Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Atlético-PR vence na Venezuela e encaminha classificação na Sul-Americana

Quinta, 20/9/2018 6:58.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - O Atlético-PR saiu na frente na disputa por vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (19), o time rubro-negro derrotou o Caracas, na Venezuela, por 2 a 0 e encaminhou sua classificação.

Com o resultado, o Atlético-PR pode até perder por um gol de diferença na partida de volta, que acontece no dia 3 de outubro, na Arena da Baixada. O vencedor do confronto encara Bahia ou Botafogo nas quartas.

O Atlético-PR abriu o placar aos 42min do primeiro tempo. Em jogada de Jonathan pela direita, a bola chegou até Marcinho, que foi travado no chute. Na sequência do lance, Raphael Veiga completou para as redes.

O mesmo Raphael Veiga decretou o triunfo paranaense. Aos 27min do segundo tempo, Marcelo Cirino arrancou e cruzou para Pablo, que chutou para boa defesa de Herrera. No rebote, o meio-campista mandou para o gol.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Atlético-PR vence na Venezuela e encaminha classificação na Sul-Americana

Publicidade

Quinta, 20/9/2018 6:58.

(FOLHAPRESS) - O Atlético-PR saiu na frente na disputa por vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira (19), o time rubro-negro derrotou o Caracas, na Venezuela, por 2 a 0 e encaminhou sua classificação.

Com o resultado, o Atlético-PR pode até perder por um gol de diferença na partida de volta, que acontece no dia 3 de outubro, na Arena da Baixada. O vencedor do confronto encara Bahia ou Botafogo nas quartas.

O Atlético-PR abriu o placar aos 42min do primeiro tempo. Em jogada de Jonathan pela direita, a bola chegou até Marcinho, que foi travado no chute. Na sequência do lance, Raphael Veiga completou para as redes.

O mesmo Raphael Veiga decretou o triunfo paranaense. Aos 27min do segundo tempo, Marcelo Cirino arrancou e cruzou para Pablo, que chutou para boa defesa de Herrera. No rebote, o meio-campista mandou para o gol.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade