Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Palmeiras faz 3 a 0 no Bahia e permanece próximo aos líderes

Domingo, 20/5/2018 7:11.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - O Palmeiras continua cumprindo os objetivos traçados pelo treinador Roger Machado no início do Campeonato Brasileiro.
Por causa do elenco reforçado, a intenção era não ficar de fora do pelotão de frente da tabela na parada para a Copa do Mundo em junho, após 12 rodadas disputadas.

E também ir bem na Libertadores e na Copa do Brasil

Com a goleada neste sábado (19) sobre o Bahia por 3 a 0, em casa, o Palmeiras terminará a sexta rodada do Brasileiro dois pontos atrás do líder, o Atlético-MG. Mas que ainda pode ser alcançado em pontos pelo Corinthians, neste domingo (20).

O time alviverde começou o jogo mostrando duas marcas registradas da temporada. A pressão sobre a bola e a velocidade do ataque.

Estratégia que deu ao Palmeiras a vantagem no placar logo aos 2 minutos de jogo, com o gol de Willian.

Ainda na etapa inicial, Antonio Carlos ampliou aos 32 minutos e o artilheiro Borja fez aos 41 minutos.

O colombiano, que havia dado a assistência para o primeiro gol da partida, fez o 15 gol dele na temporada.

Depois de decidir o jogo nos primeiros 45 minutos, o Palmeiras diminuiu o ritmo na etapa final. O lance mais importante do jogo ocorreu 29 minutos. Sem ninguém na frente, com o gol vazio, Willian chutou no travessão, após mais uma boa assistência de Keno.

O Bahia, que permanece na zona de rebaixamento com a derrota, teve ao menos uma boa chance em cada tempo, com duas bolas na trave.

O goleiro Jailson fez ainda três defesas importantes.

Para continuar entre os líderes do Brasileiro, o Palmeiras precisa somar pontos contra quatro adversários tradicionais, nas seis rodadas que restam até a Copa.

Em casa, haverá o clássico contra o São Paulo e a partida diante do Flamengo. Fora, os duelos com Cruzeiro e Grêmio. Os jogos que restam serão contra Sport e Ceará.

Na quarta (23), para alcançar outra meta traçado por Roger, o Palmeiras precisa confirmar em casa, às 21h45, seu favoritismo na Copa do Brasil, contra o América-MG.

Na ida, ele venceu em Belo Horizonte por 2 a 1.

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Keno (Guerra) e Borja (Hyoran). T.: Roger Machado

BAHIA
Douglas Friedrich (Anderson); Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Flávio), Zé Rafael e Élber; Júnior Brumado (Régis). T.: Guto Ferreira

Cartões amarelos: Borja, Lucas Lima e Antônio Carlos (P); Lucas Fonseca e Júnior Brumao (B)
Gols: Willian (P), aos 2min, Antônio Carlos, aos 32min, e Borja (P), aos 41min do 1º tempo
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Juiz: Rafael Traci (PR)
Público: 26.351
Renda: R$ 1.517.906,22.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Palmeiras faz 3 a 0 no Bahia e permanece próximo aos líderes

Publicidade

Domingo, 20/5/2018 7:11.

(FOLHAPRESS) - O Palmeiras continua cumprindo os objetivos traçados pelo treinador Roger Machado no início do Campeonato Brasileiro.
Por causa do elenco reforçado, a intenção era não ficar de fora do pelotão de frente da tabela na parada para a Copa do Mundo em junho, após 12 rodadas disputadas.

E também ir bem na Libertadores e na Copa do Brasil

Com a goleada neste sábado (19) sobre o Bahia por 3 a 0, em casa, o Palmeiras terminará a sexta rodada do Brasileiro dois pontos atrás do líder, o Atlético-MG. Mas que ainda pode ser alcançado em pontos pelo Corinthians, neste domingo (20).

O time alviverde começou o jogo mostrando duas marcas registradas da temporada. A pressão sobre a bola e a velocidade do ataque.

Estratégia que deu ao Palmeiras a vantagem no placar logo aos 2 minutos de jogo, com o gol de Willian.

Ainda na etapa inicial, Antonio Carlos ampliou aos 32 minutos e o artilheiro Borja fez aos 41 minutos.

O colombiano, que havia dado a assistência para o primeiro gol da partida, fez o 15 gol dele na temporada.

Depois de decidir o jogo nos primeiros 45 minutos, o Palmeiras diminuiu o ritmo na etapa final. O lance mais importante do jogo ocorreu 29 minutos. Sem ninguém na frente, com o gol vazio, Willian chutou no travessão, após mais uma boa assistência de Keno.

O Bahia, que permanece na zona de rebaixamento com a derrota, teve ao menos uma boa chance em cada tempo, com duas bolas na trave.

O goleiro Jailson fez ainda três defesas importantes.

Para continuar entre os líderes do Brasileiro, o Palmeiras precisa somar pontos contra quatro adversários tradicionais, nas seis rodadas que restam até a Copa.

Em casa, haverá o clássico contra o São Paulo e a partida diante do Flamengo. Fora, os duelos com Cruzeiro e Grêmio. Os jogos que restam serão contra Sport e Ceará.

Na quarta (23), para alcançar outra meta traçado por Roger, o Palmeiras precisa confirmar em casa, às 21h45, seu favoritismo na Copa do Brasil, contra o América-MG.

Na ida, ele venceu em Belo Horizonte por 2 a 1.

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique e Lucas Lima; Willian, Keno (Guerra) e Borja (Hyoran). T.: Roger Machado

BAHIA
Douglas Friedrich (Anderson); Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Elton, Vinícius (Flávio), Zé Rafael e Élber; Júnior Brumado (Régis). T.: Guto Ferreira

Cartões amarelos: Borja, Lucas Lima e Antônio Carlos (P); Lucas Fonseca e Júnior Brumao (B)
Gols: Willian (P), aos 2min, Antônio Carlos, aos 32min, e Borja (P), aos 41min do 1º tempo
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Juiz: Rafael Traci (PR)
Público: 26.351
Renda: R$ 1.517.906,22.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade