Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
STF decreta Sport campeão de 87, e Flamengo não pode mais recorrer

Domingo, 18/3/2018 9:44.

Publicidade

LÉO BURLÃ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Após anos de uma batalha jurídica envolvendo Flamengo e Sport, a novela envolvendo a Copa União de 1987, enfim, teve um desfecho formal.

Após a maioria dos ministros do Superior tribunal Federal (STF) darem ganho de causa aos pernambucanos, a matéria foi dada como esgotada e não cabe mais discussão quanto ao título brasileiro do Leão.

A decisão transitou em julgado na última sexta feira, o que significa que estouraram todos os prazos legais para que o Flamengo tentasse reverter a derrota. O processo já teve a sua baixa definitiva efetuada.

COPA UNIÃO DE 1987

Em 1987, o time de Recife foi o campeão do Módulo Amarelo e o Flamengo levou o Módulo Verde da Copa União (torneio organizado pelo Clube dos Treze).

No entanto, o clube carioca e o Internacional (segundo do Módulo Verde) se recusaram a jogar um quadrangular organizado proposto pela CBF com Sport e Guarani (o vice do Amarelo) para definir o campeão brasileiro e os representantes da Libertadores do ano seguinte.
Guarani e Sport se enfrentaram novamente e os rubro-negros foram os campeões.

RECURSO

Após o Superior Tribunal Federal (STF) arquivar o processo e declarar irreversivelmente o Sport como o campeão brasileiro de 1987, o Flamengo reconheceu a derrota, mas garantiu que irá até as últimas consequências para reverter a decisão.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o clube informou que a guerra ainda está longe de terminar, e o Rubro negro estuda apelar para a entidade máxima do futebol:

"O Flamengo é o campeão, ganhou no campo e estuda novas medidas judiciais e desportivas na Fifa".


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

STF decreta Sport campeão de 87, e Flamengo não pode mais recorrer

Publicidade

Domingo, 18/3/2018 9:44.

LÉO BURLÃ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Após anos de uma batalha jurídica envolvendo Flamengo e Sport, a novela envolvendo a Copa União de 1987, enfim, teve um desfecho formal.

Após a maioria dos ministros do Superior tribunal Federal (STF) darem ganho de causa aos pernambucanos, a matéria foi dada como esgotada e não cabe mais discussão quanto ao título brasileiro do Leão.

A decisão transitou em julgado na última sexta feira, o que significa que estouraram todos os prazos legais para que o Flamengo tentasse reverter a derrota. O processo já teve a sua baixa definitiva efetuada.

COPA UNIÃO DE 1987

Em 1987, o time de Recife foi o campeão do Módulo Amarelo e o Flamengo levou o Módulo Verde da Copa União (torneio organizado pelo Clube dos Treze).

No entanto, o clube carioca e o Internacional (segundo do Módulo Verde) se recusaram a jogar um quadrangular organizado proposto pela CBF com Sport e Guarani (o vice do Amarelo) para definir o campeão brasileiro e os representantes da Libertadores do ano seguinte.
Guarani e Sport se enfrentaram novamente e os rubro-negros foram os campeões.

RECURSO

Após o Superior Tribunal Federal (STF) arquivar o processo e declarar irreversivelmente o Sport como o campeão brasileiro de 1987, o Flamengo reconheceu a derrota, mas garantiu que irá até as últimas consequências para reverter a decisão.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o clube informou que a guerra ainda está longe de terminar, e o Rubro negro estuda apelar para a entidade máxima do futebol:

"O Flamengo é o campeão, ganhou no campo e estuda novas medidas judiciais e desportivas na Fifa".


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade