Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Ameaçada pelo rebaixamento, Chape anuncia a saída do técnico Guto Ferreira

Segunda, 15/10/2018 11:39.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS)

Guto Ferreira não resistiu à derrota para o Vitória, neste domingo (14), em plena Arena Condá, e perdeu o posto de comandante da Chapecoense. Na manhã desta segunda-feira (15), o clube catarinense anunciou, por intermédio de um comunicado oficial, a saída do treinador, restando apenas nove rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

"A Chapecoense agradece o treinador e sua comissão pelo trabalho íntegro, ético e por toda dedicação prestada em sua segunda passagem pelo Clube, desejando-o sucesso em seus futuros projetos. Em breve o clube se pronunciará a respeito do novo comandante técnico", divulgou a Chape.

O resultado negativo diante dos baianos no domingo deixou a Chapecoense em situação complicada no Brasileirão. A equipe acabou ultrapassada pelo próprio Vitória e caiu para a 17ª posição, primeira dentro da zona de rebaixamento, com apenas 31 pontos somados.

A queda de desempenho, no entanto, vem de algumas semanas. Nos últimos quatro compromissos pela Série A, o time até então comandado por Guto Ferreira perdeu três -dois deles para rivais diretos na briga contra o rebaixamento (Vitória e Ceará).

A Chapecoense vai ter uma semana 'cheia' para definir o novo treinador e buscar a reabilitação na competição. A equipe catarinense encara no próximo domingo (21), às 19h (de Brasília), no estádio Independência, o Cruzeiro, que decide a Copa do Brasil neste meio de semana e pode até poupar atletas para o jogo em Belo Horizonte.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Ameaçada pelo rebaixamento, Chape anuncia a saída do técnico Guto Ferreira

Publicidade

Segunda, 15/10/2018 11:39.

(UOL/FOLHAPRESS)

Guto Ferreira não resistiu à derrota para o Vitória, neste domingo (14), em plena Arena Condá, e perdeu o posto de comandante da Chapecoense. Na manhã desta segunda-feira (15), o clube catarinense anunciou, por intermédio de um comunicado oficial, a saída do treinador, restando apenas nove rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

"A Chapecoense agradece o treinador e sua comissão pelo trabalho íntegro, ético e por toda dedicação prestada em sua segunda passagem pelo Clube, desejando-o sucesso em seus futuros projetos. Em breve o clube se pronunciará a respeito do novo comandante técnico", divulgou a Chape.

O resultado negativo diante dos baianos no domingo deixou a Chapecoense em situação complicada no Brasileirão. A equipe acabou ultrapassada pelo próprio Vitória e caiu para a 17ª posição, primeira dentro da zona de rebaixamento, com apenas 31 pontos somados.

A queda de desempenho, no entanto, vem de algumas semanas. Nos últimos quatro compromissos pela Série A, o time até então comandado por Guto Ferreira perdeu três -dois deles para rivais diretos na briga contra o rebaixamento (Vitória e Ceará).

A Chapecoense vai ter uma semana 'cheia' para definir o novo treinador e buscar a reabilitação na competição. A equipe catarinense encara no próximo domingo (21), às 19h (de Brasília), no estádio Independência, o Cruzeiro, que decide a Copa do Brasil neste meio de semana e pode até poupar atletas para o jogo em Belo Horizonte.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade