta vez, Marta é eleita a melhor jogadora de futebol do mundo

Segunda, 24/9/2018 17:13.
Divulgação/FIFA
Marta, a brasileira é a melhor do mundo

Publicidade

(FOLHAPRESS) A brasileira Marta, 32, conquistou nesta segunda-feira (24) o prêmio de melhor jogadora de futebol do mundo pela Fifa.

Este é o sexto prêmio da atleta, que havia faturado a condecoração de forma consecutiva de 2006 a 2010.

Marta é também a primeira estrela do futebol mundial a conquistar seis vezes o prêmio. Entre os homens, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo estão empatados com cinco troféus cada um.

Marta superou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Marozsan. Ambas foram campeãs da liga francesa e da Champions League feminina com o Lyon (FRA). Hegerberg, inclusive, foi a artilheira do torneio continental.

A temporada que levou a brasileira à condição de melhor atleta do mundo novamente teve ela como capitã e protagonista do título da seleção brasileira na Copa América.

Além disso, Marta foi importante na campanha do Orlando Pride (EUA) aos playoffs em 2017. Em sua temporada de estreia na liga norte-americana, marcou 13 gols e deu seis assistências.

Contando com a temporada 2018 pelo clube, a meia-atacante já tem 17 gols e 11 assistências com a camisa do Orlando.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/FIFA
Marta, a brasileira é a melhor do mundo
Marta, a brasileira é a melhor do mundo

Pela sexta vez, Marta é eleita a melhor jogadora de futebol do mundo

Publicidade

Segunda, 24/9/2018 17:13.

(FOLHAPRESS) A brasileira Marta, 32, conquistou nesta segunda-feira (24) o prêmio de melhor jogadora de futebol do mundo pela Fifa.

Este é o sexto prêmio da atleta, que havia faturado a condecoração de forma consecutiva de 2006 a 2010.

Marta é também a primeira estrela do futebol mundial a conquistar seis vezes o prêmio. Entre os homens, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo estão empatados com cinco troféus cada um.

Marta superou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Marozsan. Ambas foram campeãs da liga francesa e da Champions League feminina com o Lyon (FRA). Hegerberg, inclusive, foi a artilheira do torneio continental.

A temporada que levou a brasileira à condição de melhor atleta do mundo novamente teve ela como capitã e protagonista do título da seleção brasileira na Copa América.

Além disso, Marta foi importante na campanha do Orlando Pride (EUA) aos playoffs em 2017. Em sua temporada de estreia na liga norte-americana, marcou 13 gols e deu seis assistências.

Contando com a temporada 2018 pelo clube, a meia-atacante já tem 17 gols e 11 assistências com a camisa do Orlando.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade