Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
São Paulo leva virada, mas arranca empate no fim contra o Atlético-MG

Domingo, 6/5/2018 9:34.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - O São Paulo perdeu a oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado (5). Em partida válida pela quarta rodada, o clube empatou por 2 a 2 com o Atlético-MG, mostrando em campo a mesma postura que tem sido criticada pela torcida.

A equipe voltou ao Morumbi após 16 dias e fez um primeiro tempo bom, com movimentação e intensidade ofensiva.

A primeira chegada de perigo foi de Everton em contra-ataque do São Paulo aos 13 min. Logo depois, o Atlético respondeu em descida veloz com Róger Guedes, pelo lado esquerdo, que obrigou Sidão a fazer uma grande defesa.

A decisiva intervenção deu segurança a um sistema defensivo desconcentrado nos 20 minutos iniciais. Diego Aguirre pediu calma ao São Paulo e arrumou a marcação. A equipe teve velocidade na troca de passes e, em uma jogada muito parecida com a primeira de Everton, o atacante recém-contratado não perdoou.

Aos 25, pegou sobra de bola na pequena área e abriu o placar no Morumbi.

O Atlético teve de reagir, mas não conseguiu segurar a bola. Otero, nas cobranças de faltas e escanteios, foi quem mais levou perigo ao gol de Sidão.

Aguirre mostrou ousadia no intervalo e abriu mão do esquema com três zagueiros ao tirar Bruno Alves para colocar Marcos Guilherme.

O Atlético-MG cresceu muito e dominou as ações em um começo de segundo tempo tecnicamente fraco. Diante de adversário muito recuado, tentando segurar o placar, os visitantes se acertaram. A partir dos 26 min, quando o Atlético empatou com Róger Guedes, o nível do jogo cresceu.

A equipe mineira foi muito superior e, sete minutos depois, chegou à virada com Ricardo Oliveira, desviando no primeiro pau cobrança de escanteio de Cazares.

O São Paulo, que havia abdicado do ataque para se defender, decidiu acordar. Aos 37, empatou com Diego Souza, depois de assistência do Cueva.

Esse foi o 12º jogo do São Paulo no Morumbi. São sete vitórias, quatro empates e uma derrota. O grupo do técnico Diego Aguirre fica na sexta colocação, com seis pontos, enquanto o Atlético foi ao terceiro lugar, com sete. Ambos podem ser ultrapassados após os resultados deste domingo (6).

SÃO PAULO
Sidão, Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves (Marcos Guilherme); Régis, Jucilei, Hudson e Reinaldo; Nenê (Liziero), Everton e Diego Souza.
T.: Diego Aguirre.

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco, Luan (Elias); Otero (Cazares), Róger Guedes e Ricardo Oliveira.
T.: Thiago Larghi

Árbitro: Rafael Traci
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Bruno Boschilia
Gols: Everton (São Paulo), aos 24 minutos do primeiro tempo; Roger Guedes, aos 25 minutos do segundo tempo; R. Oliveira (Atlético-MG), aos 34 minutos do segundo tempo; Diego Souza (São Paulo), aos 35 minutos do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

São Paulo leva virada, mas arranca empate no fim contra o Atlético-MG

Publicidade

Domingo, 6/5/2018 9:34.

(FOLHAPRESS) - O São Paulo perdeu a oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado (5). Em partida válida pela quarta rodada, o clube empatou por 2 a 2 com o Atlético-MG, mostrando em campo a mesma postura que tem sido criticada pela torcida.

A equipe voltou ao Morumbi após 16 dias e fez um primeiro tempo bom, com movimentação e intensidade ofensiva.

A primeira chegada de perigo foi de Everton em contra-ataque do São Paulo aos 13 min. Logo depois, o Atlético respondeu em descida veloz com Róger Guedes, pelo lado esquerdo, que obrigou Sidão a fazer uma grande defesa.

A decisiva intervenção deu segurança a um sistema defensivo desconcentrado nos 20 minutos iniciais. Diego Aguirre pediu calma ao São Paulo e arrumou a marcação. A equipe teve velocidade na troca de passes e, em uma jogada muito parecida com a primeira de Everton, o atacante recém-contratado não perdoou.

Aos 25, pegou sobra de bola na pequena área e abriu o placar no Morumbi.

O Atlético teve de reagir, mas não conseguiu segurar a bola. Otero, nas cobranças de faltas e escanteios, foi quem mais levou perigo ao gol de Sidão.

Aguirre mostrou ousadia no intervalo e abriu mão do esquema com três zagueiros ao tirar Bruno Alves para colocar Marcos Guilherme.

O Atlético-MG cresceu muito e dominou as ações em um começo de segundo tempo tecnicamente fraco. Diante de adversário muito recuado, tentando segurar o placar, os visitantes se acertaram. A partir dos 26 min, quando o Atlético empatou com Róger Guedes, o nível do jogo cresceu.

A equipe mineira foi muito superior e, sete minutos depois, chegou à virada com Ricardo Oliveira, desviando no primeiro pau cobrança de escanteio de Cazares.

O São Paulo, que havia abdicado do ataque para se defender, decidiu acordar. Aos 37, empatou com Diego Souza, depois de assistência do Cueva.

Esse foi o 12º jogo do São Paulo no Morumbi. São sete vitórias, quatro empates e uma derrota. O grupo do técnico Diego Aguirre fica na sexta colocação, com seis pontos, enquanto o Atlético foi ao terceiro lugar, com sete. Ambos podem ser ultrapassados após os resultados deste domingo (6).

SÃO PAULO
Sidão, Anderson Martins, Arboleda e Bruno Alves (Marcos Guilherme); Régis, Jucilei, Hudson e Reinaldo; Nenê (Liziero), Everton e Diego Souza.
T.: Diego Aguirre.

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco, Luan (Elias); Otero (Cazares), Róger Guedes e Ricardo Oliveira.
T.: Thiago Larghi

Árbitro: Rafael Traci
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Bruno Boschilia
Gols: Everton (São Paulo), aos 24 minutos do primeiro tempo; Roger Guedes, aos 25 minutos do segundo tempo; R. Oliveira (Atlético-MG), aos 34 minutos do segundo tempo; Diego Souza (São Paulo), aos 35 minutos do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade