Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Atlético-MG vence América-MG e fará final do Estadual com o Cruzeiro

Segunda, 26/3/2018 5:08.

Publicidade

VICTOR MARTINS
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A festa da torcida do Atlético-MG pelos 110 anos de fundação do clube começou na noite de sábado (24), com vigília na sede administrativa e contagem regressiva, e seguiu neste domingo (25), no Independência. Com gols de Fábio Santos e Elias, o time alvinegro venceu o América-MG por 2 a 0 e avançou à final do Campeonato Mineiro.

Com o placar agregado de 3 a 0 nas semifinais, o Atlético se garantiu na final do Estadual pela 12ª vez consecutiva e o adversário, mais uma vez, será o Cruzeiro.

A melhor campanha na primeira fase dá ao rival celeste algumas vantagens: segundo jogo como mandante, no Mineirão, e título com dois empates ou derrota e vitória pela mesma diferença de gols.

O Atlético dominou as ações durante a maior parte do primeiro tempo, mas não conseguiu criar oportunidades claras de gol. Os tentos só vieram na etapa final. Aos seis minutos, Zé Ricardo errou na saída de bola do América, e Fábio Santos aproveitou para abrir o placar.

O América, que precisava buscar o resultado, se expôs ainda mais aos contra-ataques e deu oportunidade para Elias, aos 32 minutos, selar a vitória atleticana.

Fato que chamou atenção para além do futebol foi um protesto do América contra a FMF (Federação Mineira de Futebol).

Irritados com as arbitragens nas duas partidas com o Atlético, pela primeira fase e semifinal do Mineiro, os jogadores entraram em campo vestindo camisas vermelhas. O trio de arbitragem desta vez foi de Santa Catarina, por pedido do clube alviverde.

AMÉRICA-MG
Jory, Norberto, Rafael Lima, Messias e Giovanni; Zé Ricardo, David (Marquinhos) e Serginho (Gerson Magrão); Luan, Aylon (Ruy) e Rafael Moura. T.: Enderson Moreira.

ATLÉTICO-MG
Victor, Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Otero (Tomás Andrade), Cazares e Luan (Gustavo Blanco); Ricardo Oliveira (Erik). T.: Thiago Larghi

Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Juiz: Bráulio da Silva Machado (SC)
Cartões amarelos: Luan e Gerson Magrão (AME); Victor (CAM)
Cartão vermelho: Luan (AME)
Gols: Fábio Santos (CAM), aos 6min, e Elias (CAM), aos 32min do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Atlético-MG vence América-MG e fará final do Estadual com o Cruzeiro

Publicidade

Segunda, 26/3/2018 5:08.

VICTOR MARTINS
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A festa da torcida do Atlético-MG pelos 110 anos de fundação do clube começou na noite de sábado (24), com vigília na sede administrativa e contagem regressiva, e seguiu neste domingo (25), no Independência. Com gols de Fábio Santos e Elias, o time alvinegro venceu o América-MG por 2 a 0 e avançou à final do Campeonato Mineiro.

Com o placar agregado de 3 a 0 nas semifinais, o Atlético se garantiu na final do Estadual pela 12ª vez consecutiva e o adversário, mais uma vez, será o Cruzeiro.

A melhor campanha na primeira fase dá ao rival celeste algumas vantagens: segundo jogo como mandante, no Mineirão, e título com dois empates ou derrota e vitória pela mesma diferença de gols.

O Atlético dominou as ações durante a maior parte do primeiro tempo, mas não conseguiu criar oportunidades claras de gol. Os tentos só vieram na etapa final. Aos seis minutos, Zé Ricardo errou na saída de bola do América, e Fábio Santos aproveitou para abrir o placar.

O América, que precisava buscar o resultado, se expôs ainda mais aos contra-ataques e deu oportunidade para Elias, aos 32 minutos, selar a vitória atleticana.

Fato que chamou atenção para além do futebol foi um protesto do América contra a FMF (Federação Mineira de Futebol).

Irritados com as arbitragens nas duas partidas com o Atlético, pela primeira fase e semifinal do Mineiro, os jogadores entraram em campo vestindo camisas vermelhas. O trio de arbitragem desta vez foi de Santa Catarina, por pedido do clube alviverde.

AMÉRICA-MG
Jory, Norberto, Rafael Lima, Messias e Giovanni; Zé Ricardo, David (Marquinhos) e Serginho (Gerson Magrão); Luan, Aylon (Ruy) e Rafael Moura. T.: Enderson Moreira.

ATLÉTICO-MG
Victor, Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Otero (Tomás Andrade), Cazares e Luan (Gustavo Blanco); Ricardo Oliveira (Erik). T.: Thiago Larghi

Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Juiz: Bráulio da Silva Machado (SC)
Cartões amarelos: Luan e Gerson Magrão (AME); Victor (CAM)
Cartão vermelho: Luan (AME)
Gols: Fábio Santos (CAM), aos 6min, e Elias (CAM), aos 32min do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade