Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Santos é derrotado pelo Nacional, mas se classifica na Libertadores

Quarta, 2/5/2018 5:07.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - O Santos foi derrotado por 1 a 0 pelo Nacional, do Uruguai, no estádio Parque Central, em Montevidéu, na noite desta terça-feira (1).

Mesmo assim, o time brasileiro garantiu classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores da América.

A vaga na próxima fase já tinha sido definida antes mesmo de o Santos entrar em campo. A confirmação veio após empate entre Real Garcilaso e Estudiantes, que ficaram no 0 a 0, em Cusco, no Peru.

O jogo em Montevidéu nesta terça-feira foi morno. O Nacional foi melhor no primeiro tempo, mas esbarrou em Vanderlei.

Na etapa inicial, o goleiro do Santos pegou uma bola de De Pena, espalmou e deixou para Romero, livre, mas o jogador desperdiçou a principal chance da etapa inicial.

No tempo complementar, o Nacional balançou as redes aos 12 minutos. Uma bola cruzada da esquerda atravessou toda a área do Santos. Leandro Barcia apareceu nas costas de Dodô e só empurrou para fazer o gol da vitória da equipe da casa.

Com o resultado, o Nacional chegou a oito pontos e continua na segunda colocação do Grupo F.

O Santos, com nove, não pode mais ser alcançado nem por Real Garcilaso e nem por Estudiantes, que estão com cinco. Resta apenas uma rodada por disputar nesta chave na etapa de grupos da Copa Libertadores da América.

No dia 24 de maio, o Santos recebe o Real Garcilaso, no Pacaembu, pela última rodada dessa etapa da classificação. O clube brasileiro precisa vencer se quiser garantir o primeiro lugar da chave.

A liderança do Santos também pode acontecer se o Nacional for derrotado no mesmo dia pelo Estudiantes, em La Plata.

O time uruguaio, por sua vez, se classifica com um empate ou até derrota por um gol de diferença, desde que o Real Garcilaso não aplique uma goleada histórica na equipe da Vila Belmiro.

Antes de se preocupar novamente com a Copa Libertadores, o Santos volta a campo no domingo (6), quando enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, a partir das 19h.

Depois, no dia 10 de maio, recebe o Luverdense, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

NACIONAL
Conde; Fucile, Corujo, Polenta, Espino; Zunino (Sebastián Rodríguez), Romero, Oliva, De Pena (Bueno), Viudez (Leandro Barcia); Bergessio. T.: Alexander Medina

SANTOS
Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz, Dodô; Alison, Léo Cittadini, Jean Mota (Vecchio); Copete (Arthur Gomes), Rodrygo (Vitor Bueno), Gabriel. T.: Jair Ventura

Estádio: Gran Parque Central, em Montevidéu (Uruguai)
Juiz: Wilmar Roldan (COL)
Cartões amarelos: Santiago Romero, Leandro Barcia (Nacional); Alison (Santos)
Cartão vermelho: Léo Cittadini (Santos)
Gol: Leandro Barcia, aos 12min do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Santos é derrotado pelo Nacional, mas se classifica na Libertadores

Publicidade

Quarta, 2/5/2018 5:07.

(FOLHAPRESS) - O Santos foi derrotado por 1 a 0 pelo Nacional, do Uruguai, no estádio Parque Central, em Montevidéu, na noite desta terça-feira (1).

Mesmo assim, o time brasileiro garantiu classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores da América.

A vaga na próxima fase já tinha sido definida antes mesmo de o Santos entrar em campo. A confirmação veio após empate entre Real Garcilaso e Estudiantes, que ficaram no 0 a 0, em Cusco, no Peru.

O jogo em Montevidéu nesta terça-feira foi morno. O Nacional foi melhor no primeiro tempo, mas esbarrou em Vanderlei.

Na etapa inicial, o goleiro do Santos pegou uma bola de De Pena, espalmou e deixou para Romero, livre, mas o jogador desperdiçou a principal chance da etapa inicial.

No tempo complementar, o Nacional balançou as redes aos 12 minutos. Uma bola cruzada da esquerda atravessou toda a área do Santos. Leandro Barcia apareceu nas costas de Dodô e só empurrou para fazer o gol da vitória da equipe da casa.

Com o resultado, o Nacional chegou a oito pontos e continua na segunda colocação do Grupo F.

O Santos, com nove, não pode mais ser alcançado nem por Real Garcilaso e nem por Estudiantes, que estão com cinco. Resta apenas uma rodada por disputar nesta chave na etapa de grupos da Copa Libertadores da América.

No dia 24 de maio, o Santos recebe o Real Garcilaso, no Pacaembu, pela última rodada dessa etapa da classificação. O clube brasileiro precisa vencer se quiser garantir o primeiro lugar da chave.

A liderança do Santos também pode acontecer se o Nacional for derrotado no mesmo dia pelo Estudiantes, em La Plata.

O time uruguaio, por sua vez, se classifica com um empate ou até derrota por um gol de diferença, desde que o Real Garcilaso não aplique uma goleada histórica na equipe da Vila Belmiro.

Antes de se preocupar novamente com a Copa Libertadores, o Santos volta a campo no domingo (6), quando enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, a partir das 19h.

Depois, no dia 10 de maio, recebe o Luverdense, na Vila Belmiro, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

NACIONAL
Conde; Fucile, Corujo, Polenta, Espino; Zunino (Sebastián Rodríguez), Romero, Oliva, De Pena (Bueno), Viudez (Leandro Barcia); Bergessio. T.: Alexander Medina

SANTOS
Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz, Dodô; Alison, Léo Cittadini, Jean Mota (Vecchio); Copete (Arthur Gomes), Rodrygo (Vitor Bueno), Gabriel. T.: Jair Ventura

Estádio: Gran Parque Central, em Montevidéu (Uruguai)
Juiz: Wilmar Roldan (COL)
Cartões amarelos: Santiago Romero, Leandro Barcia (Nacional); Alison (Santos)
Cartão vermelho: Léo Cittadini (Santos)
Gol: Leandro Barcia, aos 12min do segundo tempo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade