Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Flamengo e Vasco empatam jogo com gol contra e ambulância empurrada por atletas

Domingo, 16/9/2018 8:10.

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Não tanto pelo futebol apresentado pelas equipes, mas o clássico da noite deste sábado (15), no Mané Garrincha, correspondeu às expectativas e contou com uma série de ingredientes que deram muita emoção ao confronto. Melhor no início, o Vasco saiu na frente com Andrés Rios, mas levou o empate por 1 a 1 após Luiz Gustavo marcar contra (de cabeça) minutos depois de o Flamengo ficar com um jogador a menos por conta da expulsão de Diego - por reclamação.

O duelo ficou marcado por um momento bastante preocupante no segundo tempo. Bruno Silva trombou feio com o companheiro Luiz Gustavo e ficou desacordado por alguns instantes. Ele precisou ser retirado de ambulância e deixou o campo sentindo muitas dores no pescoço, na cabeça e na perna - segundo informações do canal Premiere.

A igualdade, pelas pretensões da equipe e, principalmente, pelas fases que vivem, não agrada a ninguém. O Vasco vai a 25 pontos e continua na zona de rebaixamento (17º lugar), enquanto o Flamengo chega a 45 e perde a oportunidade de colar nos líderes (São Paulo e Internacional), que podem disparar ainda mais em caso de vitória na sequência da rodada.

Os times têm agora uma semana livre até o próximo confronto. O Flamengo entra em campo antes, no domingo (23), quando recebe o Atlético-MG no Maracanã. Já o Vasco faz o jogo da segunda-feira (24); recebe o Bahia em São Januário.

VASCO
Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Leandro Castán e Ramon; Bruno Silva, Raul (Andrey), Willian Maranhão e Fabrício (Giovanni Augusto); Maxi López e Andrés Rios (Marroni). T.: Alberto Valentim.

FLAMENGO
Diego Alves; Pará (Rodinei), Réver, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho (Berrío); Uribe (Arão). T.: Maurício Barbieri.

Estádio: Mané Garricha, em Brasília (DF)
Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Willian Maranhão, Fabrício e Maxi Lopez (VAS); Diego e Vitinho (FLA)
Cartão vermelho: Diego (FLA)
Gols: Andrés Rios, aos 27 min; e Luiz Gustavo, aos 16 min do segundo tempo, 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Flamengo e Vasco empatam jogo com gol contra e ambulância empurrada por atletas

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Não tanto pelo futebol apresentado pelas equipes, mas o clássico da noite deste sábado (15), no Mané Garrincha, correspondeu às expectativas e contou com uma série de ingredientes que deram muita emoção ao confronto. Melhor no início, o Vasco saiu na frente com Andrés Rios, mas levou o empate por 1 a 1 após Luiz Gustavo marcar contra (de cabeça) minutos depois de o Flamengo ficar com um jogador a menos por conta da expulsão de Diego - por reclamação.

O duelo ficou marcado por um momento bastante preocupante no segundo tempo. Bruno Silva trombou feio com o companheiro Luiz Gustavo e ficou desacordado por alguns instantes. Ele precisou ser retirado de ambulância e deixou o campo sentindo muitas dores no pescoço, na cabeça e na perna - segundo informações do canal Premiere.

A igualdade, pelas pretensões da equipe e, principalmente, pelas fases que vivem, não agrada a ninguém. O Vasco vai a 25 pontos e continua na zona de rebaixamento (17º lugar), enquanto o Flamengo chega a 45 e perde a oportunidade de colar nos líderes (São Paulo e Internacional), que podem disparar ainda mais em caso de vitória na sequência da rodada.

Os times têm agora uma semana livre até o próximo confronto. O Flamengo entra em campo antes, no domingo (23), quando recebe o Atlético-MG no Maracanã. Já o Vasco faz o jogo da segunda-feira (24); recebe o Bahia em São Januário.

VASCO
Martín Silva; Lenon, Luiz Gustavo, Leandro Castán e Ramon; Bruno Silva, Raul (Andrey), Willian Maranhão e Fabrício (Giovanni Augusto); Maxi López e Andrés Rios (Marroni). T.: Alberto Valentim.

FLAMENGO
Diego Alves; Pará (Rodinei), Réver, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho (Berrío); Uribe (Arão). T.: Maurício Barbieri.

Estádio: Mané Garricha, em Brasília (DF)
Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Cartões amarelos: Willian Maranhão, Fabrício e Maxi Lopez (VAS); Diego e Vitinho (FLA)
Cartão vermelho: Diego (FLA)
Gols: Andrés Rios, aos 27 min; e Luiz Gustavo, aos 16 min do segundo tempo, 

Publicidade

Publicidade