Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Nadal vence Fognini e reencontra Djokovic em semifinal do Masters 1000 de Roma

Sexta, 18/5/2018 17:23.

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - Dando sinais de que já está recuperado do tropeço na última semana nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, o espanhol Rafael Nadal venceu o italiano Fabio Fognini, nesta sexta-feira, por 2 sets a 1 (4/6, 6/1 e 6/2) e avançou para a semifinal do Masters 1000 de Roma.

Nadal terá como próximo adversário Novak Djokovic, que venceu também nesta sexta-feira o japonês Kei Nishikori. Em seu jogo pelas quartas de final, o sérvio derrotou Nishikori por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/1 e 6/3.

Nos últimos dois anos, Nadal e Djokovic, que dominaram o ranking mundial nesta década, só se enfrentaram uma vez. E foi há um ano, com vitória do espanhol por 2 a 0 na semifinal do Masters 1000 de Madri. Na história do confronto, o sérvio leva vantagem, com 26 triunfos em 50 partidas.

Heptacampeão no torneio italiano, Nadal não chegava entre os quatro melhores da competição desde 2014. Djokovic, por sua vez, tem quatro títulos e perdeu as finais de 2016 e 2017.

A partida começou como o previsto, com o cabeça de chave número 1 pressionando e quebrando o segundo saque de Fognini, chegando a fazer 4/1. Só que o sempre surpreendente italiano mostrou sua cara. Sem perder nenhum game em seguida, o número 21 do mundo levou a parcial por 6/4, em uma hora.

E depois de atingir o ponto alto no duelo, Fognini mostrou a sua outra face. Sem conseguir se encontrar no restante da partida, ele foi facilmente batido por Nadal no segundo e terceiro sets, com duas quebras em cada, em mais uma hora e 16 minutos de confronto (6/1 e 6/2).

Novak Djokovic entrou em quadra defendendo um grande favoritismo sobre Nishikori, de quem havia vencido em 12 dos 14 confrontos diretos anteriores. Mas teve trabalho no jogo desta sexta-feira.

O japonês venceu o primeiro set por 6/2, mas Djokovic venceu o segundo por 6/1 e igualou. No terceiro set, os dois tenistas mantiveram o equilíbrio até o sexto game, 3/3. Nos três games seguintes, porém, o balcânico levou a melhor e garantiu a vaga.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Nadal vence Fognini e reencontra Djokovic em semifinal do Masters 1000 de Roma

Publicidade

Sexta, 18/5/2018 17:23.

(UOL/FOLHAPRESS) - Dando sinais de que já está recuperado do tropeço na última semana nas quartas de final do Masters 1000 de Madri, o espanhol Rafael Nadal venceu o italiano Fabio Fognini, nesta sexta-feira, por 2 sets a 1 (4/6, 6/1 e 6/2) e avançou para a semifinal do Masters 1000 de Roma.

Nadal terá como próximo adversário Novak Djokovic, que venceu também nesta sexta-feira o japonês Kei Nishikori. Em seu jogo pelas quartas de final, o sérvio derrotou Nishikori por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/1 e 6/3.

Nos últimos dois anos, Nadal e Djokovic, que dominaram o ranking mundial nesta década, só se enfrentaram uma vez. E foi há um ano, com vitória do espanhol por 2 a 0 na semifinal do Masters 1000 de Madri. Na história do confronto, o sérvio leva vantagem, com 26 triunfos em 50 partidas.

Heptacampeão no torneio italiano, Nadal não chegava entre os quatro melhores da competição desde 2014. Djokovic, por sua vez, tem quatro títulos e perdeu as finais de 2016 e 2017.

A partida começou como o previsto, com o cabeça de chave número 1 pressionando e quebrando o segundo saque de Fognini, chegando a fazer 4/1. Só que o sempre surpreendente italiano mostrou sua cara. Sem perder nenhum game em seguida, o número 21 do mundo levou a parcial por 6/4, em uma hora.

E depois de atingir o ponto alto no duelo, Fognini mostrou a sua outra face. Sem conseguir se encontrar no restante da partida, ele foi facilmente batido por Nadal no segundo e terceiro sets, com duas quebras em cada, em mais uma hora e 16 minutos de confronto (6/1 e 6/2).

Novak Djokovic entrou em quadra defendendo um grande favoritismo sobre Nishikori, de quem havia vencido em 12 dos 14 confrontos diretos anteriores. Mas teve trabalho no jogo desta sexta-feira.

O japonês venceu o primeiro set por 6/2, mas Djokovic venceu o segundo por 6/1 e igualou. No terceiro set, os dois tenistas mantiveram o equilíbrio até o sexto game, 3/3. Nos três games seguintes, porém, o balcânico levou a melhor e garantiu a vaga.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade