Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Escolinhas esportivas iniciam, mas ainda têm vagas

O programa começou atrasado por causa do impasse na contratação de professores

Quarta, 21/3/2018 11:03.
Divulgação PMBC

Publicidade

A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) iniciou esta semana o programa de atividades das escolinhas esportivas que atenderão 16 modalidades em 12 polos.

O programa está começando atrasado. Os professores não puderam ser contratados em fevereiro, porque a prefeitura extrapolou a Lei de Responsabilidade Fiscal e precisou encontrar outra solução. A explicação é que de 2010 até 2016 a folha de pagamento passou de 33,96% a 50,52% (só entre 2015 e 2016 foram chamados mais 914 servidores). Entre reuniões e idas ao Tribunal de Contas, o problema foi resolvido e a Fundação iniciou sua programação neste mês.

Qualquer idade

Apesar do nome, as escolinhas não atendem somente crianças como muitos pensam. Não há limite de idade e ainda tem vagas. O objetivo, segundo o superintendente da Fundação Alessandro Kuehne é beneficiar cerca de dois mil alunos.

Modalidades

A oferta este ano é nas modalidades de atletismo, basquete, boxe, bocha, bicicross, ciclismo, futsal, ginástica artística, handebol, karatê, taekwondo, triathlon, vôlei, vôlei de praia, futebol e tênis de mesa.

Inscrições

Enquanto houver vagas as inscrições serão feitas no local de funcionamento da escolinha. É preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

Informações:Fundação Municipal de Esportes (47) 3360-0144.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação PMBC

Escolinhas esportivas iniciam, mas ainda têm vagas

O programa começou atrasado por causa do impasse na contratação de professores

Publicidade

Quarta, 21/3/2018 11:03.

A Fundação Municipal de Esportes (FMEBC) iniciou esta semana o programa de atividades das escolinhas esportivas que atenderão 16 modalidades em 12 polos.

O programa está começando atrasado. Os professores não puderam ser contratados em fevereiro, porque a prefeitura extrapolou a Lei de Responsabilidade Fiscal e precisou encontrar outra solução. A explicação é que de 2010 até 2016 a folha de pagamento passou de 33,96% a 50,52% (só entre 2015 e 2016 foram chamados mais 914 servidores). Entre reuniões e idas ao Tribunal de Contas, o problema foi resolvido e a Fundação iniciou sua programação neste mês.

Qualquer idade

Apesar do nome, as escolinhas não atendem somente crianças como muitos pensam. Não há limite de idade e ainda tem vagas. O objetivo, segundo o superintendente da Fundação Alessandro Kuehne é beneficiar cerca de dois mil alunos.

Modalidades

A oferta este ano é nas modalidades de atletismo, basquete, boxe, bocha, bicicross, ciclismo, futsal, ginástica artística, handebol, karatê, taekwondo, triathlon, vôlei, vôlei de praia, futebol e tênis de mesa.

Inscrições

Enquanto houver vagas as inscrições serão feitas no local de funcionamento da escolinha. É preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência.

Informações:Fundação Municipal de Esportes (47) 3360-0144.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade