Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Corinthians repete esquema e empata na estreia da Libertadores

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Quinta, 1/3/2018 6:45.

(FOLHAPRESS) - Fabio Carille repetiu a fórmula da vitória no clássico contra o Corinthians, no último sábado (24), mas não deu tão certo. Ao apostar na velocidade e sem um atacante de referência na área como titular, a equipe brasileira empatou por 0 a 0 com o Millonarios (COL) nesta quarta (28), em Bogotá.

Foi a estreia do time na Libertadores. Também estão no Grupo 7 Independiente (ARG) e Deportivo Lara (VEN) que se enfrentam nesta quinta (1).

O primeiro tempo teve muita correria, disputas de bolas e quase nenhum lance de emoção. O Millonarios tentou chegar ao gol corintiano com uma série de cruzamentos na área. De Valle não conseguiu aproveitá-los.

Com Romero e Clayson no ataque e apoiados por Mateus Vital, o Corinthians encontrou dificuldade para se aproximar do gol rival. Sem a bola, os atacantes brasileiros voltavam e faziam uma linha defensiva no meio de campo para ajudar na marcação.

A partir dos 30 minutos, o Millonarios pressionou, tanto que Cássio sinalizava para os companheiros saírem mais para o ataque e darem fôlego para o sistema defensivo. Apesar disso, os colombianos não criaram nenhuma oportunidade clara para marcar.

No segundo tempo, Carille buscou mudar o sistema ofensivo com as entradas de Júnior Dutra e Emerson Sheik. A melhor chance corintiana caiu nos pés do zagueiro Balbuena, que acertou a trave aos 17 min. Sólido na defesa, a equipe não deu muitos espaços ao Millonarios.

Na segunda rodada da chave, o Corinthians receberá o Deportivo Lara, no Itaquerão, em 14 de março.

MILLONARIOS
Fariñez; Palacios, Matías de los Santos, Cadavid, Banguero; Duque, Domínguez, David Silva (Carrillo); Huérfano (Montoya), Del Valle, Quiñones (Ovelar). T.: Hugo Gottardi

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique, Maycon; Gabriel, Renê Júnior, Jadson, Mateus Vital (Emerson); Romero (Lucca), Clayson (Júnior Dutra). T.: Fábio Carille

Estádio: El Campín, em Bogotá (Colômbia)
Juiz: Roddy Zambrano Olmedo (Equador)
Cartões amarelos: Domínguez, Cadavid e Duque (Millonarios); Renê Júnior, Gabriel e Cássio (Corinthians), 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade