Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Esporte
'Portugal não é favorito, mas nada é impossível', diz Cristiano Ronaldo

Copa do Mundo

Quinta, 7/6/2018 10:27.
Divulgação

Publicidade

(UOL/FOLHAPRESS)

Antes de embarcarem rumo a Copa na Rússia, a seleção portuguesa teve um encontro marcado com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, nesta quarta-feira (6).

Durante a cerimônia, em que os 23 escolhidos pelo técnico Fernando Santos estiveram presentes, alguns jogadores discursaram. Entre eles, o capitão da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo.

Entre agradecimentos pela recepção e pelas palavras de todos, o craque português deixou claro que Portugal irá com toda ambição para a Rússia e afirmou que a seleção nacional não é favorita, mas que no futebol nada é impossível.

A cerimônia, que começou por volta de 20 horas (horário local), aconteceu no Museu Nacional dos Coches, em Belém, na cidade de Lisboa.

Entre os presentes, além dos 23 eleitos para representar o país no Mundial, a equipe técnica da seleção, dirigentes da Federação Portuguesa e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, estiveram no evento inicial para a Copa.

O último encontro de Portugal antes da Copa do Mundo acontecerá nesta quinta-feira (7) contra a Argélia, no Estádio da Luz, em Lisboa, às 16h15 (horário de Brasília).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

'Portugal não é favorito, mas nada é impossível', diz Cristiano Ronaldo

Copa do Mundo

Publicidade

Quinta, 7/6/2018 10:27.

(UOL/FOLHAPRESS)

Antes de embarcarem rumo a Copa na Rússia, a seleção portuguesa teve um encontro marcado com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, nesta quarta-feira (6).

Durante a cerimônia, em que os 23 escolhidos pelo técnico Fernando Santos estiveram presentes, alguns jogadores discursaram. Entre eles, o capitão da seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo.

Entre agradecimentos pela recepção e pelas palavras de todos, o craque português deixou claro que Portugal irá com toda ambição para a Rússia e afirmou que a seleção nacional não é favorita, mas que no futebol nada é impossível.

A cerimônia, que começou por volta de 20 horas (horário local), aconteceu no Museu Nacional dos Coches, em Belém, na cidade de Lisboa.

Entre os presentes, além dos 23 eleitos para representar o país no Mundial, a equipe técnica da seleção, dirigentes da Federação Portuguesa e o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, estiveram no evento inicial para a Copa.

O último encontro de Portugal antes da Copa do Mundo acontecerá nesta quinta-feira (7) contra a Argélia, no Estádio da Luz, em Lisboa, às 16h15 (horário de Brasília).


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade