Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
Filipinho conquista etapa do Rio pela 2ª vez e vira vice-líder do ranking

Sexta, 18/5/2018 12:58.
Reprodução WSL

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS) - O título da etapa do Rio de Janeiro da World Surf League (WSL) ficou com o Brasil. No fim da manhã desta sexta-feira (18), Filipe Toledo dominou completamente a decisão conta o australiano Wade Carmichael e conquistou pela segunda vez a competição nas águas cariocas -o primeiro título veio em 2015.

De quebra, Filipinho subiu para o segundo lugar do ranking mundial ao alcançar o topo na competição em Saquarema.

Destaque da competição desde quando atingiu um 10 ainda no round 4 (o único em toda a etapa), Filipinho deu um passo importante para o título na quarta onda surfada. O atleta de Ubatuba pegou um tubo em alta velocidade e saiu no momento exato em que o mar fechou. A exibição rendeu um 9,93 para o brasileiro.

A alta nota deu tranquilidade para Filipe Toledo administrar a final. Quando restavam pouco mais de cinco minutos, o surfista paulista pegou um novo tubo e impressionou novamente os juízes, que deram 7,17 de nota.

Ao somar 17,10 na reta final da decisão, Filipinho praticamente eliminou qualquer chance de reação de Carmichael, que terminou com apenas 8,00 pontos na decisão.

O título no Rio deixa Filipinho com 18.075 pontos e na vice-liderança do Mundial após quatro etapas. A liderança segue com Julian Wilson, adversário derrotado pelo brasileiro na semifinal. O australiano sai de Saquarema com 19.415 pontos somados.

Além de Filipinho, o Brasil segue na disputa pelo título com mais dois nomes. Mesmo eliminado ainda no terceiro round para o compatriota Yago Dora, o antigo dono da malha amarela Ítalo Ferreira ocupa a terceira posição com 14.995. Gabriel Medina, eliminado nas quartas de final, é o quarto com 14.160.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Reprodução WSL

Filipinho conquista etapa do Rio pela 2ª vez e vira vice-líder do ranking

Publicidade

Sexta, 18/5/2018 12:58.

(UOL/FOLHAPRESS) - O título da etapa do Rio de Janeiro da World Surf League (WSL) ficou com o Brasil. No fim da manhã desta sexta-feira (18), Filipe Toledo dominou completamente a decisão conta o australiano Wade Carmichael e conquistou pela segunda vez a competição nas águas cariocas -o primeiro título veio em 2015.

De quebra, Filipinho subiu para o segundo lugar do ranking mundial ao alcançar o topo na competição em Saquarema.

Destaque da competição desde quando atingiu um 10 ainda no round 4 (o único em toda a etapa), Filipinho deu um passo importante para o título na quarta onda surfada. O atleta de Ubatuba pegou um tubo em alta velocidade e saiu no momento exato em que o mar fechou. A exibição rendeu um 9,93 para o brasileiro.

A alta nota deu tranquilidade para Filipe Toledo administrar a final. Quando restavam pouco mais de cinco minutos, o surfista paulista pegou um novo tubo e impressionou novamente os juízes, que deram 7,17 de nota.

Ao somar 17,10 na reta final da decisão, Filipinho praticamente eliminou qualquer chance de reação de Carmichael, que terminou com apenas 8,00 pontos na decisão.

O título no Rio deixa Filipinho com 18.075 pontos e na vice-liderança do Mundial após quatro etapas. A liderança segue com Julian Wilson, adversário derrotado pelo brasileiro na semifinal. O australiano sai de Saquarema com 19.415 pontos somados.

Além de Filipinho, o Brasil segue na disputa pelo título com mais dois nomes. Mesmo eliminado ainda no terceiro round para o compatriota Yago Dora, o antigo dono da malha amarela Ítalo Ferreira ocupa a terceira posição com 14.995. Gabriel Medina, eliminado nas quartas de final, é o quarto com 14.160.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade